Relato de menino sobre o céu é o fenômeno editorial do ano

JULIE BOSMAN, no The New York Times / Tradução de Agência Pavanews

Apenas dois meses antes de completar quatro anos, Colton Burpo, filho de um pastor evangélico de Imperial, Nebraska, foi levado às pressas para uma cirurgia de emergência por causa de uma apendicite.

Colton Burpo, 11, e seu pai Todd, autografam cópias de “O Céu é de verdade” em sua casa (foto)

Após a operação, acordou contando uma história surpreendente: ele morreu e foi para o céu, onde conheceu seu bisavô e personagens bíblicos como Sansão, João Batista e Jesus. Os olhos do Salvador “eram uma espécie de mar azul e pareciam brilhar”, recorda Colton, agora com 11 anos.

Todd Burpo, pai de Colton, transcreveu a experiência do garoto em um livro de 163 páginas, chamado Heaven is for Real [O céu é de verdade]. Este foi o inesperado sucesso do inverno, dominando as listas de best-sellers e vendendo centenas de milhares de cópias.

Thomas Nelson, a editora do livro, afirma ter quebrado seus recordes de vendas com esse lançamento. A tiragem inicial foi de 40.000 exemplares. Desde o lançamento em novembro de 2010, foram mais 22 edições, totalizando mais de 1.5 milhão de cópias. “O Céu é de verdade” chegou a ficar em primeiro lugar na lista dos mais vendidos na categoria não-ficção do New York Times nas últimas semanas. Já foi traduzido em várias línguas e em breve chegará ao Brasil pela subsidiária nacional da Thomas Nelson.

Muito do sucesso do livro é resultado de propaganda boca a boca, já que não teve acesso aos canais geralmente usados por outros best-sellers. Não houve uma grande divulgação do livro, não era fruto de uma editora muito famosa nem seu autor era conhecido. Mas ganhou força com algumas aparições bem colocadas em programas matinais como “Fox & Friends”, “The 700 Club” e CNN.

O livro vendeu muito bem tanto em grandes cadeias americanas de livrarias como a Barnes & Noble, quanto em livrarias voltadas ao público cristão, disse Matt Baugher, vice-presidente editorial da Thomas Nelson. Grandes redes como Wal-Mart, têm promovido bastante o livro em suas lojas, e grandes encomendas de igrejas e ministérios estão chegando constantemente.

“Possivelmente, todos nós estamos desesperados para saber como será do outro lado, quando morrermos”, afirmou Baugher, acrescentando que seu ceticismo inicial sobre a história da família Burpo durou pouco. “Trata-se de uma família muito realista, conservadora, ou seja, uma família normal do Centro-Oeste americano. Ficamos plenamente convencidos de que a história era verídica. Além disso, era uma ótima história, que só iria decolar.”

O livro foi um sucesso imediato em lojas da Barnes & Noble e ficou perto do topo da lista de best-sellers no site bn.com. O funcionário da empresa encarregado da seção de livros religiosos foi um de seus primeiros defensores, mandando cópias para cada loja, disse Patricia Bostelman, vice-presidente de marketing da Barnes & Noble.

“Quando se compra material com o assunto religião, você é apresentado a muitas histórias sobre o céu, a experiências de quase-morte e vida após a morte”, disse Bostelman, lembrando que vários outros livros com o “céu” no título estão vendendo bem nos últimos tempos. “Mas o diferencial deste livro é ser a história de um menino. Isso minimizou algum cinismo que poderia acompanhar a ideia de existir adultos tirando proveito de suas experiências.”

Todd Burpo escreveu o livro com Lynn Vincent, que colaborou com a biografia da ex-candidata a vice-presidente Sarah Palin. Pastor da Igreja Wesleian Crossroads de Imperial, uma comunidade agrícola no sudoeste de Nebraska, Burpo disse em uma entrevista ter recebido algumas críticas por causa disso.

“As pessoas dizem que só fiz isso para ganhar dinheiro, mas não é verdade”, disse ele, referindo-se a comentários anônimos sobre o livro postados online. “Não estávamos esperando nada. Estávamos apenas esperando que pudesse atingir seu objetivo”. Afirmou ainda que pretende doar parte dos lucros de royalties e investir alguma coisa em melhorias da casa da família.

No início, ele e Sonja, sua esposa, não tinham plena certeza se poderiam acreditar na história do filho, que foi contada aos pedaços, ao longo de  anos após sua repentina doença e cirurgia, em 2003. Mas os detalhes os conveceram, diz Todd. Colton disse aos pais que conheceu sua irmã mais nova no paraíso, descrevendo-a como uma garota de cabelos negros que lembrava Cassie, sua irmã mais velha que vive com eles. Quando os pais o questionaram sobre isso, ele respondeu: “Mãe, você teve um bebê que morreu em sua barriga, não é?” Embora Sonja tivesse sofrido um aborto espontâneo muitos anos antes, eles não contaram a Colton sobre isso. “Não há como ele pudesse saber disso”, afirma o pai.

Eles dizem ainda que Colton descreveu detalhadamente as imagens que viu no céu – como chagas sangrentas nas mãos de Jesus – algo que nunca fora mostrado a ele. Eventualmente, os pais decidiram contar a história fora de sua cidade. Em suas pregações de domingo, o pastor Todd já havia feito partes do relato para sua congregação. Por intermédio de um pastor amigo, a família conheceu Joel Kneedler, agente literário da Alive Communications, empresa cristã de Colorado Springs. Kneedler vendeu o livro para a Thomas Nelson, editora conhecida por títulos cristãos como “40 Dias com Jesus”, de Sarah Young. O adiantamento foi bem abaixo do normal.

Greg Sato, gerente de uma loja da Livraria Barbara’s, na área de Chicago, afirma que a procura cresceu a partir de fevereiro. “Entre os livros de não-ficção, ultimamente parece ser este o que as pessoas têm mais procurado. Eu o coloquei na mesma categoria que ‘As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu’ e ‘A Cabana’. São livros um pouco mais religiosos ou espirituais”, afirma Sato.

Colton, o menino louro de rosto redondo que aparece na capa do livro, toca piano e trompete, é fascinado pela mitologia grega, ouve rock cristão e é fã do time de futebol americano da Universidade de Nebraska.

Contando sua história com naturalidade, Colton diz estar satisfeito que as pessoas achem sua história inspiradora. “As pessoas estão sendo abençoadas, e vão receber a cura de suas feridas”, disse ele. “Estou feliz por isso.”

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

33 thoughts on “Relato de menino sobre o céu é o fenômeno editorial do ano

  • 18 de março de 2011 em 6:10
    Permalink

    mais uns lucrando com o desespero dos que temem a crise… minha nossa como é possivel…

    Resposta
    • 31 de julho de 2012 em 14:48
      Permalink

      Rebanho de Tolos, pena de vcs quando Jesus arrebatar o seu povo…. .
      Por isso que estar escrito que

      Todo joelho se dobrará e toda confessara a Deus.

      Resposta
  • 18 de março de 2011 em 18:14
    Permalink

    o jeito mais facil de ganhar dinheiro: religião

    Resposta
  • 21 de março de 2011 em 12:41
    Permalink

    Quando eu vi que o Pai era Pastor eu entendi foi tudo…

    Mais um golpe do céu..
    Acho que vou montar um consórcio..

    Por apenas R$ 9,90 mensais você garante seu pedacinho no céu, e com mais R$ 9.990,00 você pode antecipar a premiação. (Suicídio custa só R$ 4.990,00)

    Resposta
  • 21 de março de 2011 em 14:25
    Permalink

    Nossa, é só falar em religião que todo mundo já fica sensivelzinho. Crença alheia incomoda como furúnculo. Se eles fossem realmente charlatões, por que demorariam quase sete anos pra resolver publicar o livro?
    Não julgo, pra mim o menino pode tanto ter visto o que viu (se foi visão ou experiência espiritual, não sei), como não ou ter sido influenciado. Legal mesmo seria ler o livro e tirar conclusões daí…

    Resposta
  • 21 de março de 2011 em 17:06
    Permalink

    Pura fraude! Olha que coincidência
    O papai do menininho é pastor own
    Bando de evangélicos sem vergonha
    Só querem ganhar dinheiro em cima de pessoas
    Ingênuas e necessitadas que precisam de
    Uma palavra de conforto.
    Jesus Cristo é o caminho e vocês o pedágio …

    Acredito em Deus não em religião
    Lixo de livro!

    Resposta
  • 21 de março de 2011 em 18:13
    Permalink

    hahahahahahahahaha!
    é uma palhaçada mesmo!

    Resposta
  • 21 de março de 2011 em 21:39
    Permalink

    Criança inventa cada estória não é mesmo? Minha sobrinha por exemplo tem um amiguinho que brinca com ela, minha namorada quando criança via uma vaca roxa que levitava!

    Pessoas imaginativas!

    Resposta
    • 26 de maio de 2011 em 20:41
      Permalink

      Não é atoa q vc escolheu esse nome pra vc. Mas o mundo é assim mesmo, cada um pensa de um modo e acredita no q qiser. Só q cada um colheremos aqilo q plantarmos, inclusive escolher não crer em nada. Agora, não crer q exista uma vida alem dessa, e q não exista um DEUS CRIADOR DE TUDO O Q SE VE, pois tudo é perfeito, na minha opinião é no minimo, ignorancia e total leviandade.

      Resposta
  • 22 de março de 2011 em 2:23
    Permalink

    Não acredito em nada que não possa ser repetido em laboratório e detectado por instrumentos.

    Resposta
  • 25 de março de 2011 em 13:40
    Permalink

    Aos que não creêm q o céu é de verdade, tb não crêem q o inferno existe, por isso não se esforçam para herdar o reino de Deus, entretanto quando morrerem infelizmente muitos destes irão para o inferno crendo ou não crendo aí será tarde demais. Deixe Jesus fazer parte de sua vida enquanto é tempo.

    Resposta
    • 26 de março de 2011 em 19:22
      Permalink

      Então você se esforça para agir corretamente porque tem medo de ir para o inferno e não pela dever moral de fazer o bem? Se você age para salvar sua pele, você nunca poderá ser definida como uma “boa pessoa”, mas apenas uma pessoa interesseira e egoísta.

      Resposta
    • 2 de abril de 2011 em 15:21
      Permalink

      Já que voce falou em “se esforçar para herdar o reino de Deus”…., te pergunto : em que consiste este esforço?
      Tambem te pergunto. O que voce quer dizer com “deixar Jesus fazer parte de sua vida… enquanto é tempo?

      Resposta
  • 27 de março de 2011 em 4:31
    Permalink

    Estamos em uma época em que a informação é vasta e disponível para todos. Ninguém mais precisa acreditar às cegas seja lá no que for. Há material acessível pra todo mundo pesquisar (principalmente na internet) e chegar as suas próprias conclusões sobre o que é verdade ou mentira. O que eu gostaria de saber é o seguinte: Se o obejtivo do livro é enviar a todos uma mensagem vinda de Deus, porque temos que comprar o livro para conhecê-la? Porque, em pleno século 21, temos que pagar para ter acesso ao que Deus quer que seja de meu conhecimento? Se tem algo de muito importante que um pastor, padre ou seja lá o que for, quer levar ao conhecimento de todos, porque a primeira coisa a fazer é colocar a informação à venda? Francamente!…

    Resposta
  • 31 de março de 2011 em 10:38
    Permalink

    Gente veja que relato mais afinco é lendo a Bíblia, passa por nossos olhos como um filme, histórias que são lindas e também tristes,basta crer nada mais crer, está ali relatos nunca visto em nossos tempos, e hoje não é mais proibido como antigamente, temos acesso a tudo livres, não morremos se lermos a Bíblia.

    Resposta
  • 29 de junho de 2011 em 3:03
    Permalink

    a melhor forma de ganhar dinheiro não é com religião não, é abrindo um buteco ou se tornando traficante.
    falar de Deus ou discutir religião so nos faz crescer, indepedente de dinheiro, ou credo todos nos temos escolhas e ate quem  escolhe não acreditar em nada, esta fazendo sua escolha.
    isso não faz um ser melhor ou pior que o outro , somente acredita em algo que o outro não.
    eu creio em deus e em jesus, e acredito em tudo que o menino falou.  isso so me fez reafirmar minha fé
    e quem não acredita , continue na sua caminhada e eu torço muito pra um dia deus tocar vcs como tocou a mim e a outras pessoas..

    Resposta
  • 16 de janeiro de 2012 em 18:47
    Permalink

    Na verdade eu tenho pena dessas pessoas encredulas por que elas não conhecerão o paraiso que o Senhor tem preparado para aqueles que o amam de verdade.

    Resposta
    • 26 de março de 2012 em 21:43
      Permalink

      Se vc não sabe porque está aqui e não sabe para onde vai quando a morte chegar.é melhor dizer nada mesmo.

      Resposta
  • 20 de janeiro de 2012 em 18:33
    Permalink

    incrivel, como a igreja catolica usa as crianças e oes incultos, depois criticam os islamicos de fanatismo,eu tambem, mas se isto nao e fanatismo e exploraçao infantil é o quê?
    e falo pk no Natal ofereceram o livro aminha filha, e então fiquei curioso e fui ler, nem comento o livro claro. Mas se a ideia era vender parabens aos autores desta ficçao pois condeguiram um enorme sucesso, Deixo é uma pergunta no ar:
    SERÁ QUE O MENINO NA GRANDE VIAGEM ENCONTROU ALGUM PADRE PEDÓFILO? OU DESCOBRIU MAIS ALGUM SEGREDO DE FÁTIMA?

    Resposta
    • 5 de março de 2016 em 16:40
      Permalink

      A paz de Jesus! Acho que vc não observou que não se trata de uma criança católica e sim filho de um Pastor evangélico. Mas fico feliz que nossos irmãos evangélicos estão tendo a experiência em viver a verdade dos dogmas da fé católica. E peço a graça ao meu amado Jesus que vc tenha um lindo encontro pessoal com Cristo. Somente a partir desde encontro vc compreenderá e viverá intensamente os mandamentos de Deus e beber da Fonte da palavra viva da sagrada escritura. Amar a Deus sobre todas as coisas e ao proximo como a ti mesmo. “QUEM NÃO TIVER PECADO QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA”. Porque amar um amigo e um ente querido é muito fácil. Mas amar e não julgar o próximo que pecou e não faz parte do nosso vínculo afetivo, essa sim é A prova de Deus. Quando tivermos o olhar de Deus não cometeremos mais injustiça e não julgarmos. Quantas vezes apontamos o pecado dos outros e ocultados o nosso. O dia que tivermos o olhar misericordioso de Deus, quando nós depararmos com uma situação como essa que vc sitou de pedofilia sentiremos claro uma tristeza sim, Mas a nossa misericórdia unida a misericórdia de Deus será a comunhão plena do amor de Deus é o que prevalecerá será o amor mesmo que seja por um irmão pecador. Temos o hábito mundano de apontar os erros, Mas é os acertos? Ninguém fala sobre Santo Gregorio que passou 15 anos dentro de uma caverna em Belém para traduzir a bíblia do grego e hebraico para o latim e se hoje temos as sagradas escrituras devemos a este Santo Católico que gastou sua vida para toda humanidade. Porque foi a partir dessas traduções que foi possível todos os países terem sua tradução. Ele nao escolheu uma classse para ter acesso a palavra de Deus, Somente praticou os mandamentos de Deus. Fico a imaginar uma pessoa isolada do mundo por 15 anos se dedicando integralmente a uma missão que lhe foi confiada. Ninguém procura estudar a fundo os dogmas da igreja católica. Se em pentecostes Jesus derramou seu espírito e prometeu que continuaria jorrando o espírito Santo até a sua vinda gloriosa, como não acreditar em seus discípulos. Se for analizar os primeiros discípulos de nosso irmão Jesus, A grande maioria foram pecadores e imperfeitos. Ex. Pedro negou Jesus 3 vezes e mesmo assim a misericórdia de Deus o alcançou. Enquanto Jesus estava em oração antes de ser crucificado ele pede aos seus discípulos que irem e vigiem, Mas Jesus ficou sozinho, todos dormiram. Até em seus milagres, seus discípulos faziam julgamentos e muitas vezes queriam impedir que os que pediam se aproximassem de Jesus. Mas Jesus o Mestre do amor, da humildade, o que não veio para ser servido, Mas para servir, ensinava da forma mais sublime e amorosa de como um filho de Deus precisa agir e sentir. Mas mesmo com todo pecado que Pedro foi capaz de cometer, Jesus acreditou que ele podia ser transformado e dando esse exemplo de perdão e amor nasceu um novo homem na vida de Pedro e Jesus confiou a sua igreja a este discípulo que depois morreu crucificado de cabeça para baixo, pois não achava digno de morrer como Jesus. Por isso os ensinamentos ensinamentos Jesus é digno do filho de Deus. Pois nos enviou o seu filho amado para nós salvar do meu e do seu pecado, nao importa se é um pecadinho qualquer ou um pecado mortal, basta que nos arrependemos, perdoemos, confessemos e comunguemos o corpo e o sangue do nosso Senhor Jesus Cristo. Jesus na sua ressurreição na última ceia instituiu a eucaristia. EIS O MEU CORPO E SANGUE. AQUELE QUE COMER DO MEU CORPO E BEBER DO MEU SANGUE, PERMANECERA EM MIM E EU NELE. Cada vez que eu estudo a igreja católica e as escrituras fico cada dia mais e mais apaixonada por Jesus e peço a meu bondoso Pai que me de a graça da perseverança, a graça da humildade e entendimento. Pois ele é claro quando diz: os que se exaltam serão e os que são humildes e humilhados serão exaltados. Por isso eu peço. SENHOR DAI-ME ESSA GRAÇA!

      Resposta
  • 1 de fevereiro de 2012 em 22:15
    Permalink

    O mais incrível é que se um macumbeiro, espirita,catolico ou qualquer membro de alguma religiao qualquer no mundo escreve um livro sobre uma esperiência que teve é considerado, ou pelo menos respeitado, mas se é evangelico .. é ladrão, não dá pra entender a mente do ser humano mesmo; As pessoas sempre criticando, mas quando estão com seu problemas: Preciso procurar uma igreja… vai entender!!!!

    Resposta
  • 18 de fevereiro de 2012 em 13:05
    Permalink

    Eu creio no que esta neste livro.
    Porq Deus usa quem ele quer e do jeito q ele bem desejar.
    Vc que não crê em Deus vai ver no fim dos tempos ,vai chorar amargamente vai clamar e Deus não vai te ouvir.
    A salvação é pra todos os que crêem em Jesus e o aceite como único e suficiente salvador de suas vidas.

    Resposta
  • 29 de fevereiro de 2012 em 22:44
    Permalink

    Devemos crer nos vivos que falam em nome de Deus e nos profetas da biblia por diz:

    (Lucas 16,31) Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.

    em (Isaias 55, 10-11) Porque, assim como desce a chuva e a neve dos céus, e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir, e brotar, e dar semente ao semeador, e pão ao que come,
    11 Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.

    por isso devemos crer jesus veio para nos avisar:
    (JOÃO 12,47) E se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo; porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo
    (JOÃO 12
    48) Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia.

    Resposta
  • 20 de abril de 2012 em 15:59
    Permalink

    so jesus salva ,ninguem neste mundo pode falar mau do que deus fez eu acredito em cada palavras que este garoto dis . amei sua historia ;deus da a cada um o que merece . se nao tem o que fazer nao faça comentario ,e nen abra esta sua bocona suja pra dizer porcaria sobre nos se quiser dizer diga sobre sua avo

    Resposta
  • 9 de abril de 2013 em 13:23
    Permalink

    Revivi novamente o testemunho de meu pai foi banhada em lagrimas que fui lá longe escutar meu pai no seu belo testemunho do tão desejado céu para a eternidade e de seus olhos brilhando dava vida a tão belo momento .anabela

    Resposta
  • 12 de julho de 2014 em 18:47
    Permalink

    Eu vi o filme vale a pena a história.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *