Marcelo Nova - o Galope do Tempo

Posts tagged livros

Fahrenheit 451 | Adaptação da HBO ganha novas imagens

0

Tayná Garcia, no Jovem Nerd

O Twitter da HBO PR divulgou novas imagens de Fahrenheit 451, nova adaptação da HBO do livro homônimo de Ray Bradbury.

Nas imagens, cores neon se destacam e os personagens Beatty (Michael Shannon), Montag (Michael B. Jordan) e Clarisse (Sofia Boutella) aparecem. Veja:

O romance, publicado em 1953, conta a história de um futuro distópico quando o pensamento crítico é proibido, a mídia é usada apenas para distração e os livros devem ser queimados. O número “451” é a temperatura que o fogo deve ter para queimar as obras!

O filme original HBO acompanha Montag (Michael B. Jordan), um jovem bombeiro que se rebela contra o sistema e decide recuperar a humanidade. O elenco conta com Michael B. Jordan, Michael Shannon, Laura Harrier, Sophia Boutella e Lilly Singh. A direção é de Ramin Bahrani.

A previsão é que Fahrenheit 451 seja exibido no canal em 2018.

As Crônicas Vampirescas | Bryan Fuller produzirá adaptação televisiva das obras de Anne Rice

0

Produtor de Star Trek: Discovery e Deuses Americanos também pode tornar-se o showrunner da nova série de TV

Arthur Eloi, no Omelete

Bryan Fuller, produtor de Star Trek: Discovery e Deuses Americanos, se juntou à série de TV de As Crônicas Vampirescas, obras de Anne Rice que inspiraram A Entrevista com o Vampiro, clássico de 1994.

A informação é do The Hollywood Reporter onde a presidente da Paramount TV Amy Powell afirma que Fuller está trabalhando ao lado de Anne e Christopher Rice, filho da autora que escreverá o roteiro do piloto e assumirá a produção executiva do seriado. Além disso, Fuller também pode tornar-se o showrunner do seriado.

No Twitter, Christopher Rice publicou uma foto ao lado de Fuller e de Anne Rice, dando as boas vindas ao produtor – veja abaixo:

Em 2017, a Paramount TV e a Anonymous Content adquiriram os direitos aos 11 livros da autora. “O rico e vasto mundo que ela criou com As Crônicas Vampirescas é incomparável e sofisticado, com tons góticos dos anos 90 que serão adequados perfeitamente para o público. A série é recheada de personalidades atraentes liderados por Lestat, indiscutivelmente um dos melhores personagens originais da literatura ou qualquer outra arte”, afirmou Powell à Variety na época.

As histórias da autora já chegaram aos cinemas com A Entrevista Com Vampiro, longa lançado em 1994 com Brad Pitt e Tom Cruise no elenco. Em 2016, Josh Boone havia anunciado que estava trabalhando no roteiro de um remake, mas com a autora recuperando os direitos de seus livros o longa está travado. A Rainha dos Condenados, de 2002, também é baseado nas histórias de Rice.

Ainda não há data de estreia, título ou emissora definida para a série de TV das Crônicas Vampirescas.

3 livros que todo aspirante a escritor deve ler

0

Sarah Ferragoni, no Beco Literário

Há muitos manuais de escrita espalhados pelas livrarias que prometem ajudar os aspirantes a escritores a aprimorarem suas habilidades mas, muitos deles, são repletos de regras e fórmulas que pouco ajudam quem está começando. Esses 3 livros te ajudarão de forma verdadeira e inspiradora a tirar da cabeça suas histórias e colocá-las, enfim, no papel.

Sobre Escrita – Stephen King

Nesse livro, o leitor pode entrar na cabeça do autor e entender o processo de criação de seus livros. A obra é separada em “Currículo” parte na qual ele apresenta sua história de vida e todos os acontecimentos que o levaram a ser o escritor que é – desde sua infância e suas inúmeras histórias que enviava à revistas, até a publicação de livros bem sucedidos como “Carrie, a estranha”. Essa primeira parte leva o leitor a conhecer as inspirações e motivações de King, por meio das peculiaridades e interesses do autor que conta, inclusive, sobre seu problema com álcool e o acidente que quase o matou em 1999.
A segunda e terceira parte, “Caixa de ferramentas” e “Sobre Escrita”, trazem um compilado de dicas e sugestões aos aspirantes a escritores, mostrando as ferramentas necessárias para aprimorar a escrita. De maneira muito inspiradora e sem ditar regras absolutas, King traça os caminhos para produzir uma boa obra, analisando alguns livros seus e de outros autores. Os conselhos vão desde questões técnicas, até organização e manejamento do seu espaço de trabalho. Segundo ele, não é possível transformar um escritor ruim em um bom escritor, mas é possível transformar um escritor competente em um bom. A leitura é quase obrigatória para todos que se interessam por escrita, seja de horror ou ficção no geral.

Para ler como um escritor – Francine Prose

O livro da escritora, jornalista e professora é de grande importância para quem deseja tornar-se autor de romances. Ela divide, didaticamente, o livro em capítulos como “Leitura atenta”, “Palavras”, “Parágrafos” e “Diálogos”, analisando obras de grandes autores como Fitzgerald, Virginia Woolf e Tchekov. Francine defende o método “close reading”, no qual há uma leitura atenta às obras, pensando sobre questões como a estruturação dos parágrafos e a escolhas das palavras feita pelo autor ao escrever o livro. Além disso, o livro traz uma vasta e excelente gama de referências bibliográficas – livros que são importantes para serem tomados como guia, devendo ser lidos atentamente por aquele que deseja escrever. Sem apresentar regras fixas de escrita, a autora analisa os livros e, através de exemplos, defende que há o aprendizado ocorre por meio de uma leitura minuciosa e atenta das grandes obras.

A Jornada do Escritor – Christopher Vogler

Vogler construiu a obra com base na teoria da Jornada do Herói, de Joseph Campbell (O Herói de Mil Faces), teoria na qual se apresenta o percurso similar que os heróis da ficção percorrem. O livro de Christopher Vloger apresenta, então, a jornada de um escritor de modo a dividir o livro em 19 partes, desde a primeira, com “O mundo comum”, até O “Chamado à aventura” e, por fim, o “Retorno com o elixir”. O autor analisa o estudo de Campbell acerca do herói através de diversos filmes importantes na indústria cinematográfica. A obra não é um manual de escrita, mas apresenta pontos importantes em relação à construção de um enredo e personagens.
Vale mencionar que o livro remete muito ao ambiente cinematográfico, portanto, é uma boa opção para quem se interessa pelo assunto, sobretudo construção de roteiro. É interessante a análise feita pelo autor acerca das histórias famosas hollywoodianas, como Star Wars.

Ridley Scott pode dirigir filme baseado em Merlin para a Disney

0

Ridley Scott

Alex Gilyadov, no IGN

Ridley Scott, de Alien e Blade Runner, pode dirigir um filme baseado no mago Merlin para a Disney.

Segundo relatos do site Variety, Scott está negociando com a Disney para The Merlin Saga e pode ser o diretor do próximo projeto com Philippa Boyens (Trilogia Senhor dos Anéis), responsável pelo roteiro. A Scott Free Productions, produtora de Ridley, também está em negociações para produzir o filme.

Apesar dos poucos detalhes revelados, há especulações de que The Merlin Saga seja baseado na série de livros de T.A Barron, que acompanha um jovem Merlin tornando-se o mentor do Rei Arthur.

Ele é apenas um dos dois filmes da Disney baseados no personagem que estão em desenvolvimento atualmente, sendo que o outro é um remake em live-action do filme A Espada Era a Lei (1963). Scott se encontrou com a Disney para conversar sobre esse projeto também.

Suma revela quais livros de Stephen King vai lançar em 2018

0

(Foto: Divulgação)

Editora lança os inéditos The Outsider e Gweendy’s Button, além de reedições de A Incendiária e Celular

Fernando Rhenius, no Vavel

A Editora Suma revelou nesta sexta-feira, 5, quais livros de Stephen King serão lançados em 2018. Assim como em 2017, obras inéditas e relançamentos, estarão nas livrarias. A biblioteca SK terá A Incendiária. Celular receberá uma reedição, enquanto os inéditos The Outsider e Gweendy’s Button Box estão confirmados. Confira abaixo detalhes de cada livro.

A Incendiária (Biblioteca SK)

Publicado pela primeira vez em 1980, a história se passa em cima de Andy McGee, sua esposa Vicky que passaram por experiências quando jovens. Da união do casal nasceu Charlene. “Charlie” acaba adquirindo o poder de atear fogo em tudo e em todos, o que acaba trazendo mais problemas do que benefícios.

Por conta disso, acaba chamando a atenção de uma sociedade secreta intitulada “Oficina” que usa humanos que tenham algum poder. Tentando salvar a filha, Andy passa pelas mais diversas situações.

O livro ganhou uma adaptação para o cinema em 1984.

Celular (Reimpressão)

Clay Riddell está em Boston, falando com seu filho ao celular quando o mal começa a trabalhar. Controlada por uma força, todos que usam celular acabam se tornando zumbis, matando tudo o que veem pela frente. O caos está instaurado. Poucas pessoas que não estavam usando, seu aparelho telefônico ficam imunes. O livro ganhou um adaptação com John Cusack e Samuel L. Jackson, mesmo dupla de 1408, outra obra baseada no trabalho de King, presente no livro “Tudo é Eventual”.

The Outsider

Com lançamento previsto nos Estados Unidos no dia 22 de maio, o livro narra os desdobramentos , quando o corpo de um menino de 11 anos é encontrado no parque da cidade. Após investigações e coleta de impressões digitais a polícia chega a Terry Maitland, treinador da Liga da Meninas, professor, marido e pai de duas meninas. Uma pessoa bem relacionada na comunidade.

Coube a Ralph Anderson detetive e conhecido de Maitland, já que seu filho foi um dos alunos do professor, resolver o caso. Ralph manda prender o suspeito de forma rápida e para muitos arbitrária. Mesmo com um álibi, amostras de DNA e as digitais botam por terra os argumentos do professor. Testemunhas garantem que Maitland é culpado.

A investigação avança, fatos terríveis começam a aparecer. Terry Maitland é realmente o bom moço e exemplo para a cidade? Existe um outro lado?

O livro já está em pré-venda no site da Amazon e conta com 576 páginas.

Gweendy’s Button Box

Castle Rock, é conhecida dos leitores de Stephen King. A cidade fictícia localizada no Maine, já esteve e livros como “A Zona Morta”, “Cujo”. A localidade, também esteve presente no filme Stand By Me (Conta comigo).

É neste cenário que se ambienta Gwendy´s Button Box. O novo livro de King e Richard Chizmar. Gwendy Paterson, uma jovem de doze anos, assim como todos os moradores da cidade, sabe que algo estranho ronda a localidade. Em especial no Castelo, que fica na rua 117, em Pleasant Road. Um dos principais imóveis da cidade.

Suicídios, e um estranho “homem de preto”, botam mais suspense em um enredo cheio de mistério. É esperado que personagens de outros livros de King, façam parte da nova trama

Go to Top