Para curar um mundo fraturado (6)

“Em vez de instrumento para a resolução de conflitos, a religião é usada para intensificá-los.”

“O imperativo religiosos ao qual procurei dar voz nestas páginas é aquele que diz: Crie, não destrua, pois é o Meu mundo que você está destruindo, Minhas criaturas que você está matando. A única força que se iguala ao fundamentalismo do ódio é um contrafundamentalismo do amor.”

“Os profetas nos alertaram contra diferenciar o sagrado e o bom; diferenciar entre nossos deveres para com Deus e para com o próximo.”

“A mensagem da Bíblia Hebraica é a de que servir a Deus e servir ao próximo são ações intrinsecamente ligadas, e separá-las as deixa mais pobres.”

“Segundo a tradição judaica, quando os israelitas terminaram de construir o santuário no deserto, Moisés os abencoou com as seguintes palavras: ‘Que seja vontade de Deus que Sua presença viva no trabalho de vossas mãos’.”

Rabino Jonathan Sacks, em Para curar um mundo fraturado (Séfer).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *