Diário da Maisa

Posts tagged Stephen King

A Torre Negra | Stephen King divulga o primeiro pôster do filme

0

CzLeTNnUcAApn4n

João Abbade, no Jovem Nerd

Stephen King divulgou no seu Twitter o primeiro pôster oficial da adaptação cinematográfica de A Torre Negra. A imagem mostra uma realidade invertida enquanto Idris Elba e Nicholas Hamilton olham para o horizonte. O pôster ainda contém os dizeres: “Existem outros mundos além deste.”

C7Sie9XXgAIcu46

Nikolaj Arcel vai dirigir o filme, que é o primeiro de uma trilogia. Ainda não se sabe exatamente como será o desenvolvimento da história, mas a expectativa é que eles não sigam 100% os livros. Stephen King, entretanto, já deu sua benção para a produção.

A Torre Negra chega aos cinemas em 28 de julho.

Castle Rock | J.J. Abrams irá produzir série sobre universo dos personagens de Stephen King

0

poltrona-abrams-king

Renan Lelis, no Poltrona Nerd

De acordo com o THR, J.J. Abrams por meio da produtora Bad Robot está desenvolvendo uma série sobre o universo compartilhado dos livros de Stephen King para o Hulu.

Intitulado Castle Rock, o nome é o mesmo da cidade fictícia do Maine onde várias histórias de King são ambientadas como A Zona Morta, Cão Raivoso, A Dança da Morte, O Cemitério, entre outros.

A série terá o formato de antologia (algo semelhante às séries de Ryan Murphy) com cada temporada apresentando personagens diferentes, mas que fazem parte do mundo criado por Stephen King. Todas as histórias terão conexão por meio da cidade Castle Rock, indicando que os protagonistas de uma temporada e outra possam se encontrar.

Sam Shaw (Manhattan) será o produtor de Castle Rock, que já teve seu primeiro teaser divulgado. O vídeo cita os clássicos A Hora do Vampiro, A Coisa, The Shawshank Redemption (Um sonho de liberdade) e mais.

Foto registra fantasma no hotel que inspirou O Iluminado

0

fanta1

Publicado no Literatura Policial

FANTASMA – Uma foto do que parece ser uma pessoa em pé, parada no topo das escadas de um hotel, tem gerado polêmica nos Estados Unidos. Em visita ao Colorado, o diretor e relações públicas de um museu de Houston, Henry Yau, quis conhecer o famoso Hotel Stanley, depois de saber que o lugar inspirou o escritor Stephen King a escrever um de seus livros mais famosos.

Ele disse que utilizou um recurso panorâmico do celular para capturar uma foto apenas da escada, no hall de entrada, e que normalmente não gosta de fotografar pessoas. Porém, quando olhou o resultado da foto no dia seguinte, havia uma pessoa parada no topo das escadas. Então ele postou a foto no Facebook, com um círculo vermelho ao redor da figura estranha. Veja aqui:

screenhunter_884-apr-19-17-19

O lugar tem mesmo a fama de ser mal assombrado, como já escrevemos em um post publicado anteriormente aqui no blog. Construído em 1909, o Hotel Stanley apresenta atividade paranormal desde 1970. Uma das explicações é que ele é habitado pelos antigos proprietários F.O. Stanley e sua esposa Flora, geralmente “vistos” na Sala de Bilhar ou fazendo o piano da sala de música tocar sozinho. Em 1974, Stephen King se hospedou no quarto 217 e foi lá que ele se inspirou para escrever O Iluminado.

(Fonte: Via ClickHouston – Imagem: Henry Yau)

Onze livros para ler sozinho (e às escuras) neste Halloween

0

024

Dia 31 de outubro é dia das bruxas e uma boa oportunidade para ler alguns dos melhores clássicos de terror. O Observador selecionou os que lhe vão deixar os cabelos em pé.

Publicado no Observador

Diz a tradição que na noite de 31 de outubro o véu que separa o mundo dos vivos do dos mortos fica mais tênue. Os antigos celtas, os primeiros a celebrarem o Halloween, acreditavam que, nessa data, os mortos regressavam à terra e que os deuses e os outros seres do submundo passeavam por entre os vivos. O Halloween era, por isso, uma época de festa mas também de homenagem àqueles que já tinham partido.

Passados vários séculos, a tradição celta ainda sobrevive. A sua popularização pela cultura norte-americana fez com que se tornasse numa celebração transversal a todas as nacionalidades e crenças. O Halloween é hoje celebrado da mesma forma nos quatro cantos do mundo — crianças e adultos mascaram-se de personagens aterradoras e saem à rua para assustar os vivos, pedem-se doces e há quem goste de ver filmes de terror. Porque o Halloween é o tempo do fantástico e do sobrenatural.

Por esse motivo, este ano decidimos escolher 13 livros que são ideais para ler no Dia das Bruxas — de Tim Burton a Edgar Allan Poe, passando pelo mestre Stephen King e pelo maior clássicos de todos, Drácula. Tudo para que não passe o feriado de 1 de novembro no sofá a rever o Sexta-Feira 13 (que certamente estará a dar num qualquer canal de televisão).

1 -A Morte Melancólica do Rapaz Ostra & Outras Histórias, Tim Burton

Todas a gente conhece Tim Burton, o realizador, mas nem todos conhecem Tim Burton, o escritor. A verdade é que, em 1997, Burton publicou um pequeno livro de histórias onde as personagens principais são crianças como a Rapariga Vodoo ou o Rapaz Robô — crianças híbridas, “estranhas” e desajustadas que se esforçam por ser amadas num mundo que não as consegue compreender.

A Morte Melancólica do Rapaz Ostra & Outras Histórias foi publicado em Portugal pela primeira vez em 2007, pela Antígona, e ainda se encontra disponível para compra. A tradução foi feita por Margarida Vale Gato, que traduziu os poemas de Edgar Allan Poe publicados pela Tinta-da-China.

Diz a lenda que o título da obra é o mesmo que um texto do romancista e guionista Michael McDowell destinado à Taboo, uma antologia de banda desenhada de terror criada por Steve Bissette, e que nunca viria a ver a luz do dia. Quer seja verdade ou não, o livro Burton é ideal para todos os fãs do criador de Eduardo Mãos de Tesoura, mas também para todos aqueles que dizem que não a um bocadinho de humor negro.

2 – O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares, Ransom Riggs

Ransom Riggs sempre teve uma coisa por fotografias antigas. A sua coleção, composta por dezenas de exemplares, é de tal forma curiosa que o seu editor tentou convencê-lo a lançar um livro. Só que, em vez disso, Riggs decidiu usar as imagens como ponto de partida para uma narrativa que se viria a transformar no seu romance de estreia (antes disso só tinha publicado um livro sobre Sherlock Holmes).

O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares saiu em 2011 (com as próprias fotografias de Riggs a ilustrar) e o sucesso foi tão grande que chegou ao top dez do The New York Times, já depois de ter vendido dois milhões de exemplares. A Portugal chegou este ano, a poucas semanas da estreia da adaptação de Tim Burton, que conta com a atriz Eva Green num dos papéis principais.

O romance segue a historia de Jacob, um jovem de 16 anos que se vê obrigado a viajar até a uma remota ilha no País de Gales depois de uma tragédia familiar. Aí, encontra as ruínas de um lar para crianças “peculiares”, ao cuidado da Senhora Peregrine.

3 – Contos Fantásticos, Edgar Allan Poe

Editado pela Ulisseia, Contos Fantásticos reúne as melhores histórias de Edgar Allan Poe, um dos precursores da literatura de ficção científica e fantástica e considerado por muitos um dos pais da literatura policial moderna. Este volume inclui alguns dos seus contos emblemáticos, como “A queda da casa de Usher”, “O coração revelador” ou “O barril de Amontillado”. A quantidade de horror perfeita para o Halloween.

Se prefere antes mergulhar a fundo na obra em prosa do escritor norte-americano, nascido em 1809 em Boston, pode sempre optar pela obra completa — Todos os Contos — lançada pela Temas e Debates em 2014. A Tinta-da-China tem também uma edição ilustrada (e em capa dura) da obra poética completa do autor, com tradução, introdução e notas de Margarida Vale de Gato. As ilustrações são de Filipe Abranches.

Se, por outro lado, tiver curiosidade em conhecer mais sobre a vida de Poe, que morreu precocemente em 1849, com apenas 40 anos, a Saída de Emergência publicou em 2009 a extraordinária biografia de Peter Ackroyd — Poe, Uma Vida Abreviada. Vale a pena ler.

4 – Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft, H.P. Lovecraft

Quando se fala de literatura fantástica e de terror, é difícil não falar de Howard Phillips Lovecraft. Considerado por muitos como um dos mais importantes escritores do género do século XX, Lovecraft escreveu poemas, contos e uma extensa correspondência que muitos consideram ser a sua obra-prima. Apesar da produção literária variada, foi pelo Mito de Cthulhu — uma personagem mítica parte polvo, parte homem e parte dragão — que acabou por se tornar conhecido, várias décadas depois da sua morte, em 1937.

É exatamente com a história do monstro, “O Despertar de Cthulhu”, que se inicia o primeiro volume de Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft, editado pela Saída de Emergência. Ao todo, a editora lançou quatro volumes com textos curtos escritos pelo escritor norte-americano, com organização de José Manuel Lopes, professor na Universidade Lusófona, em Lisboa, e introduções escritas por Fernando Ribeiro, vocalista da banda de heavy metal Moonspell.

Publicado originalmente em 2009, o primeiro volume dos contos de Lovecraft esteve esgotado durante mais de dois anos. Foi recentemente editado numa tiragem “super limitada”.

5 – Harry Potter e a Câmara Secreta, J.K. Rowling

“A Câmara secreta foi aberta. Inimigos do herdeiro, cuidado.”

No Halloween, não podia faltar um dos livros de Harry Potter. É que na Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts, a data é sempre assinalada de forma especial. O grande salão enche-se de abóboras flutuantes e velas, caldeirões recheados de dores de todas as cores e bolo de cenoura e abóbora. É uma das festas mais esperadas do ano — para os alunos mas também para os fantasmas residentes, que fazem sempre questão de aparecer nas celebrações.

Harry Potter e a Câmara dos Secreta é, provavelmente, um dos livros mais negros da saga escrita por J.K. Rowling. Repleto de mistério, o romance, publicado originalmente em 1998, tem todos os ingredientes de um bom thriller — suspense e muito mistério. Além disso, é o primeiro livro onde surge Dobby, o elfo doméstico, uma das personagens mais acarinhadas pelos potterheards, o que torna a obra ainda mais especial.

6 – O Aperto do Parafuso, Henry James

Conhecido pelo romance Retrato de Uma Senhora, Henry James também se dedicou à literatura de terror. Uma das suas obras mais conhecidas é o conto “O Aperto do Parafuso”, criado no final do século XIX em resposta a um desafio lançado pela revista Colliers’ Weekly, que lhe propôs que que escrevesse “um produto da época”.

O século XIX foi o século das histórias de terror e da literatura gótica, e foi exatamente isso que James se propôs a fazer. Baseando-se numa história que (mais…)

Mestre do horror, Stephen King vai lançar primeiro livro infantil

0

stephens-696x392

Caio Coletti, no Observatório do Cinema

Stephen King é o autor de clássicos do terror, suspense e fantasia. Livros como O Iluminado, O Cemitério Maldito, A Torre Negra, Jogo Perigoso e Carrie – A Estranha, que também fizeram ou vão fazer sucesso nos cinemas e na TV.

No entanto, o novo projeto do escritor é um pouco curioso: Charlie the Choo-Choo é o primeiro livro infantil assinado por King sob o pseudônimo Beryl Evans. Evans, não por acaso, é um personagem na saga A Torre Negra.

A história de Charlie the Choo-Choo segue o Engenheiro Bob, que tem um segredo: a locomotiva em que trabalha está viva, fala constantemente com ele, e é sua melhor amiga. Segundo King, é uma história sobre “amor, amizade e trabalho duro”.

O livro chegará às prateleiras americanas no dia 22 de novembro.

Go to Top