Vitrali Moema

Posts tagged O Senhor dos Anéis

Amazon planeja cinco temporadas de ‘O Senhor dos Anéis’

0

José Abrão, no Mais Goiás

A Amazon segue investindo pesado na sua adaptação de O Senhor dos Anéis. Segundo o THR, o serviço de streaming vai fazer cinco temporadas baseadas nos romances de JRR Tolkien e irá investir US$ 1 bilhão nelas.

Vale lembrar que o canal já pagou US$ 250 milhões apenas nos direitos autorais para a adaptação, disputados a tapa com a Netflix e a HBO. Cada temporada deverá ter pelo menos dez episódios de 1 hora cada.

Uma coisa interessante é que a série deverá ser rodada na Nova Zelândia, mesma locação em que os filmes foram rodados no final dos anos 1990 (eles foram filmados de uma vez e lançados como uma trilogia entre 2001 e 2003).

Além disso, como já havia sido especulado, a série não deverá ser uma releitura do conteúdo dos filmes. Segundo o site, a série deve misturar conteúdo original com os outros livros de Tolkien, retratando um período antes de A Sociedade do Anel. Especula-se que o seriado irá se passar nos 60 anos entre O Hobbit e o primeiro livro.

Mas se você já queria a série para ontem, é melhor tirar o cavalinho da chuva: a previsão e estreia é para, no mínimo 2020.

Homem obcecado por livros de fantasia gasta fortuna em cirurgias para se tornar elfo

0
Luis Padron já gastou quase R$ 100 mil em cirurgias (Imagens: Caters News)

Luis Padron já gastou quase R$ 100 mil em cirurgias (Imagens: Caters News)

 

Publicado no Yahoo Notícias

Um homem obcecado por livros e filmes de fantasia já gastou cerca de R$ 100 mil em cirurgias plásticas, numa tentativa de se tornar um elfo da vida real.

Luis Padron, de 25 anos, é de Buenos Aires, Argentina, e desenvolveu esta obsessão por mundos de fantasia como o visto na trilogia ‘Senhor dos Anéis’, desde que era criança.

Agora, ele está numa jornada para imitar a vida de seus personagens preferidos dos livros de fantasia, após gastar mais de R$ 16 mil em tratamentos especializados que incluem o clareamento de seu cabelo e pele.

Ele também gastou quase R$ 100 mil em diversos procedimentos cirúrgicos, incluindo lipoaspiração na região abaixo do queixo, remoção total dos pelos corporais, uma rinoplastia, e operações para alterar a cor dos olhos.

Apesar de receber olhares curiosos de desconhecidos espantados, todo dia, Luis jurou que não irá parar até estar completamente transformado – e está inclusive planejando uma cirurgia complexa, para ficar com 1,95 metro de altura.

Ele é obcecado por livros de fantasia desde pequeno (Imagem: Caters News)

Ele é obcecado por livros de fantasia desde pequeno (Imagem: Caters News)

 

Luis, que vende fantasias e acessórios para cosplay, disse: “Eu quero ser um elfo, um anjo e um ser fantástico, meu objetivo é ter uma aparência não humana, etérea, elegante e delicada”.

“Eu tenho meu próprio ideal de beleza, e quero alcançá-lo, independentemente de qualquer coisa. Quero cortar minhas orelhas para que elas fiquem pontudas como as dos elfos, quero que meu queixo fique mais afiado como um diamante, além de fazer um lifting facial e uma plástica nos olhos para que eles fiquem parecidos com os olhos dos gatos”.

“Eu também estou cogitando colocar implantes de músculos. Também há uma cirurgia para ficar mais alto, e eu irei remover quatro das minhas costelas, para que possa modelar minha cintura e torná-la mais fina”.

Luis sofreu bullying na infância após decidir tingir o cabelo, mas conta que no final acabou sendo admirado por sua individualidade – o que motivou o seu desejo de se tornar um elfo.

Ele sofreu bullying quando criança por seu amor pela fantasia (Imagem: Caters News)

Ele sofreu bullying quando criança por seu amor pela fantasia (Imagem: Caters News)

Ele disse: “Eu sofri bullying quando era criança, e como uma válvula de escape eu mergulhava em filmes de fantasia como ‘Labirinto – A Magia do Tempo’ e ‘A História Sem Fim’, e outros contos”.

“Com o passar do tempo, as coisas mudaram. Os adolescentes mais velhos gostavam de mim porque eu era único, e isso me encorajou a começar a transformar o que eu sentia dentro de mim, em realidade”.

“Eu comecei com o cosplay, mas não foi suficiente. Eu queria mudar para me transformar na minha própria percepção da beleza”.

Ele acrescentou: “Não considero isso uma obsessão, mas na fantasia você tem toda a esperança, o amor, a amizade e os bons sentimentos”.

“Isso me ajuda a me sentir uma boa pessoa, mas no mundo da fantasia você precisa ser bonito não apenas por dentro, mas também por fora”.

“Isso mudou a minha vida para a melhor, de muitas maneiras. Eu não consigo nem começar a descrever”.

Nick Reilly

Yahoo News UK

Confira as principais diferenças entre os livros e os filmes de ‘O Senhor dos Anéis’

0
Uma toca na Vila dos Hobbits, Condado

Uma toca na Vila dos Hobbits, Condado

 

Adaptação cinematográfica de clássico da literatura possui algumas diferenças.

Publicado no Blasting News

Adaptações de clássicos da literatura para o cinema nem sempre são totalmente fiéis. Recentemente, esta polêmica ressurgiu em críticas aos filmes adaptados do clássico de J.R.R. Tolkien, ”O Hobbit”, que conta com cenas bastante modificadas e até com personagens que somente existem nos cinemas, como é o caso da elfo Tauriel e seu romance com o anão Kili. A saga de ”O Senhor dos Anéis” também apresenta algumas diferenças entre suas versões literária e cinematográfica, abaixo estão listadas as principais e mais chamativas:

A idade com que Frodo deixa o Condado

No primeiro filme da Trilogia, A Sociedade do Anel, o tempo que transcorre entre a festa de 111 anos de Bilbo e a visita de Gandalf, alarmado por sua descoberta de que anel herdado por Frodo seria de fato o Um, parece relativamente curto. No entanto, nos #Livros, Gandalf leva 17 anos para concluir que o anel de Bilbo não era um anel comum. Frodo tinha então seus 50 anos quando deixou o Condado em sua missão de transportar o Um Anel até Valfenda, e, posteriormente, até Mordor.

Tom Bombadil

Quem somente assistiu aos filmes da trilogia ‘’O Senhor dos Anéis’’ deve estar se perguntando: quem raios é Tom Bombadil? Isso porque, nos filmes, Tom Bombadil não é sequer citado, apesar de ser personagem bastante importante na primeira parte da saga do Anel. Tom Bombadil salva Frodo e os hobbits de duas situações de perigo (também ocultadas nos filmes) logo no início de sua jornada e também acolhe os hobbits em sua casa, guiando-os posteriormente de volta a estrada quando eles se perdem na Floresta Velha, da qual Tom é senhor e sobre a qual exerce seu poder. Tom Bombadil é uma figura bastante misteriosa, cuja descrição dos livros diz que ‘’estava ali antes dos rios e das árvores’’. Ele também não é afetado pelo Um Anel, e várias teorias acerca de quem – ou o que – ele é afinal rondam a internet.

Arwen e o resgate de Frodo

Nos livros, o papel da elfo Arwen – nos filmes interpretada pela atriz Liv Tyler – é mais reduzido. Ela não resgata Frodo depois de ele ser atingido pela lâmina Morgul no Topo do Vento; quem faz isso é um elfo chamado Glorfindel, levando-o para Valfenda e fugindo dos Nazgûl. Em ambos as versões, livro e filme, Arwen tem um romance com Aragorn.

Narsil

Narsil é a espada do rei dos Dúnedain, Elendil, que foi quebrada durante sua luta com Sauron. Elendil morreu e seu herdeiro, Isildur, cortou o Um Anel da mão de Sauron com a espada quebrada. No filme, a espada quebrada permanece em Valfenda, enquanto no livro, Aragorn, herdeiro de Isildur, carrega consigo os pedaços de Narsil. Em ambas as versões, no entanto, a espada é reforjada em Valfenda durante a Terceira Era e rebatizada de Andúril.

O expurgo do Condado e a morte de Saruman

Nos filmes, Saruman morre esfaqueado por Grima no topo da torre de Orthanc, antes mesmo do Anel ser destruído. Porém, nos livros, Saruman vive um pouquinho mais para praticar suas maldades. Após a destruição do Um Anel, Saruman assume o controle do Condado, transformando a vida dos hobbits em um inferno; estes se revoltam e o expulsam do Condado, porém ainda é Grima que lhe dá o golpe final, matando-o. O capítulo do livro ”O Expurgo do Condado” sequer é citado nos filmes.

O olho de Sauron

Apesar da imagem do Olho no topo da torre de Barad-dûr já ter se tornado popular como uma representação de Sauron, observando e controlando vários lugares da Terra Média, essa imagem figurativa de um olho foi uma invenção de Peter Jackson. Sauron já tinha forma física durante a Guerra do Anel. No livro Sauron recebe nomes como o Olho sem Pálpebra ou o Olho de Barad-dûr, mas isso apenas fazia refererência a sua vigilância constante sobre a Terra Média à procura de seu Anel. Sauron não precisava do Anel para recobrar seu corpo físico e sim para recobrar seu poder.

Autor de O Hobbit vai ganhar cinebiografia com direito a batalhas da 1ª Guerra Mundial

0

Marcel Plasse, no Pipoca Moderna

Depois do sucesso das trilogias “O Senhor dos Anéis” e “O Hobbit”, é a vez do autor das duas obras, o escritor britânico J.R.R. Tolkien (1892-1973), ganhar seu próprio filme. Segundo o site The Hollywood Reporter, o diretor James Strong, que dirigiu episódios das séries “Doctor Who”, “Broadchurch” e “Downton Abbey”, foi contratado para comandar o longa pelos produtores Robert Shaye e Michael Lynne, responsáveis pelos três “O Senhor dos Anéis”.

Intitulado “Middle Earth” (Terra Média), o filme foi roteirizado por Angus Fletcher (“S.E.R.E.”), que pesquisou o material por seis anos. Segundo o site, a trama irá se concentrar no período em que Tolkin lutou na 1ª Guerra Mundial (1914-1918), abordando sua inspiração nas batalhas para escrever “O Hobbit”, seu clássico livro infantil de 1937, e posteriormente a trilogia dos anéis, em 1954.

J.R.R. Tolkien

J.R.R. Tolkien

Foi nesta época que começou sua famosa amizade com C.S. Lewis (1898-1963), autor dos livros de “As Crônicas de Nárnia”. O subtenente Tolkien conheceu o soldado Lewis, de 18 anos, nas trincheiras da famosa Batalha de Somme, na região do Rio Somme, na França, que durou mais de quatro meses, de 1º de julho a 14 de novembro de 1916, e é considerada uma das batalhas mais sangrentas da história. Por curiosidade, do outro lado do conflito, servindo no exército do Kaiser, estava outro jovem que se tornaria famoso, Adolf Hitler.

O projeto ainda está em fase de desenvolvimento e não está claro qual é o envolvimento dos herdeiros de Tolkien com a produção. Nos últimos anos, eles têm se mostrado bastante reservados e críticos em relação aos produtos derivados da obra do escritor.

Peter Jackson irá produzir adaptação dos livros de fantasia Mortal Engines

0

220130

Realizador de O Senhor dos Anéis e O Hobbit deixará a direção para o seu protegido de longa data, Christian Rivers.

Rodrigo Torres, no Adoro Cinema

Peter Jackson fechou com a Universal o seu próximo projeto cinematográfico — porém, ainda não de volta à direção. O realizador e seu time de confiança realizarão um novo projeto de fantasia e ficção científica: a adaptação dos livros “Mortal Engines”, de Philip Reeve.

Mortal Engines é ambientado numa distopia pós-apocalíptica provocada pela “Guerra dos Sessenta Minutos”, que causou maciça turbulência goelógica. Para contornar terremotos, vulcões e outras instabilidades, o líder Nikola Quercus instala grandes motores e engrenagens que desmantelam cidades próximas e proveem recursos à sua cidade, Londres. A tecnologia se espalha rapidamente e evolui para o que se torna conhecido como “Darwinismo Municipal”.

"Mortal Engines", de Philip Reeve.

“Mortal Engines”, de Philip Reeve.

 

Realizador das trilogias O Senhor dos Anéis, O Hobbit e de King Kong, Jackson assina o roteiro de Mortal Engines com Fran Walsh, sua esposa, e o amigo Philippa Boyens. A direção ficará a cargo de um colaborador de longa data, Christian Rivers, que fará sua estreia na função em longa-metragem.

A Universal produzirá Mortal Engines em parceria com a MRC. As filmagens terão início no segundo semestre de 2017, na Nova Zelândia.

Go to Top