E-book deve avançar sobre mercado de livros didáticos

Publicado originalmente na Veja.

Distribuidora de obras digitais prevê participação de 25% em quatro anos

A venda de livros didáticos no formato eletrônico (e-book) ainda é considerada pequena, mas a expectativa é que esse segmento editorial também sofra uma grande transformação nos próximos quatro anos. Segundo relatório divulgado pela distribuidora de e-books Xplana, a participação de e-books nesse mercado deve chegar a 25% em 2015, nos Estados Unidos.

As grandes responsáveis pela aceleração devem ser as universidades. A velocidade com que essas instituições vêm adotando os e-books pode dobrar a venda de livros didáticos digitais nos próximos quatro anos. O tablet iPad também teria sua parcela de responsabilidade, incentivando o surgimento de editoras especializadas em educação via meios digitais, como a Inkling.

A pesquisa mostra ainda que 25% dos estudantes americanos afirmam preferir e-books a livros tradicionais. Atualmente, apenas 1,5% dos títulos universitários possuem versão eletrônica nos Estados Unidos.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

3 thoughts on “E-book deve avançar sobre mercado de livros didáticos

  • 18 de março de 2011 em 13:50
    Permalink

    Não sei se livros didáticos digitais favorecem o estudo. Até pouco tempo atrás, eu era totalmente contra qualquer tipo de marcação em livros, mas desde que comecei a me esforçar para sublinhar, fazer marcas, adotar o estilo do “quanto mais feio, melhor”, meu cérebro foi grandemente favorecido e as informações foram fixadas com mais facilidade.
    Para minha forma de estudo um e-book não ajudaria.

    Resposta
    • 18 de março de 2011 em 16:12
      Permalink

      Olá Letícia, sabia que já é possível fazer marcações nos e-books, e com muito mais espaço do que “o cantinho da borda do texto” do livro impresso? Além disso, o sistema de busca dos livros digitais facilita muito na hora de fazer uma pesquisa pelos itens estudados. Sem contar que, em vez de ter de carregar 10 livros de temas variados para seu local de estudo, você só levaria um levíssimo e-reader, sem danos físicos para seu corpo.
      Continuo sendo um amante do livro físico, impresso, com cheiro e textura, mas o livro didático em formato digital é, sem dúvida nenhuma, a solução de muito de nossos problemas de estudo.

      Abs,

      Vinícius

      Resposta
      • 18 de março de 2011 em 20:07
        Permalink

        Oi Vinícius, sei da possibilidade sim, mas mesmo assim o que me faz preferir os livros físicos é o contato mais “real”, riscar com a caneta mesmo.
        Concordo, no entanto, que é bem melhor carregar um tablet a carregar 10 livros. A coluna agradece.

        Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *