40 dias de heavy metal e espiritualidade

O autor Brian “Head” Welch, cujo primeiro livro esteve na lista dos mais vendidos do New York Times, faz o registro de uma viagem real e inesquecível de sua vida com Cristo em STRONGER: Forty Days of Metal and Spirituality [Fortalecido: 40 dias de metal e espiritualidade] (editora HarperOne).

Em 2007, Head, ex-guitarrista da banda de metal* Korn, contou em Save Me From Myself [Salve-me de mim mesmo] a história dramática de sua vida, seu envolvimento com a música e a dependência química, até encontrar a redenção milagrosa em Jesus Cristo. Agora, em Stronger, escreve sobre os textos bíblicos que o ajudam a viver em profunda intimidade com Deus.

Continuando a partilhar lições de sua própria vida, Head redigiu um livro devocional intenso, propondo 40 dias com as Escrituras, algo que o tem ajudado a moldar sua fé cristã e encontrar a luz durante os momentos mais difíceis. Escrito com paixão e franqueza, esta jornada de 40 dias inclui histórias vividas por Head no passado e no presente. Ele fala abertamente sobre as crises de depressão que viveu até encontrar a Deus, sua luta contra a escuridão interior, tentativas de compreender a fé, e como, durante os momentos de fraqueza, a Palavra de Deus tem sido uma das chaves para fortalecê-lo.

Ilustrada com desenhos inéditos de Joshua Clay, que retratam e reforçam as palavras do autor, Stronger é um registro notável de como as Escrituras podem influenciar e impactar a vida de alguém. Trechos do Antigo e do Novo Testamentos são abordados para avaliar cada aspecto de sua vida, o tempo que dedicou à banda Korn, sua carreira solo e sua nova vida. Head detalha como a Bíblia alterou seu relacionamento com a filha e como, independentemente dos problemas vividos, Deus sempre lhe deu a orientação que precisava para tornar-se uma pessoa mais forte.

O novo livro em parte é um diário que relata seu amadurecimento no relacionamento com Deus. Mas também é um testamento espiritual da força inegável da Bíblia em sua vida. Stronger é um devocional diferente de qualquer outro.

Uma das ilustrações do livro

Trecho:

“Em janeiro de 2005 encontrei-me com Deus e desde então nunca mais fui o mesmo . Durante anos, antes dessa decisão que mudou minha vida, fui guitarrista da banda Korn, viajei pelo mundo todo e ganhei milhões de dólares. Ao mesmo tempo, estava irremediavelmente viciado em cristal de matanfetamina. Eu tinha uma filha e era responsável por ela, mas estava falhando nisso. Estava jogando minha vida fora e acordava todo dia desejando que alguma força simplesmente acabasse com o meu sofrimento. Felizmente, isso não aconteceu. Em vez de uma força acabar comigo, Deus me deu uma nova razão para viver.”

O autor:

Brian “Head” Welch foi membro fundador do Korn. Em 2004, após anos de luta contra a dependência química, viveu um despertamento espiritual intenso. Escreveu sobre essa experiência em seu primeiro livro: a autobiografia “Save Me From Myself” (2007). No ano seguinte, lançou uma versão de Save Me voltada para adolescente, Washed by Blood: Lessons from My Time with Korn and My Journey to Christ [Lavado pelo sangue: lições do meu tempo com o Korn e minha jornada até Cristo]. Hoje, dedica-se a criar sua filha Jennea, manter uma obra assistencial na Índia e cuidar de sua carreira-solo como músico e escritor.

* Para alguns, o Korn é heavy metal, para outros é hard rock e os mais entendidos os classificam como new metal. Sendo assim, optamos por deixar apenas “metal”.

Fonte: Profitable

Tradução e edição: Jarbas Aragão. Todos os direitos de tradução reservados. Se for reproduzir, por favor cite a fonte.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

5 thoughts on “40 dias de heavy metal e espiritualidade

  • 9 de dezembro de 2010 em 19:10
    Permalink

    “…um registro notável de como as Escrituras podem influenciar e impactar a vida de ninguém. Trechos do Antigo e do Novo Testamento…. ”

    CUMA ???? vocês poderiam fazer o favor de revisar o texto, antes de publica-lo ??? ou eu que ainda não entendi ??

    abs

    ronei

    Resposta
  • 10 de dezembro de 2010 em 19:36
    Permalink

    Um erra imperdoável aqui é estar a chamar à banda KorN de heavy metal, quando eles são claramente um banda de nu-metal / new metal

    Resposta
  • 13 de dezembro de 2010 em 16:37
    Permalink

    O Korn é new metal, nada a ver com Heavy Metal.
    Porém não acho nenhuma novidade um rockeiro ser um escritor, um artista, um piloto de avião (Bruce Dickinson), um PHD em Zoologia (Gregory Walter Graffin da banda Punk Bad Religion), etc.
    Eu ficaria impressionado quando um funkeiro, ou a Carla Perez escrevesse uma simples cronica num jornalzinho destes de R$ 0.50!!!!

    Resposta
  • 14 de julho de 2011 em 13:34
    Permalink

    Ele se converteu ao Catolicismo. Lembro deste anúncio na extinta Rádio Cidade, uma rádio de rock aqui do Rio. Por falar em rádio cidade, que saudade hehehe!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *