Sua Segunda Vida Começa Quando Você Descobre Que Só Tem Uma

Posts tagged The Telegraph

10 bibliotecas públicas inusitadas e belas

0

Carlos Willian Leite, na Revista Bula

Durante 18 anos o fotógrafo Robert Dawson percorreu o Estados Unidos fotografando bibliotecas públicas em 47 Estados, do Alasca à Flórida, da Nova Inglaterra a Califórnia as fotografias mostram que, mais do que uma casa de livros e leitura, as bibliotecas públicas funcionam como verdadeiros centros comunitários que oferecem cursos, acesso gratuito à internet, assistência na busca de um emprego ou apenas um lugar quente para se abrigar.

O resultado do projeto é o livro, “Public Library: A Photographic Essay” (Princeton Architectural Press, 29 euros), lançado no mês de maio, que celebra a importância das bibliotecas públicas na vida das pessoas; mas, também traz uma triste constatação: apesar de ainda existirem 17 mil bibliotecas públicas nos Estados Unidos, elas estão em extinção. Eram 40 mil na década de 1980.

O jornal britânico “The Telegraph” fez uma compilação com dez registros primorosos do livro de Robert Dawson.

Allensworth, California

Allensworth, California

Longmeadow, Massachusetts

Longmeadow, Massachusetts

Roscoe, South Dakota

South_Dakota__2012_3024439k

Austin, Texas

Austin__Texas__201_3024440k

Death Valley National Park, California

Death_Valley_Natio_3024441k

McLeansboro, Illinois

McCoy-Memorial-Library-McLeansboro-Illinois

Springdale, Utah

Springdale__Utah___3024691k

Shepherdstown, West Virginia

West_Virginia__201_3024686k

Caliente, Nevada

Caliente__Nevada___3024684k

Hudson, Wisconsin

public-library_p177-8154bafe1a234f19e502a74f9c945ea592da3b5b-s6-c30

Assista neste vídeo do The Telegraph como funciona o processo de impressão de uma obra literária.

0

Julia Tezza, no Homo Literatus

O processo de criação de um livro vai desde a inspiração do autor, desenvolvendo sua história, trabalhando as personagens, o enredo, revisões da obra, cortes que devem ser feito para as editoras, até chegar a parte de impressão e acabamento. São etapas que muitas vezes, nós leitores, não percebemos. Neste vídeo é possível ver exatamente como é feito o processo de impressão.

O autor precisa ter sua obra em mãos para dar início ao próximo passo, torná-lo acessível através de uma tiragem (quantidade de impressões). É necessário que haja um “esqueleto” de tudo o que será impresso, de modo que na gráfica onde será feito este processo é separada página por página do livro. Para cada página, devem-se organizar todas as letras, agrupando-as para formar todo o texto daquela página, utilizando chapas para que todas as letras fiquem unidas na hora da impressão. Da máquina de impressão são obtidas sequências de páginas por vez, que são impressas na mesma folha, cujo tamanho é de uma cartolina, devendo ser cortadas e agrupadas em ordem numérica, da mesma maneira como irão ser dispostas no livro.

Tanto esse processo de corte das páginas como o de separação das páginas são feitos manualmente. No caso do corte, é necessário o auxílio de uma guilhotina para a maior precisão do trabalho. Depois dessa etapa, o livro se encontra quase pronto, faltando apenas à confecção da capa, que será colada ao livro. Novamente entra o processo manual, o qual é feito com a ajuda de alguns utensílios para marcar precisamente as dobras da capa e para que a colagem seja perfeita. Pronto! Um novo livro nasceu! Desta forma, outros tantos também são feitos para nos proporcionar o prazer da leitura.

Vaticano: ‘decepcionado’ com livro adulto de J. K. Rowling

0


Publicado originalmente na Veja.com

J. K. Rowling pode ser admirada pelo sucesso da série Harry Potter e por ter superado dificuldades como mãe solteira. Mas seu primeiro romance adulto, The Casual Vacancy, lançado no final de setembro nos países de língua inglesa, não merece muita atenção, de acordo com uma crítica do jornal L’Osservatore Romano, publicação da Santa Sé. Para o periódico, o livro “não convence” e a perspectiva de Rowling é “decepcionante”. A resenha apresenta uma breve sinopse do livro, sem dar destaque a assuntos que causariam desconforto a membros da Igreja Católica, como sexo casual, drogas e autoflagelação.

De acordo com o britânico The Telegraph, o jornal do Vaticano também elogia a criadora de Harry Potter por ter doado para a caridade parte do lucro da série do menino bruxo em 2011, mas nem isso o faz ver com olhos complacentes a estreia da escritora no universo adulto.

O jornal do Vaticano foi um verdadeiro entusiasta dos livros de Harry Potter. Em janeiro de 2008, dedicou uma página inteira a um debate filosófico sobre a pertinência de Potter como herói para as crianças. Nos anos seguintes, elogiou a moralidade e a defesa da amizade e do sacrifício contido nos filmes. Desde 2007, quando Bento XVI foi indicado papa, o periódico L’Osservatore Romano, fundado em 1861, tenta uma aproximação com a cultura popular.

O romance de JK, que chega às livrarias brasileiras em dezembro com o título de Uma Morte Súbita, já foi alvo de controvérsia na Índia, onde sofreu ameaças de banimento em outubro, pela descrição que faz de uma personagem da comunidade sikh. Por aqui, a obra será lançada pela editora Nova Fronteira.

Go to Top