Lavvi

Posts tagged Jefferson Gabriel da Silva Melo

Presos devem erguer biblioteca para menino que arrecada livros em MT

1
Jefferson Gabriel da Silva Melo, de 12 anos (Foto: Maria Anffe/GcomMT)

Jefferson Gabriel da Silva Melo, de 12 anos
(Foto: Maria Anffe/GcomMT)

 

Detentos devem ganhar um salário mínimo para construir prédio.
Jefferson da Silva Melo, de 12 anos, já tem aproximadamente 6 mil livros.

Publicado no G1

O sonho de Jefferson Gabriel da Silva Melo, de 12 anos, de construir uma biblioteca comunitária está mais perto de se tornar realidade. Isso porque parte dos recuperandos do sistema prisional de Cuiabá devem servir como mão de obra para a construção do prédio da biblioteca. O menino arrecada livros onde mora, no Distrito de Bonsucesso, em Várzea Grande, região metropolitana da capital. O intuito dele é aproximar os jovens da comunidade do mundo da leitura.

A construção da biblioteca é um projeto do Núcleo de Ação Voluntárias de Mato Grosso (NAV-MT), em parceria com a Secretaria estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

Para a construção do prédio, a Sejudh liberou parte dos recuperandos do sistema prisional da capital. Os presos devem receber o pagamento de um salário mínimo para trabalharem na construção da obra.

Os detentos devem ficar fora do Centro de Ressocialização de Cuiabá por cinco horas e depois retornarem. O prédio construído para abrigar os livros arrecadados por Jefferson deve ser construído na frente da residência do menino.

Sensibilizada com a história de Jefferson, a coordenadora do NAV-MT, Samira Martins, resolveu apoiar o projeto.“Ele é um menino encantador que sempre gostou de ler e estudar, além de incentivar isso em sua comunidade”, disse.

Ainda não há uma data definida para o início das obras, mas saber que o sonho vai ganhar forma deixou o garoto contente. “Eu fiquei muito feliz quando soube que eu vou conseguir realizar meu sonho”, contou.

Jefferson já arrecada os livros há algum tempo. O prédio para abrigar as obras é o grande sonho do menino. Desde que começou a receber os livros, Jefferson abriu as portas da própria casa para incentivar a leitura nos vizinhos. Ele já conseguiu juntar aproximadamente seis mil livros, que estão distribuídos no centro comunitário e na casa dele.

A inspiração para criar a biblioteca veio da própria comunidade. Jefferson diz que grande parte dos adolescentes da idade dele não gosta de ler e que, com a construção da biblioteca, a situação poderá mudar, além de auxiliar os alunos nos estudos e pesquisas escolares. Entre jogar futebol ou ler um livro, o adolescente garante que prefere a leitura.

‘Crianças precisam ler’, diz menino de MT que arrecadou mais de 2 mil livros

1
Jefferson Gabriel da Silva Melo, de 12 anos, sentado na pilha de livros arrecadados (Foto: Maria Anffe/GcomMT)

Jefferson Gabriel da Silva Melo, de 12 anos, sentado na pilha de livros arrecadados (Foto: Maria Anffe/GcomMT)

 

Criança de 12 anos quer montar biblioteca para a comunidade onde mora.
Ele também já ganhou um computador e materiais para construir o local.

Denise Soares, no G1

Desde que teve a ideia de construir uma biblioteca comunitária, Jefferson Gabriel da Silva Melo, de 12 anos, já conseguiu arrecadar mais de dois mil livros. O garoto mora com os pais no Distrito de Bonsucesso na cidade de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. No começo deste ano Jefferson começou a arrecadar os livros para permitir que as crianças e moradores da comunidade possam ter acesso à leitura, já que a única escola da região não tem biblioteca.

No Dia das Crianças, comemorado nesta segunda-feira (12), Jefferson vai participar de atividades com outras crianças e eventos em comemoração ao Dia de Nossa Senhora Aparecida, na comunidade onde mora.

“As crianças precisam ter alguma atividade, precisam ler”, comentou o garoto. Todos os livros que Jefferson ganhou ficam estocados na casa e na área da residência da família. Segundo o ele, não há mais espaço na área para colocar os livros, que não param de chegar na casa.

Jefferson sonha em construir uma biblioteca para a comunidade onde mora (Foto: Maria Anffe/GcomMT)

Jefferson sonha em construir uma biblioteca para a comunidade onde mora (Foto: Maria Anffe/GcomMT)

 

Pessoas que souberam da iniciativa de Jefferson se comoveram e decidiram doar materiais para a construção da biblioteca. A ideia é aproveitar o espaço de um centro comunitário e construir a biblioteca no mesmo local. Um empresário decidiu doar um computador para a futura biblioteca de Jefferson.

“Na minha casa não tem mais espaço. A área está cheia de livros. Ganhei um computador e vou usá-lo na biblioteca que vamos construir. Continuo juntando os livros até conseguirmos o local”, disse.

A casa de Jefferson está cheia de livros didáticos, enciclopédias, atlas, gibis, dicionários e romances. Enquanto a biblioteca não começa a funcionar, os moradores e estudantes visitam a casa do adolescente para consultar os livros.

Exemplo
A família ajuda o menino a conseguir mais livros e materiais que serão usados na biblioteca.

“Estamos correndo atrás. Conseguimos pessoas que vão doar os materiais e reformar o centro comunitário. Várias pessoas doaram livros, uma estudante de Santa Catarina veio visitar a mãe em Cuiabá e deixou diversos livros do curso de direito e livros de concursos para estudo”, lembrou a mãe de Jefferson, Janice Ferreira da Silva.

O adolescente cursa o 6º ano do ensino fundamental no período da manhã na Escola Maria Barbosa Martins. A ideia do menino é que a futura biblioteca funcione à tarde, para que ele possa ajudar a cuidar do local após os estudos.

Menino de 12 anos arrecada livros para construir biblioteca em Mato Grosso

0
 Reprodução/TVCA

Reprodução/TVCA

Jovem arrecada livros para construir biblioteca comunitária em distrito. A única escola da região onde o menino mora não tem uma biblioteca.

Publicado no CenárioMT

“Construir uma biblioteca comunitária onde todos possam ler e fazer pesquisas escolares”. Este é o sonho de Jefferson Gabriel da Silva Melo, de 12 anos, que mora no Distrito de Bonsucesso na cidade de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Ele quer montar uma biblioteca para atender aos moradores e estudantes do distrito. O menino já conseguiu arrecadar mais de 1,6 mil livros desde que teve a iniciativa, no início deste ano.

Segundo Jefferson, a ideia de construir uma biblioteca na comunidade é para oferecer uma oportunidade de estudo e também aproximar os jovens da leitura, pois a única escola do distrito não possui biblioteca.

O adolescente cursa o 6º ano do ensino fundamental na Escola Maria Barbosa Martins. Em poucos meses de arrecadação já reúne livros didáticos, enciclopédias, atlas, gibis, dicionários e romances. “Aqui em casa já não cabe mais livros, as prateleiras que ganhei já estão lotadas. Além dos livros eu preciso de locais para armazená-los”, destacou o jovem.

Toda a família de Jefferson está empenhada na realização do sonho do garoto. A avó doou o terreno onde deve ser construída a biblioteca e a madrinha ajuda na arrecadação dos livros. “Eu quero fazer uma maquete de como será a biblioteca. Ela deve funcionar a tarde para que eu possa cuidar dela depois da aula”, comentou o menino.

A mãe do estudante, Janice Ferreira da Silva, disse que filho está determinado a construir a biblioteca e não mede esforços para arrecadar os livros. “Sempre ele divulga que está arrecadando livros e já chegou a ir buscar em casas de pessoas aqui na comunidade”, relatou.

Ainda segundo Janice, o filho precisa, além de livros, de uma bibliotecária para catalogar os exemplares, de materiais para a construção da biblioteca e também mais estantes para guardar os livros.

Jefferson diz que grande parte dos adolescentes da idade dele não gosta de ler. Ele acredita que com a construção da biblioteca a situação poderá mudar, além de auxiliar os alunos nos estudos e pesquisas escolares. Entre jogar futebol ou ler um livro o adolescente garante que escolhe a companhia de um livro.

Atualmente os livros que Jefferson arrecadou estão armazenados na casa dele. Frequentemente as pessoas e colegas de turma que precisam de livros vão até o local para fazer consultas.

Go to Top