Após ser dado como morto, garoto diz que foi ao céu e descreve experiência em livro

Muitos acreditavam que foi um sonho, ou era apenas uma história inventada por um garoto que passou por um momento difícil. Nem seus pais acreditaram nele no princípio. Mas a história de Colton Burpo tem causado um misto de surpresa e dúvida. Sua jornada o levou até o topo da lista dos mais vendidos elaborada pelo New York Times.

Tudo começou em uma viagem com a família ao estado americano do Colorado. Colton reclamou de dores no estômago. Depois de uma visita ao médico, seu diagnóstico foi uma gripe forte. Quando voltou para casa, no Nebraska, continuava doente e fez outra visita ao médico. A suspeita ainda era de gripe, mas Colton piorou rapidamente.

O diagnóstico estava errado. O garoto, então com três anos de idade, sofrera uma ruptura no apêndice. Levado às pressas ao hospital, submeteu-se a uma cirurgia de risco. Os pais, Todd e Sonya, pastores de uma igreja evangélica, choravam e oravam em quartos separados. Os médicos estavam pessimistas e chegaram a achar que ele estava morto. Os pais achavam que tinham perdido seu garotinho para sempre.

Sua recuperação foi difícil e Colton começou a contar uma história fora do comum. Até quatro meses depois da cirurgia, nada do que ele dizia fazia muito sentido. Até que a família passou de carro em frente ao hospital. Seu pai brincou, perguntou se o garoto gostaria de voltar ao hospital. “Eu estava olhando para ele pelo retrovisor, e ouvi-o dizer ‘Lá os anjos cantaram para mim’. Eu olhei e vi que ele estava extremamente sério”, lembra o pai.

O menino voltou a narrar sua ida ao céu, onde disse que viu muitas coisas e conheceu muitas pessoas, incluindo seu avô paterno, que morreu 30 anos antes de Colton ter nascido. Mas sua descrição do avô não se parecia com a foto na parede de sua casa. Ao ver uma foto enviada meses antes por sua avó era muito mais parecida mais com o homem que ele conheceu, jovem e sem óculos.

A parte mais surpreendente foi quando contou para sua mãe que conhecera sua “outra” irmã. Não a mesma que dividia a casa com ele. Seus pais nunca lhe contaram que a Sonya tivera um aborto espontâneo anos antes. Colton apenas disse: “Ela parecia familiar e começou a me abraçar, dizendo que estava feliz por ter alguém de sua família lá em cima”. O garoto descreva ainda seu encontro com os anjos e com personagens bíblicos.

Ao longo do tempo, as cenas descritas por um garoto de apenas três anos tornaram-se mais detalhadas. Ele contava como era a aparência de Jesus, suas conversas com Deus, até mesmo uma discussão sobre o Armagedon. Ao perceber que ele não se contradizia e sempre contava os mesmos detalhes, a família Burpo passou a acreditar que não fora um sonho e decidiu escrever a história inacreditável do pequeno Colton.

Seu pai se encarregou de colocar tudo no papel e disse ter pedido direção de Deus se deveria ou não compartilhar aquilo com o mundo. Todd afirma que apenas disse: “Deus, eu não sei como publicar um livro, mas se Senhor realmente deseja que eu faça isso, terá que fazer com que alguma editora me encontre”.

O resultado é que alguns anos depois foi exatamente isso que aconteceu. Até o momento, mais de 500.000 cópias de “Heaven is a Real Place” [O céu é de verdade] foram vendidas. Agora já estão disponíveis a versão em e-book (que está entre os mais vendidos para o Kindle, da Amazon) e em áudio livro. Colton, agora com 11 anos, continua a compartilhar seu testemunho, que chegou à lista mais cobiçada por autores de todo o mundo.

Desde o lançamento do livro, no final de 2010, pai e filho tem percorrido igrejas e sido entrevistado por diferentes canais de TV e programas de rádio nos EUA. Perguntado o que ele pensaria se não fosse com seu filho, o pastor Todd finaliza: “Eu não sei por que Ele nos escolheu. Deus fez um milagre extraordinário”.

O céu é de verdade? Para muitas pessoas de fé, esse tipo de experiência é possível. Mas não faltam críticas ao menino e seu pai. Muitos acreditam que tudo isso tem uma explicação médica ou científica, como centenas de relatos diferentes de experiência de quase morte. A maior parte das críticas é pelo fato de o pai ser pastor e o livro descrever a visão de céu cristã, com detalhes que ecoam o livro de Apocalipse. Mais informações sobre o livro podem ser obtidas AQUI

 

Agência Pavanews, com informações de WTKR, Amazon e Nebraska TV

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

10 thoughts on “Após ser dado como morto, garoto diz que foi ao céu e descreve experiência em livro

  • 10 de março de 2011 em 2:43
    Permalink

    podemos citar o caso do GUINA ex racionais mc`s apesar de ser um pouco diferente pq o msm visitou o inferno, e ficou dois mortos dentro da camara fria e apos a oraçao de uma irma ele ressucitou.

    Resposta
    • 10 de março de 2011 em 11:42
      Permalink

      houve um pequeno erro ele ficou dois dias morto

      Resposta
  • 4 de maio de 2011 em 13:07
    Permalink

    cheirinho de bosta no ar aqui hein.

    Resposta
    • 14 de junho de 2011 em 22:03
      Permalink

      realmente vc deve ter vindo do banheiro né?
      idiota vai se converter!
      Jesus volta e vc fica 

      Resposta
  • 28 de outubro de 2011 em 18:31
    Permalink

    na verdade, não se deve discutir se ele foi ou não ao ceu e voltou, mas sim se Deus permitiria tal fato

    Resposta
  • 28 de outubro de 2011 em 18:34
    Permalink

    além do mais, a bíblia diz que ninguém está no Céu com consciência, estão aguardando no Senhor o juízo final. Se vc lê a bíblia e não acredita no que ela diz, então vc não crê em Deus.

    Resposta
  • 8 de junho de 2012 em 18:23
    Permalink

    o problema maior e que a bliblia escrita por o homems tambem foi aduterada o rei costantino foi um dos que aduterou o que levou agumas igreja acretarem apena no velho testamento.aonde esta a verdade que parece ser tao oculta de ante dos nosso olhos tudo o que eu quero e que deus perdoe o meus pecados e sou grato e feliz por tudo pricipalemente por ter ganho um chanci de viver eternamente pois acretito em enpente toque os outros falam sobre esse deus.naou sou crista,mais tenho acerteza que ceu e inferno exista.e qui na terra quem e o mal.nao acredito em igrejas sendo elas catolica ou evagelica,todas sao do mesmo saco do mesmo saco de lixo tendos nos confuderem do que certo e que e errado que Deus tenha misericordia si eu estiver errado casso aucontrario que mim castigue.

    Resposta
  • 18 de julho de 2012 em 7:00
    Permalink

    não devemos limitar a DEUS poi João antes de morrer viu a cidade santa ainda sendo preparada !!! Moisés viu o SENHOR andando só que de costas, pois ninguem em vida pode ver ao SENHOR JESUS e muitos outros viram as proezas de Deus , isso é de acordo com a fé e a santidade de cada um , pois sem santificação ninguem verá a DEUS .

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2012 em 18:52
    Permalink

    ñ li o livro mas uma coisa posso dizer que Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unico para todos que nele Jesus cre ñ peresa mas tenha a vida eterna

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *