A caverna (4)

“O último dia é o único a que não se pode chamar véspera.”

“As palavras são apenas pedras postas a atravessar a corrente de um rio, se estão ali é para que possamos chegar à outra margem, a outra margem é que importa.”

“Um cão sabe muito bem quando alguém precisa da sua companhia.”

“A paisagem é um estado de alma, que a paisagem de fora a vemos com os olhos de dentro.”

“Aquilo que mais custa a um homem é reconhecer as suas debilidades e confessá-las.”

José Saramago, em A caverna (Companhia das Letras).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

One thought on “A caverna (4)

  • 27 de abril de 2009 em 12:14
    Permalink

    “A paisagem é um estado de alma, que a paisagem de fora a vemos com os olhos de dentro.”.
    eu estive pensando e escrevendo bastante sobre isso porque tenho lido e estudado sobre a O sertão em guimarães rosa.
    enfim, anotarei a citação.

    adorei por aqui, voltarei mais vzs.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *