Vitrali Moema

Posts tagged quarto livro

Outlander: Anunciada a data de estreia da 4ª temporada no Brasil!

0

Anote na agenda o dia de reencontrar o casal Fraser.

Taiani Mendes, no Adoro Cinema

Alô, fãs de Outlander! O novo capítulo da saga aventureira e romântica de Claire (Caitriona Balfe) e Jamie Fraser (Sam Heughan) já tem data de estreia confirmada no Brasil. A 4ª temporada da série será exibida no FOX App, disponível para assinantes dos pacotes FOX+ e FOX Premium, e no canal FOX Premium 1 a partir do dia 4 de novembro.

Baseada em Os Tambores de Outono, quarto livro da série de Diana Gabaldon, a nova temporada mostrará em 13 episódios o estabelecimento do casal de protagonistas na América, junto com Jovem Ian (John Bell) e o cão Rollo. Enquanto isso, no século XX, Brianna (Sophie Skelton) e Roger (Richard Rankin) acompanham através dos livros de História os acontecimentos relacionados aos Fraser.

Quarto livro da série das “Crianças Peculiares” chegará ao Brasil

0

Sarah Ferragoni, no Beco Literário

A editora Intrínseca anunciou nessa quarta – feira (2/05) que o quarto livro da série O Lar da srta. Peregrine para Crianças Peculiares, A Map of Days, chegará às livrarias brasileiras no próximo semestre. A versão em inglês é esperada nas livrarias americanas para o dia 2 de outubro desse ano e, aqui no Brasil, espera-se que o lançamento acompanhe o internacional.

A série conta com três livros principais e um anexo “Contos Peculiares” nos quais somos apresentados às histórias de crianças que possuem dons extraordinários e estão sob cuidado da Miss Peregrine. No primeiro livro (O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares), Jacob, um garoto comum, se depara com a morte misteriosa de seu avô, Abe, que, durante toda sua infância, lhe contava histórias fantasiosas sobre uma ilha na qual vivera durante a Segunda Guerra Mundial. Ao ouvir as últimas palavras dele, Jacob decide ir até o local e descobrir o que seu avô queria que ele soubesse sobre a ilha e o que havia lá. Assim, ele encontra as crianças peculiares das histórias que ouviu durante toda a sua infância.

No quarto livro da série, escrita pelo autor Ransom Riggs, Jacob retorna à Florida após salvar os “peculiares” de uma ameaça. Depois de viajar para 1940 e voltar, ele, Miss Peregrine, Emma e as outras crianças retornam e fazem o seu melhor para agir naturalmente dentro do tempo presente. O novo livro chegará ao Brasil esse ano, os fãs já podem esperar ansiosos pelo lançamento.

10 adaptações literárias que chegam aos cinemas em 2018

0

De fantasia ao horror – passando pelo romance policial brasileiro -, fique por dentro das principais adaptações literárias para o cinema neste ano

Publicado no Portal AZ

Adaptações literárias para o cinema transitam num limiar de possibilidades. Existem aquelas que oferecem uma abordagem completamente diferente da obra original, reconhecendo a diferença de narrativas entre o texto escrito e o audiovisual. Outras buscam se manter o mais fiel possível ao livro, assumindo os riscos de tal escolha. Fato é que a possibilidade de poder assistir aquela história que tanto nos emocionou na mídia física é interessantemente ambígua.

Em 2018 já tivemos alguns bons exemplos de adaptações muito competentes, como “Me Chame pelo Seu Nome” e “A Grande Jogada”. Mas como o ano ainda está começando, o Cinema com Rapadura preparou uma lista com as principais estreias de obras baseadas em livros. Veja só:

“Operação Red Sparrow” (Baseado no livro “Roleta Russa”, de Jason Matthews)

A adaptação conta a história de Dominika Egorova (Jennifer Lawrence, de “Mãe!”), uma bailarina que é recrutada pela Sparrow School, um serviço de inteligência russo, onde é forçada a usar seu corpo como arma letal, tornando-se a melhor assassina do país.

O longa também conta com Joel Edgerton (“Bright“), Mary-Louise Parker (“Tudo Para Ficar Com Ela”), Jeremy Irons (“Liga da Justiça“), Matthias Schoenaerts (“A Garota Dinamarquesa”), Charlotte Rampling (“Assassin’s Creed“) e Ciarán Hinds (“Liga da Justiça”). A direção é de Francis Lawrence (“Jogos Vorazes: A Esperança – O Final“) e o filme chega aos cinemas no dia 1º de março.

“Jogador Nº 1” (Baseado no livro homônimo, de Ernest Cline)

Na trama do longa, James Halliday (Mark Rylance, de “Dunkirk”), o criador do OASIS, morre e deixa sua fortuna como recompensa para quem conseguir desvendar todos os enigmas de uma caça ao tesouro. O jovem Wade Watts (Tye Sheridan, de “X-Men: Apocalipse”) decide entrar na disputa, competindo com empresários e adversários que farão de tudo para ganhar a recompensa. O livro contém diversas referências a ícones culturais dos anos 80, incluindo produções de Steven Spielberg (“The Post – A Guerra Secreta”), diretor desta adaptação.

O elenco conta ainda com Olivia Cooke (“Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer”) como Art3mis, T.J. Miller (“Deadpool”) vivendo i-R0k, Ben Mendelsohn (“O Homem da Máfia”) como Nolan Sorrento, o executivo-chefe da IOI, empresa maligna da trama, e Simon Pegg (“Star Trek: Sem Fronteiras”) como Ogden Morrow, melhor amigo de Halliday. O filme estreia no dia 29 de março.

“Uma Dobra no Tempo” (Baseado no livro homônimo, de Madeleine L’Engle)

O longa conta a história da família Murry, cujo pai (Chris Pine, de “Mulher-Maravilha”) pesquisava a possibilidade de viajar no tempo, quando desapareceu misteriosamente. Assim, Meg (Storm Reid, de “American Girl: Lea To The Rescue”), seu amigo Calvin (Levi Miller, de “Peter Pan”) e seu irmão Charles (Deric McCabe, de “Stephanie”) precisarão viajar para outros pontos do tempo e do espaço para que Meg resgate seu pai. O trio também enfrentará forças do mal, conhecerá novos seres e planetas e descobrirá o tesseracto, que é a dobra no tempo da história.

O elenco ainda é composto por Reese Witherspoon (“Vício Inerente”), Oprah Winfrey (“Selma – Uma Luta Pela Igualdade”), Zach Galifianakis (“Amor e Tulipas”), Michael Peña (“My Little Pony: O Filme”) e Mindy Kalling (“Sexo, Drogas e Jingle Bells”). Com direção de Ava DuVernay (também de “Selma”), a estreia está prevista para o dia 29 de março.

“Berenice Procura” (Baseado no livro homônimo, de Luiz Alfredo Garcia-Roza)

O filme vai adaptar um dos principais nomes do romance policial brasileiro. Na trama, Berenice (Cláudia Abreu, de “Rio, Eu Te Amo”) é uma mulher de 35 anos, extremamente dedicada ao seu trabalho de taxista que a faz passar 10 horas diárias dentro de seu carro, num trânsito caótico. Ela tem uma paixão especial por fatos policiais e cenas de crimes. Seu ex-marido é Domingos (Eduardo Moscovis, de “Amor em Sampa”), um repórter policial que trabalha num programa sensacionalista de muita audiência, chamado “Cidade Justa”. É através dele e das páginas criminalísticas dos jornais, que lê toda manhã antes de sair para trabalhar, que a taxista se mantém informada sobre as ocorrências policiais da cidade. Um dia, Berenice se vê envolvida no caso de um assassinato no bairro de Copacabana e decide fazer sua própria investigação, vivendo uma história de mistério e emoção. Com lançamento previsto para o dia 12 de abril, a direção fica por conta de Allan Fiterman (“Embarque Imediato”).

“Submersão” (Baseado no livro homônimo, de J.M. Ledgard)

O thriller romântico gira em torno dos amantes James (James McAvoy, de “Atômica”) e Danielle (Alicia Vikander, de “Tomb Raider: A Origem”), que são separados por milhares de quilômetros. Enquanto a bióloga explora o oceano, James luta por sua vida ao ser preso por um grupo de jihadistas na Somália. A direção fica por conta de Wim Wenders (“Os Belos Dias De Aranjuez“) e o elenco ainda conta com Alexander Sidding (da série “Gotham“) e Celyn Jones (“A Batalha das Correntes“). A estreia está marcada para 12 de abril.

“The Little Stranger” (Baseado no livro “Estranha Presença”, de Sarah Waters)

O filme contará a história de uma família que vive em uma grande mansão na Inglaterra, no período pós-guerra, e chama o Dr. Faraday (Domhnall Gleeson, de “Star Wars: Os Últimos Jedi”), um respeitado médico da região, para atendê-los em casa. O profissional, no entanto, acaba descobrindo grandes segredos desta família, que não deveriam ter sido revelados. No elenco ainda estarão presentes Will Poulter (“Maze Runner: A Cura Mortal”), Charlotte Rampling (“O Sentido Do Fim”), Ruth Wilson (“O Último Capítulo”) e Anna Madeley (“Na Companhia de Estranhos”) e a direção fica por conta de Lenny Abrahamson (“O Quarto de Jack”). O filme estreia no dia 31 de agosto nos Estados Unidos.

“Mentes Sombrias” (Baseado no livro homônimo, de Alexandra Bracken)

A história retrata um mundo em que a maioria das crianças e adolescentes dos EUA foram dizimadas por uma pandemia. Quando os poucos sobreviventes começam a desenvolver poderes, eles são todos aprisionados em um local provido pelo governo. A adaptação será estrelada pela atriz Amandla Stenberg (“Jogos Vorazes”) como Ruby, uma menina de 16 anos com poderes telecinéticos. A direção fica por conta de Jennifer Yuh Nelson (“Kung Fu Panda 3”), fazendo sua estreia no cinema live action. Shawn Levy (“Uma Noite no Museu 3 – O Segredo da Tumba”) irá produzir o longa que estreia no dia 30 de agosto.

“The House with a Clock in its Walls” (Baseado no livro “O Mistério do Relógio na Parede”, de John Bellairs)

O filme acompanha um jovem de 10 anos que se torna órfão e se vê obrigado a morar com o tio. Desconfiado, o garoto acaba descobrindo um mundo cheio de magia e mistérios na casa em que passa a viver, encontrando um relógio capaz de desencadear o apocalipse. Kyle MacLachlan (“Divertida Mente”) vai viver Isaac Izard, o antigo dono da casa. O elenco também conta com Cate Blanchett (“Thor: Ragnarok”), Jack Black (“Jumanji: Bem-Vindo à Selva”) e Owen Vaccaro (“Pai em Dose Dupla 2”). A direção é de Eli Roth (“Bata Antes de Entrar”) e o lançamento será no dia 20 de setembro.

“A Garota na Teia de Aranha” (Baseado no livro homônimo, de David Lagercrantz)

A trama contará a história do jornalista Mikael Blomkvist (Sverrir Gudnason, de “Borg McEnroe”) tentando recuperar o prestígio da revista Millenium, quando surge um novo mistério a ser desvendado por ele, fazendo seu caminho novamente se cruzar com o de Lisbeth Salander (Claire Foy, de “Uma Razão Para Viver”). Este será mais um capítulo da saga “Millenium“, mas a produção será uma adaptação totalmente diferente da feita por David Fincher (“Garota Exemplar“) em 2011. O longa será baseado no quarto livro da série contará com a direção de Fede Alvarez (“O Homem nas Trevas”), com estreia marcada para o dia 25 de outubro.

“Máquinas Mortais” (Baseado no livro “Máquinas Infernais”, de Philip Reeve)

A trama mostra um mundo dizimado pela Guerra dos 60 Minutos, um desastre nuclear repentino. Os poucos seres humanos que restam são forçados a viverem em cidades móveis – estruturas gigantescas e mortais obrigadas a atacaram cidades menores para se reabastecerem de novos recursos.

No elenco estão Hera Hilmar (“Amor em Tempos de Guerra”), Robert Sheehan (“Tempestade: Planeta em Fúria”), Jihae (da série “Mars”), Ronan Raftery (“Animais Fantásticos e Onde Habitam”), Stephen Lang (“O Homem nas Trevas”) e Hugo Weaving (“Até o Último Homem”). Previsto para chegar aos cinemas em 13 de dezembro, o filme tem direção de Christian Rivers (“Minutes Past Midnight”) e produção de Peter Jackson (“O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos”)

As Crônicas de Nárnia – Filmagens de novo longa devem começar em novembro

0

Reboot-as-crônicas-de-nárnia-696x392

Publicado no Tommo

O novo longa da franquia As Crônicas de Nárnia acaba de ganhar novas informações! Segundo a própria Sony as filmagens de A Cadeira de Prata deve ter inicio em setembro.

As informações divulgadas pelo estúdio citam o já anunciado diretor Joe Johnston (Capitão América: o Primeiro Vingador) e confirma nomes como o designer de produção Andy Nicholson (Gravidade), o compositor Thomas Newman (007 – Operação Skyfall) e a designer Jacqueline West (O Regresso).

Já as filmagens devem acontecer por cinco meses, em locações na Nova Zelândia e nos estúdios de Henderson Valley. Não há informações sobre o elenco.

Quarto livro da série criada por C.S. Lewis, e o primeiro sem a presença dos irmãos Pevensie, A Cadeira de Prata se passa 70 anos depois de A Viagem do Peregrino da Alvorada no tempo de Nárnia, o que permite a entrada de um novo elenco. Na trama, Eustáquio volta a Nárnia na companhia de sua amiga Jill Pole.

David Magee, de As Aventuras de Pi, escreve o filme. O Sobrinho do Mago, que trata das origens de Nárnia e do guarda-roupa do primeiro filme, chegou a ser cotado como o quarto longa da série cinematográfica, mas o estúdio e os herdeiros de C.S. Lewis decidiram seguir a ordem cronológica dos livros.

Ansiosos para o próximo filme do universo de Nárnia?

Quarto livro da saga Millennium chega no segundo semestre

0

millenium-2

Capa e títulos em inglês foram revelados

Rachel Haas, no IGN Brasil

O quarto livro da saga Millennium será lançado no segundo semestre no Brasil, segundo a Companhia das Letras, editora responsável pela publicação no país. Ainda não há uma tradução oficial do nome original, Det Som Inte Dödar Oss (O que não nos mata, em tradução livre do sueco).

De acordo com a editora que publica o livro nos EUA, Alfred A. Knopf, o livro, que será lançado por lá como The Girl in the Spider’s Web (A garota na teia da aranha, em tradução livre do inglês) incluirá “a introdução do Vale do Silício como um dos cenários da trama e um personagem da Agência Nacional de Segurança (NSA) em um papel central”.

Originalmente, a série Millennium conta a história do jornalista Mikael Blomkvist e a hacker Lisbeth Salander em um enredo policial de mistério, suspense e violência que se desdobra ao longo de três livros — Os Homens que Não Amavam as Mulheres, A Menina que Brincava com Fogo e A Rainha do Castelo de Ar.

BN-HQ927_0330sp_DV_20150330202357

Spider’s Web é a primeira publicação da série a não ser escrita por seu autor original, o sueco Stieg Larsson, que morreu vítima de um ataque cardíaco em 2004. Em seu lugar, está o novelista e jornalista sueco David Lagercrantz, escolhido pela família de Larsson e pela editora sueca, Norstedts, para continuar a saga Millennium.

“Stieg Larsson era um mestre na criação de narrativas complexas”, diz Lagercrantz. “Além disso, suas narrativas eram fortes por conta do viés jornalístico em que foram escritas. Isso foi algo que me ajudou na forma de escrever o quarto livro e estou confiante que fãs da saga irão se identificar com a história em Spider’s Web.”

 

Desde seu lançamento em 2005, a trilogia Millennium vendeu mais de 80 milhões de cópias em todo o mundo. A série foi adaptada para o cinema e ganhou três filmes suecos e um americano.

Go to Top