Ranking 2009

queridos,

felizmente, a cada mês aumenta o número de participantes do mob. por consequência, tb fica cada vez + complicado apurar todos os dados p/ atualizar a planilha e fazer o esperado sorteio. =)
vcs podem colaborar bastante ao observar alguns lances:

1- mantenham as informações atualizadas no blog ou no perfil do orkut, inclusive o número de págs.

2- caso essas informações não estejam disponíveis p/ consulta, enviem um e-mail logo nos primeiros dias do mês seguinte.

3- eventuais incorreções, usem o e-mail [email protected] p/ contato.

4- considere sempre o total de págs. que consta nas informações técnicas da obra.

5- por gentileza, não usem a área de comentários p/ atualizar informações.

6- para valorizar o esforço e a boa vontade daqueles que têm compartilhado trechos das leituras aqui no blog, a partir do próximo sorteio quem postou terá chances dobradas.

7- lembro que todos os participantes do mob podem ser moderadores e postar no blog. solicitem seu convite pelo e-mail [email protected].

Ranking de abril/2009

atualizado em 11 de maio

…..leitor……………………………………..livros………………….páginas

1- Cristiano Andre……………………….44……………………11.245

2- Marcos Mendonça…………………..31……………………..8.372

3- Marcelo Ricardo………………………41……………………..8.296

4- Alcindo Almeida………………………25……………………..5.580

5- Leticia F.G……………………………….18……………………..4.874

6- Rodney Eloy…………………………….27……………………..4.738

7- Camila Hochmüller…………………17……………………..4.626

8- Leonardo Junior………………………18……………………..4.240

9- Raphael Akamine…………………….16……………………..4.198

10- Laion Monteiro……………………….21……………………..4.126

11- Sérgio Pavarini……………………….17…………………….3.806

12- Felipe Fanuel………………………….19…………………….2.812

13- Fábio Davidson………………………13……………………..2.780

14- Thyago Coimbra………………………9………………………2.714

15- Pedro Morelli………………………….15………………………2.680

16- Marcos Henrique……………………14………………………2.652

17- Vítor Carvalho………………………….8………………………..2.612

18- Sandre Maciel……………………….11………………………..2.516

19- Tiago Nogueira de Souza……..13………………………..2.476

20- Vitor Hugo………………………………..9………………………..2.434

21- Hugo Rocha……………………………..9………………………..2.430

22- William Koppe de Matos………….9…………………………2.356

23- Walter Cruz…………………………….11…………………………2.348

24- Raphael Santos………………………9…………………………2.226

25- Leopoldo Teixeira……………………6…………………………2.036

26- Thiago Mendanha…………………10…………………………2.032

27- Fabio Medeiros……………………….5…………………………1.952

28- Ana Lu…………………………………….7…………………………1.936

29- Giovanni C. Alecrim………………10…………………………1.892

30- Priscila Noronha…………………….5…………………………1.848

31- Ed Taylor Meneses…………………8…………………………1.822

32- Danilo Elias…………………………….8…………………………1.770

33- Lívia Ribeiro……………………………5…………………………1.750

34- Daniel Martins………………………..6…………………………1.712

35- Jacicleide Silva………………………8…………………………1.668

36- Leone Lacerda………………………6…………………………1.628

37- Suelen de Camargo………………5…………………………1.588

38- Irrael Junior……………………………6………………………….1.558

39- Vitor Grando…………………………..8………………………….1.490

40- Fernando Oliveira…………………..6………………………….1.484

41- Daniel Liberato da Silva…………7………………………….1.464

42- Alex Fajardo…………………………..5…………………………..1.342

43- Issabele May………………………….4…………………………..1.312

44- Wellington A. Souza……………….6…………………………..1.292

45- Sarah Cazella………………………..4…………………………..1.282

46- Igor Moreira……………………………6…………………………..1.262

47- Rogério da Silva Moreira……….7…………………………..1.232

48- Zwinglio Rodrigues……………….5……………………………1.168

49- Lucimeire Gosmano……………..3……………………………1.142

50- Iramar Lima Pereira………………5……………………………1.106

51- Victor Guarda de Almeida……..4……………………………1.080

52- Jalles Kennedy………………………4…………………………….1.016

53- Tatiana Catini………………………..6…………………………….1.000

54- Laís D’Andréa……………………….4……………………………….936

55- Leandro Ferraz…………………….6………………………………..856

56- Kedma Franza……………………..5………………………………..814

57- Cleoci Pinheiro……………………3…………………………………752

58- William S. Carvalho…………….2…………………………………490

59- João Rodrigo Weronka……….2…………………………………478

60- Laila Flower………………………..2………………………………….476

61- Maxwell Fajardo………………….2………………………………….466

62- Douglas Negrisolli………………2…………………………………400

63- Lindoélio Lázaro………………….2………………………………….336

64- Sandra Lemos…………………….1………………………………….240

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

15 thoughts on “Ranking 2009

  • 27 de março de 2009 em 3:57
    Permalink

    Ae Galera, preciso fazer constar meu nome por aqui!

    Já li 2 livros este ano: Em defesa da fé – Lee Strobel – Vida; 363 páginas

    Escrita Criativa – O prazer da linguagem. Renata Di Nizo – Ed. Summus; 126 páginas

    Resposta
  • 27 de março de 2009 em 22:11
    Permalink

    Uma pergunta: o Cristiano André dorme?
    hehe

    Resposta
  • 31 de março de 2009 em 19:58
    Permalink

    sabe que eu ia fazer a mesma pergunta? oO

    Resposta
  • 7 de abril de 2009 em 1:20
    Permalink

    Pra contabilizar pro ranking só por email ou posso mandar a relação dos livros lidos por outro modo?

    Resposta
  • 13 de abril de 2009 em 3:57
    Permalink

    Que tal incluir as editoras que publicaram os livros? 😎

    Resposta
  • 16 de abril de 2009 em 2:04
    Permalink

    Encontro da vida na IP Lapa no dia 25.04.2009
    Convidamos todas as famílias e irmãos para celebrarem conosco este precioso momento!
    ______________________________________________
    IGREJA PRESBITERIANA DA LAPA
    R. Roma, 465.

    Resposta
  • 16 de abril de 2009 em 2:45
    Permalink

    Leituras no mês de até o dia 15.04
    ____________________________________
    GRUN, Anselm. A caminho. Rio de Janeiro: 2009, Vozes. Viaja-se para se chegar a uma meta; caminha-se para estar-a-caminho. A vida é um caminho em que, passo a passo, cada um segue a sua estrada. Há caminhos errados, há desvios, há trechos áridos. Há caminhos árduos e brandos. E nós caminhamos e nos aproximamos uns dos outros. Nesse sentido, caminhar é uma maneira de exercitar a fé, de encontrar a fé ao caminhar. O autor nos revela a mística do caminhar e aprofunda o significado desta nova forma de espiritualidade. Contém 96 páginas.

    FOSTER, Richard & Gayle D. Beebe. Sedentos por Deus. Os sete caminhos da devoção cristã. São Paulo: Vida, 2009. “O que podemos mudar para que nossa vida se torne uma expressão do Espírito do próprio Cristo? Basta ter uma vida com Deus, um relacionamento interativo com ele, em que nossa vida se abra para a influência do Espírito Santo. Durante esse processo, o Espírito Santo dará início à vida dentro de nós e nos guiará por um processo interminável que nos irá moldar conforme a semelhança de Cristo”. Trilhe um dos caminhos da vida com Deus nestas páginas, seguindo os passos daqueles que vieram antes de nós. Pense na última experiência que você teve com Deus. Neste momento, você pode dizer que o conhece na intimidade, nas atividades do dia-a-dia? Quando experimentamos de fato o amor de Deus, sentimos o gostinho de sua vontade e de seu amor por nós, porém esses momentos quase sempre são passageiros. A vida nos distrai. Nosso conhecimento e nossa compreensão se apagam, enquanto nossa sede de Deus vai aumentando. Neste livro, você aprenderá como satisfazer esse anseio, pois desenvolverá a capacidade de receber o amor de Deus e corresponder a ele. A formação espiritual é o processo pelo qual nosso ser interior se abre para permitir a obra do Espírito Santo, que nos forma à imagem do Filho. Richard Foster e Gayle Beebe, líderes experientes em formação espiritual, apresentam a você cristãos que nos passado conheceram a Deus profundamente. Cada um deles irá ajudá-lo a trilhar um dos sete caminhos para a intimidade com Deus descobertos ao longo da história cristã. Escrito em segmentos curtos, cada um tratando de uma personagem, Sedentos por Deus é a leitura devocional perfeita. Esta rica fonte de devoção poderá guiar você à mesma intimidade profunda com Deus, preparando sua vida para a obra do Espírito Santo. O livro contém 376 páginas.

    RIBEIRO, João Ubaldo. O Sorriso do Lagarto. São Paulo: Record, 1989. Romance escrito em 3ª pessoa – ambientado na Ilha de Itaparica na Bahia. É descoberto na ilha por pescadores locais (João Pedroso – sociólogo amador) e Pe Monteirinho o envolvimento de Lúcio Nemésio (médico pesquisador) com Engenharia Genética; criação de monstros em laboratório. O caso é denunciado porém, por falta de credibilidade e provas é abafado! João Pedroso é morto por ter envolvido com Ana Clara, mulher de Ângelo Marcos. Trecho …diz dr. Lúcio Nemésio: "-Os animais tem alma? Animal, animal, todo mundo sabe disso. Então só tem alma etimológica ou têm alma mesmo? A alma é privativa dos mamíferos superiores? Dos primatas?" Preste Atenção – Na humanização dos animais: "O Sorriso do Lagarto". – Na animalização dos humanos: Ângelo Marcos, homem sem caráter e de instintos irreprimíveis! Sinceramente falando, o livro apesar de ser estilo romance não atrai. O que é incrível pelo nome do escritor. O livro contém 362 páginas.

    Resposta
  • 17 de abril de 2009 em 22:08
    Permalink

    Hoje eu li mais um:
    ALMEIDA, Alcindo. Vivendo na presença do Pai.São Paulo: Fôlego, 2009.Vivemos em um mundo no qual a experiência valida a nossa vida diante dos outros e diante de nós mesmos. Todos estão de alguma forma, em busca de experiências que sirvam de referência para tomada de decisões, para procedermos nossas escolhas. Para tratarmos com nossas questões, sejam elas simples, do dia-a-dia, ou mesmo as mais complexas que dizem respeito ao nosso futuro, nossa família e tudo mais. Portanto, a base na qual podemos construir nossas experiências é a Palavra de Deus. Como Alcindo destaca neste livro: “A Bíblia tem uma porção profunda de motivação para o nosso coração mesmo no meio das nossas lutas e crises”. O livro contém 143 páginas.

    Resposta
  • 25 de abril de 2009 em 12:40
    Permalink

    OWEN, John. Triunfo sobre a tentação. Brasília: Palavra, 2009. Este livro aborda três de suas obras de teologia prática: Da Mortificação do Pecado nos Crentes(1656) – Da Tentação(1658), e A Natureza, o Poder, o Engano e a Prevalência do Pecado que Habita o Interior(1667). Esta obra editada pelo Dr. James M. Houston, nos fala através dos séculos e nos chama a recuperarmos os conceitos de pecado e de responsabilidade individual que nosso mundo não têm feito outra coisa senão esquecer. O livro contém 270 páginas.

    Resposta
  • 25 de abril de 2009 em 17:25
    Permalink

    “CONHECENDO-ME”

    “Fizeste-nos para Ti, ó Deus, e o nosso coração está inquieto enquanto não descansar em Ti.”
    Santo Agostinho

    O nosso mundo é repleto de vendedores de ilusões. São vendedores de ilusões das riquezas: loterias, dinheiro fácil, vida tranqüila, do ter é poder, da supremacia do ter em detrimento do ser.
    São vendedores de ilusões de felicidade: as adolescentes grávidas da novela sempre se saem bem; o adultério explícito parece nunca deixar marcas e é facilmente superado por outro relacionamento, quase sempre coberto de superficialidade; a vingança parece uma virtude recomendável, confundida com justiça.
    Parece que existe uma distancia intransponível entre o que é, a realidade que nos cerca, e o que gostaríamos que fosse verdade em nossas vidas, relacionamentos, sociedade, e em nosso mundo.
    Esses conflitos entre sonho e realidade, desejo e possibilidade, tem desfigurado o ser humano e levado muitas pessoas a algumas opções que julgamos equivocadas:
    o Algumas optam por representar diante das pessoas – alguns julgam essa a única opção diante de algumas situações. “Eu pensava da seguinte forma: já que as pessoas não gostam de meu “eu” real, deveria criar uma versão apenas para consumo”. Craig Groeschel em “Confissões de um pastor”, Ed Mundo Cristão, pág 66. Essa tem sido infelizmente, a escolha de muitas pessoas e em muitas situações, gerando frustrações em muitos relacionamentos das mais diversas naturezas.
    o Outros concluem que, para sobreviver, é impossível confiar em alguém – Você já pode ter passado por situações em que essa conclusão pareceu-lhe inevitável. Talvez julgue que para viver neste mundo é preciso sempre estar na defensiva. Mesmo porque as pessoas não são o que parecem ser, por isso é sempre bom se proteger. Não confie em ninguém! Senão você se dará mal. O resultado é-nos bastante conhecido: construímos muros à nossa volta e não permitimos que ninguém se aproxime.
    Tudo isso parece traduzir uma realidade marcante em nossos dias: a solidão. “O homem moderno é prolixo para comentar o mundo em que está, mas emudece diante do mundo que é. Por isso, vive o paradoxo da solidão. Trabalha e convive em multidões, mas, ao mesmo tempo, está isolado dentro de si mesmo” Augusto Cury, em “O Mestre dos Mestres” Ed Academia de Inteligência, pág 71.
    É preciso uma busca sincera para nos conhecermos melhor. Creio que isso se torna possível quando adotamos duas atitudes:

    I – SINCERIDADE PARA OLHAR PARA DENTRO DE NÓS MESMOS.
    Quem somos realmente?
    Impressiona o fato de as pessoas muitas vezes só conseguirem falar de si mesmos diante de um psicólogo ou de um psiquiatra. O problema é que a vida acontece não dentro, mas fora dos consultórios.
    A dificuldade é que temos deixado de “ser humanos” para nos tornarmos em um numero, uma conta bancária, uma posição social, um status.
    Desenvolvemos atitudes onde queremos ser amados apenas pelo que há de bom em nós, como se fossemos constituídos apenas disso.
    Passamos a desenvolver um esforço permanente de ser o que esperam que sejamos, ou a falar, pensar, desenvolver vontades e desejos que esperam que tenhamos.
    Mas, o que realmente somos?
    Recentemente o cantor Caetano Veloso, em uma reportagem sobre seu novo trabalho musical, justificando seu ritmo essencialmente brasileiro, argumentou: “Você não pode livrar-se de si mesmo, não pode simplesmente decidir que não é brasileiro” (Folha de S.Paulo, 15/04/09).
    É preciso compreender essa verdade: nós não podemos nos livrar de nós mesmos. É necessário sinceridade para olharmos para dentro de nós mesmos e nos vermos como somos.
    Isso deve estender-se a todas as áreas da vida humana: social, moral e espiritual.

    II – CORAGEM PARA OLHAR PARA DEUS.
    E quando estamos diante de Deus, desnudamos nossa alma e nosso coração diante dEle, passamos a conhecermo-nos a nós mesmos.
    Bem sabemos que é possível enganar outros e até enganarmo-nos a nós mesmos, construirmos uma imagem falsa perante nosso próximo, mas diante de Deus é impossível que o homem esconda quem ele verdadeiramente é.
    Santo Agostinho (bispo de Hipona, 354-430 d.C) escreveu: “Diante de Deus, está sempre a descoberto o abismo da consciência humana: que poderia haver de oculto em mim para Deus, por mais que eu não quisesse dizer a verdade? Conseguiria apenas ocultar Deus aos meus olhos, mas não poderia ocultar-me dos seus”.
    Buscando a Deus em fé, podemos conhecer a realidade mais íntima do nosso ser, e isso só é possível diante daquele que nos conhece completamente, e mesmo assim nos aceita a ama.
    “Deus nos ama o bastante para nos aceitar como somos, mas nos ama demais para permitir que continuemos os mesmos”. Philip Yancey
    Quanto mais conhecemos a Deus e o Seu caráter, mais aprendemos a amá-Lo e a nos conhecer melhor.
    Concluindo,
    Certamente você já se viu tentando impressionar as pessoas. Normalmente fazemos isto por acreditar que agindo assim, as pessoas gostarão de nós.
    “A vida em torno do “falso eu” gera o desejo de apresentar ao público uma imagem perfeita, de modo que todos nos admirem e ninguém nos conheça”. Brennam Manning (autor de “O Evangelho Maltrapilho”).
    Paulo, o apóstolo, escreveu: “Acaso busco agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens?” (Gálatas 1:10).
    Creia: Você não é o que os outros dizem, e sim quem Deus diz que é.
    Portanto, chega de ficar representando para os outros. A opinião de Deus a seu respeito é a única que importa. Sua vida pertence a Ele; então, permita que Ele guie cada um de seus movimentos.

    Que Deus o abençoe rica e abundantemente.
    Rev. Hilder C Stutz

    Resposta
  • 28 de abril de 2009 em 12:53
    Permalink

    GONDIM, Ricardo.O que os evangélicos não falam. Minas Gerais: Ultimato, 2006. O modelo evangélico nacional adoeceu. É preciso que aconteçam denúncias internas para que o evangelho não se desfigure em um “outro evangelho”. Há muito joio dentro das igrejas e ele não se parece em nada com o trigo. Dá vontade de rir e de chorar ao mesmo tempo. É preciso protestar, antes que só dê vontade de chorar. “Os que defendem a ortodoxia da fé deveriam se arrepender de seu dogmatismo e defender a vida antes das doutrinas; os que se enxergam como baluartes do pentecostalismo deveriam fazer crítica interna porque geraram comunidades que asfixiam a criatividade, a liberdade e a felicidade; os que se dizem na vanguarda do “mover apostólico” deveriam ter coragem de se olhar no espelho e reconhecer que propalam maravilhas que só beneficiam a eles próprios.” — Ricardo Gondim. Ricardo Gondim se dispõe a falar o que os evangélicos, normalmente, não falam. Ele é um dos guardas das torres de vigia, construídas nos pontos estratégicos das vinhas, dos olivais, das figueiras e das pastagens. O Que os Evangélicos (não) Falam poderá nos ajudar na difícil arte de separar o trigo do joio – Elben César. Contém 216 páginas.

    Resposta
  • 1 de maio de 2009 em 16:57
    Permalink

    Leituras no mês de abril de 2009

    GRUN, Anselm. A caminho. Rio de Janeiro: 2009, Vozes. Viaja-se para se chegar a uma meta; caminha-se para estar-a-caminho. A vida é um caminho em que, passo a passo, cada um segue a sua estrada. Há caminhos errados, há desvios, há trechos áridos. Há caminhos árduos e brandos. E nós caminhamos e nos aproximamos uns dos outros. Nesse sentido, caminhar é uma maneira de exercitar a fé, de encontrar a fé ao caminhar. O autor nos revela a mística do caminhar e aprofunda o significado desta nova forma de espiritualidade. Contém 96 páginas.

    FOSTER, Richard & Gayle D. Beebe. Sedentos por Deus. Os sete caminhos da devoção cristã. São Paulo: Vida, 2009. “O que podemos mudar para que nossa vida se torne uma expressão do Espírito do próprio Cristo? Basta ter uma vida com Deus, um relacionamento interativo com ele, em que nossa vida se abra para a influência do Espírito Santo. Durante esse processo, o Espírito Santo dará início à vida dentro de nós e nos guiará por um processo interminável que nos irá moldar conforme a semelhança de Cristo”. Trilhe um dos caminhos da vida com Deus nestas páginas, seguindo os passos daqueles que vieram antes de nós. Pense na última experiência que você teve com Deus. Neste momento, você pode dizer que o conhece na intimidade, nas atividades do dia-a-dia? Quando experimentamos de fato o amor de Deus, sentimos o gostinho de sua vontade e de seu amor por nós, porém esses momentos quase sempre são passageiros. A vida nos distrai. Nosso conhecimento e nossa compreensão se apagam, enquanto nossa sede de Deus vai aumentando. Neste livro, você aprenderá como satisfazer esse anseio, pois desenvolverá a capacidade de receber o amor de Deus e corresponder a ele. A formação espiritual é o processo pelo qual nosso ser interior se abre para permitir a obra do Espírito Santo, que nos forma à imagem do Filho. Richard Foster e Gayle Beebe, líderes experientes em formação espiritual, apresentam a você cristãos que nos passado conheceram a Deus profundamente. Cada um deles irá ajudá-lo a trilhar um dos sete caminhos para a intimidade com Deus descobertos ao longo da história cristã. Escrito em segmentos curtos, cada um tratando de uma personagem, Sedentos por Deus é a leitura devocional perfeita. Esta rica fonte de devoção poderá guiar você à mesma intimidade profunda com Deus, preparando sua vida para a obra do Espírito Santo. O livro contém 376 páginas.

    RIBEIRO, João Ubaldo. O Sorriso do Lagarto. São Paulo: Record, 1989. Romance escrito em 3ª pessoa – ambientado na Ilha de Itaparica na Bahia. É descoberto na ilha por pescadores locais (João Pedroso – sociólogo amador) e Pe Monteirinho o envolvimento de Lúcio Nemésio (médico pesquisador) com Engenharia Genética; criação de monstros em laboratório. O caso é denunciado porém, por falta de credibilidade e provas é abafado! João Pedroso é morto por ter envolvido com Ana Clara, mulher de Ângelo Marcos. Trecho …diz dr. Lúcio Nemésio: "-Os animais tem alma? Animal, animal, todo mundo sabe disso. Então só tem alma etimológica ou têm alma mesmo? A alma é privativa dos mamíferos superiores? Dos primatas?" Preste Atenção – Na humanização dos animais: "O Sorriso do Lagarto". – Na animalização dos humanos: Ângelo Marcos, homem sem caráter e de instintos irreprimíveis! Sinceramente falando, o livro apesar de ser estilo romance não atrai. O que é incrível pelo nome do escritor. O livro contém 362 páginas.

    ALMEIDA, Alcindo. Vivendo na presença do Pai. São Paulo: Fôlego, 2009. Vivemos em um mundo no qual a experiência valida a nossa vida diante dos outros e diante de nós mesmos. Todos estão de alguma forma, em busca de experiências que sirvam de referência para tomada de decisões, para procedermos nossas escolhas. Para tratarmos com nossas questões, sejam elas simples, do dia-a-dia, ou mesmo as mais complexas que dizem respeito ao nosso futuro, nossa família e tudo mais. Portanto, a base na qual podemos construir nossas experiências é a Palavra de Deus. Como Alcindo destaca neste livro: “A Bíblia tem uma porção profunda de motivação para o nosso coração mesmo no meio das nossas lutas e crises” (Pr. Albert Carvalho – IP Bonilha – SP). O livro contém 143 páginas.

    OWEN, John. Triunfo sobre a tentação. Brasília: Palavra, 2009. Este livro aborda três de suas obras de teologia prática: Da Mortificação do Pecado nos Crentes (1656) – Da Tentação(1658), e A Natureza, o Poder, o Engano e a Prevalência do Pecado que Habita o Interior(1667). Esta obra editada pelo Dr. James M. Houston, nos fala através dos séculos e nos chama a recuperarmos os conceitos de pecado e de responsabilidade individual que nosso mundo não têm feito outra coisa senão esquecer. O livro contém 270 páginas.

    GONDIM, Ricardo.O que os evangélicos não falam. Minas Gerais: Ultimato,2006. O modelo evangélico nacional adoeceu. É preciso que aconteçam denúncias internas para que o evangelho não se desfigure em um “outro evangelho”. Há muito joio dentro das igrejas e ele não se parece em nada com o trigo. Dá vontade de rir e de chorar ao mesmo tempo. É preciso protestar, antes que só dê vontade de chorar. “Os que defendem a ortodoxia da fé deveriam se arrepender de seu dogmatismo e defender a vida antes das doutrinas; os que se enxergam como baluartes do pentecostalismo deveriam fazer crítica interna porque geraram comunidades que asfixiam a criatividade, a liberdade e a felicidade; os que se dizem na vanguarda do “mover apostólico” deveriam ter coragem de se olhar no espelho e reconhecer que propalam maravilhas que só beneficiam a eles próprios.” — Ricardo Gondim. Ricardo Gondim se dispõe a falar o que os evangélicos, normalmente, não falam. Ele é um dos guardas das torres de vigia, construídas nos pontos estratégicos das vinhas, dos olivais, das figueiras e das pastagens. O Que os Evangélicos (não) Falam poderá nos ajudar na difícil arte de separar o trigo do joio – Elben César. Contém 216 páginas.

    Comunicação e Sociedade -Ano 29 – N° 49. 200 anos de Imprensa Brasileira. São Paulo: Universidade Metodista de São Paulo, 2008. Ca seção de documentação, que traz uma novidade. Além das teses e dissertações defendidas no programa em 2007, tivemos o privilégio de acolher três trabalhos de pós-doutorado, orientados por mestres experientes como José Marques de Melo, Isaac Epstein e Sebastião Squirra e cujos resumos também publicamos nestas páginas, na expectativa de que novos pós-doutorandos ingressem na Universidade Metodista, sejam bem-sucedidos e tenham suas contribuições difundidas pelo país. Desejamos a todos uma boa leitura.ontém 279 páginas.

    Filme legais…

    Eragon. Muito antes dos pais de seus avós nascerem e mesmo antes dos pais deles, os Cavaleiros do Dragão foram formados. Proteger e zelar era a sua missão e, durante milhares de anos, eles tiverem sucesso. Sua destreza nas batalhas era inigualável, pois cada um deles tinha a força de dez homens. Eles eram imortais, a não ser que atingidos por lâmina ou veneno. Os seus poderes eram usados apenas para o bem e, sob sua tutela, foram construídas grandes cidades e torres de pedra viva. As riquezas jorravam para as cidades de Alagaesia, e os homens prosperavam. Embora nenhum inimigo pudesse destruí-los, eles não conseguiram se proteger de si mesmos. E um dia, no auge de seu poder, nasceu um garoto, Galbatorix. Aos dez anos, ele foi testado e viram que nele residia um grande poder. Os Cavaleiros o aceitaram como um dos seus e ele superou todos os demais em habilidade. Dotado de uma mente atilada e um corpo forte, ele rapidamente se destacou entre os Cavaleiros. Os Cavaleiros tornaram-se arrogantes com seu poder e ignoraram a prudência. Durante uma viagem descuidada, Galbatorix e dois amigos foram emboscados, seus amigos foram assassinados e o seu dragão foi morto. Durante meses, ele vagou, cada dia mais insano, até que foi encontrado inconsciente por um bondoso fazendeiro e foi devolvido ao conselho dos Cavaleiros. Quando os Cavaleiros se recusaram a lhe conceder outro dragão, Galbatorix ficou louco de raiva. Jurando se vingar dos Cavaleiros, ele começou a aperfeiçoar-se no uso dos segredos negros que havia aprendido com um Espectro. Um dia, na escuridão da noite, ele roubou um ovo de dragão e convenceu Morzan, um Cavaleiro parvo, a juntar-se a ele na prática dos segredos negros e da magia proibida. Juntos eles ganharam força e travaram uma guerra de vingança contra os Cavaleiros. Outros doze Cavaleiros, que desejavam poder e vingança, juntaram-se a Galbatorix, e eles tornaram-se os Treze Renegados. Na última batalha sangrenta, Galbatorix conseguiu dominar a todos e proclamou-se rei de toda a Alagaesia. E, desde aquele dia, ele governa. Quando Eragon encontra uma pedra polida azul na floresta, ele acredita tratar-se de um achado de sorte de um pobre garoto de fazenda. Mas, quando um dragão nasce da pedra, ele percebe que tropeçou em uma herança tão antiga quanto o próprio Império. Poderá Eragon assumir a missão dos lendários Cavaleiros do Dragão? O destino do Império pode estar em suas mãos.

    Resposta
  • 6 de junho de 2009 em 19:33
    Permalink

    poxa, vou me inscrever também, na ociosidade desse ano, devo tar perto da casa de leitura do C. André!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *