Thor Batista: “Nunca li um livro inteiro”

Originalmente publicado na Veja Rio.

Thor e seu novo Aston Martin, de 1,3 milhão de reais: paixão por automóveis e pela forma física

Com nome de divindade nórdica e herdeiro de uma fortuna estimada em 30 bilhões de dólares, Thor de Oliveira Fuhrken Batista não é um jovem comum. Primogênito do oitavo homem mais rico do mundo e da eterna rainha do Carnaval, o ex-casal Eike Batista e Luma de Oliveira, o garotão de 19 anos vive em um mundo mais próximo do fantástico reino de Asgard, das lendas escandinavas, do que da planície carioca. Amante da velocidade, tem na garagem um Aston Martin DBS, comprado há um mês por 1,3 milhão de reais. Quando quer badalar nas boates descoladas de São Paulo, embarca em um dos três aviões da frota familiar, entre eles um Gulfstream, capaz de ir até a Europa sem ser reabastecido. Gasta alguns milhares de reais numa noitada e volta para dormir no conforto da mansão onde mora, no Jardim Botânico. Ali, dispõe de facilidades como quadra de tênis oficial, sala de cinema e academia de ginástica. Assim como o deus do trovão, o Thor de carne, osso e músculos cultua a força física e exibe bíceps com 45 centímetros de diâmetro, esculpidos em uma hora e meia diária de malhação. Tal silhueta — e o patrimônio do pai — lhe garante a simpatia das mulheres. Com tantos prazeres ao alcance de um celular, o rapaz poderia simplesmente circular pelo planeta, frequentando os melhores hotéis, restaurantes e festas. Mas ele quer mais.

O universo por onde Thor gravita é, de fato, um mundo paralelo, onde a lógica tradicional se encontra em suspenso. Sua estreia à frente dos negócios acontece antes mesmo de ele ter concluído o curso superior — a matrícula no 1º ano de economia do Ibmec foi trancada porque ele achou o ritmo muito puxado. Apesar de ser fluente em inglês e alemão e ter estudado em uma das escolas mais tradicionais do Rio, valeu-se de um supletivo para concluir o ensino médio. Ler, definitivamente, não está entre suas preferências. Gosta apenas de textos sobre carros e fisiculturismo. Costuma se informar sobre negócios em um caríssimo serviço on-line fornecido pela agência americana Bloomberg, ao custo de 5 000 dólares mensais. Algo além disso, nem pensar. “Nunca li um livro inteiro”, admite. “Na época da escola, copiava os resumos da internet para fazer as provas.” No entanto, geralmente diz que a falta de aplicação nos estudos é compensada por um aguçado tino para investimentos. “Comprei o Aston Martin com o dinheiro que ganhei na bolsa”, afirma.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

34 thoughts on “Thor Batista: “Nunca li um livro inteiro”

  • 3 de junho de 2011 em 13:14
    Permalink

    Cara, nunca vi tamanho desprezo pela cultura… e o pior é que esse modelo de comportamento é vendido e propagado por muitos veículos de “informação”…

    Resposta
  • 3 de junho de 2011 em 13:24
    Permalink

    Ridículo ele falar com orgulho que nunca leu um livro inteiro, como quem diz: não preciso, sou bilionário e isso nunca vai acabar… tanto faz eu ler ou não, estudar ou não, meu dinheiro me garante.
    Não sei se sinto mais pena ou desprezo.
    Lamentável

    Resposta
  • 3 de junho de 2011 em 13:31
    Permalink

    E o pai deve achar isso lindo e aplaudir de pé…Meu pai que é pobre nunca me deixou fazer supletivo, mesmo eu precisando. Rico e burro, se fosse pobre já estaria no tráfico, tamanha falta de instrução. 

    Resposta
  • 3 de junho de 2011 em 18:08
    Permalink

    Triste, porém, verdadeiro.
    Infelizmente, na vida real é assim que acontece. Muitos mostram o que tem e humilha a quem não tem. Expõe suas riquezas ao mundo por apreço exagerado a si mesmo. Em determinadas ocasiões chega a abusar da sorte que Deus lhe deu. 
    Assim falava minha Bisavó, Quem pode, pode, quem não pode… se sacode.

    Resposta
    • 22 de julho de 2011 em 0:58
      Permalink

      Cala a boca! Onde ele ta humilhando quem não tem? Quem disse que ele é obrigado a fazer doações (e pra surpresas de muitos, o pai dele faz muitas doações, vao se informar), quem disse que ele ou nós somos obrigados a sermos cultos? Qual o propósito da vida? Quem disse que somos obrigados a sermos um modelo? Falsos moralistas, um bando de invejosos, acham que para viver precisa seguir um certo padrão. Pobre coitado são vocês que não tem dinheiro para comprar nada, e vem falar que dinheiro não é tudo, mas rezam todas as noites para o papai do céu ajudar na loteria. Um bando de invejosos, um bando de infelizes. Tenho pena de vocês. 

      Resposta
  • 3 de junho de 2011 em 19:53
    Permalink

    Cada cabeça uma sentença.

    Resposta
  • 4 de junho de 2011 em 20:15
    Permalink

    Tudo tem um tempo. Meu pai dizia o seguinte sobre os herdeiros: O Pais constroi; os filhos destroi !!! Simples assim…(…um pobre coitado…)

    Resposta
  • 8 de junho de 2011 em 15:50
    Permalink

    Pena. E nem vou dizer no caso que Deus dá asas a quem não sabe voar porque no caso desse pobre menino se utiliza aviões para tanto. Pena. Ele vai passar sua vida em branco pois terá dinheiro a disposição para tudo o que quiser e não saberá o prazer de poder ler um livro comprado com o dinheirinho suado e conseguido através de um trabalho de verdade. Pena é o que consigo sentir por alguém que indiferente ao que escrevo seguirá em sua vida plástica e insípida sem nunca entender o prazer de ser alguém que sente prazer em ler um livro e construir uma História mais rica.

    Resposta
  • 8 de junho de 2011 em 18:36
    Permalink

    Esses tipos de pessoas não são dignas nem de pena. Esse tem orgulho de dizer: “Eu sou burro, mas sou rico”. Imagino os tipos de amizades interesseiras dele.

    Resposta
  • 8 de junho de 2011 em 19:12
    Permalink

    Sinceramente… Se ele ouvisse “Só Deus pode me julgar” do MV Bill talvez ele soubesse o que é a vida de verdade, e saber que não é um conto de fadas.

    Resposta
  • 15 de julho de 2011 em 18:40
    Permalink

    Po o rapaz tem 19 anos, muito jovem que frequentam a mesma balada que ele, lá no Rio e aqui em são paulo curtem a noite seja ela na 4a ou 5a feira ou de finais de semana (bebe, curte, dança, paquera) e no outro dia fica descansando em casa, a diferença é que ele descansa na “Mansão” ora bolas, fruto do trabalho do pai dele… Voce fazem e fizeram esse tipo de reportagem pra denegrir a imagem do garoto, se ele tem condições tem de ter mesmo um carro bom, tem de usar roupas boas (isso faz bem ao jovem) e muitos adultos, tneho certeza que 99% da população se tivesse 1% dq o pai dele tem iriam ter o mesmo que ele tem… Voce nao procuram saber por detras (as doações que ele e o pai fazem) q nao sao poucas… Não procuram saber que a vida dele por muito tempo foi conturbada e agitada devido agenda dos pais, talvez por isso nao conseguir ir bem na escola e ter feito um supletivo… Em tempos atras estava no Rio e pude conversar com ele em dois locais distintos que o encontrei com sua namorada, o rapaz é muito gentil e educado, foi super simpatico, parem de pegar no pé do rapaz, ele tem apenas 19 anos e tem mais qualidades q “defeitos”… Alias, uma entrevista toda certinha nao daria ibope e nao venderia revista.

    Se benze Thor, mas continue como voce é, um cara geração saude, simpatico e humilde, felicidades…

    Resposta
  • 21 de julho de 2011 em 23:18
    Permalink

    Ah tá. Legal.. o cara gasta num dia o que vou levar uma vida(quem sabe né?!) pra ganhar.. Se ele soubesse o que é trabalho.. ahauahua

    Resposta
  • 22 de julho de 2011 em 0:09
    Permalink

    Assino em baixo com o que o Lucas (1º comentário) falou! E já somando ao que a colega disse: ela fazendo doutorado pra ganhar o que ele gasta na balada. Então pra que se preocupar com nada! Eu faria o mesmo: Escupiria meu corpo e colecionava luxo! 

    Resposta
  • 22 de julho de 2011 em 0:23
    Permalink

    NOSSA, BÍCEPS COM 45CM DE DIÂMETRO???Mas nem se juntarmos o Coleman e o Arnold. Vamos calcular a circunferência então:

    C = π DCircunferência = 3,141592 * 45cmCircunferência = 141cm (de braço).Não vou considerar o modo de falar “Bíceps” ao invés de “Braço” (ninguém mede só o Bíceps.)Isso é uma crítica para quem escreveu a matéria. Vocês queriam que o garoto tivesse a vidinha medíocre que vocês tem? Não tenho dúvidas de que isso é inveja. Daqui a pouco esse garoto estará fazendo mais dinheiro que o pai. sabem por que? Porque não medo de correr risco. É por isso que vocês trabalham para os outros, pela segurança do seu pãozinho com manteiga no final do mês. Vão morrer dependendo do FGTS, e passar a vida invejando os ricos. 

    Resposta
  • 22 de julho de 2011 em 13:47
    Permalink

    Há uma diferença entre cultura e inteligência, cultura ele
    não tem porque não quer, mas tem inteligência.
    Há inteligência voltada para os negócios, cada um tem a sua.
    Sorte a dele ter esse tipo de inteligência aliada ao pai que ele tem.
    Eu diria que se fosse pobre seria um camelô muito bem sucedido.
    Ou não…

    Resposta
  • 22 de julho de 2011 em 13:54
    Permalink

    Há uma diferença entre cultura e inteligência, cultura ele
    não tem porque não quer, mas tem inteligência. Tem inteligência voltada para os
    negócios, cada um tem a sua. Sorte a de ele ter esse tipo de inteligência
    aliada ao pai que ele tem. Se fosse pobre seria um camelô muito bem sucedido.

    Resposta
  • 22 de julho de 2011 em 13:58
    Permalink

    Há uma diferença entre cultura e inteligência, cultura ele
    não tem porque não quer, mas tem inteligência.
    Há inteligência voltada para os negócios, cada um tem a sua.
    Sorte a dele ter esse tipo de inteligência aliada ao pai que ele tem.
    Eu diria que se fosse pobre seria um camelô muito bem sucedido.
    Ou não…

    Resposta
  • 1 de outubro de 2011 em 0:32
    Permalink

    Booom, eu não o conheço então não posso falar mal ou bem dele. Claro, fico triste por ele não gostar de ler, já que sou amante de leitura, mas parece que para investir ele tem sim inteligência. Desejo tudo de bom.

    Resposta
  • 13 de outubro de 2011 em 17:32
    Permalink

    Rum hum unh, povo besta, invejinha em?
    Eu com uma vida garantida assim, faria pior!
    Me impressiona como as pessoas se importam tanto em criticar a vida dos outros em vez de dar um jeito na sua!

    Resposta
    • 25 de janeiro de 2012 em 23:13
      Permalink

      é claaro , ate parece que se tivessem um pai bilionario se iriam estudar , a verdade é que eles morrem de inveja do Thor por não precisar de estudar e correr atrás , e se tivessem o msmo dinheiro que ele duvidam se iriam estudar ou se ao menos iriam tocar em um livro , e não estudam por amor e vontade de ser alguém , estudam porque precisam , essa é a verdade .

      Resposta
  • 31 de outubro de 2011 em 21:40
    Permalink

    Dinheiro, malhacao e mulheres, quem nao gostaria disso? ainda mais com 19 anos… falsos moralistas… deixa o muleque aproveitar a vida!!! … só de imaginar, vejo as grandes dificuldades que deve existir em ter uma vida dessas…. viver cercado de lambe botas interesseiros, seguranças particulares, marias-gasolinas na marcacao cerrada, problemas com a separacao dos pais e blogueiros q só sabem falar mal de pessoas que nem conhecem… mas o pior de tudo…. ter q viver a sombra de um pai extremamente bem-sucedido… pensando bem, nao é mar de rosas ter uma vida dessas… quem sabe eu trocasse 1 mes da minha vida com a dele, quem sabe 2 meses, heheh…. 3 ?

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2011 em 13:09
    Permalink

    Lixo de gente produzida pelo capitalismo

    Resposta
  • 23 de dezembro de 2011 em 1:18
    Permalink

    É o mundo em que vivemos: Bilhões passando fome e necessidades e algumas centenas vivendo um conto de fadas.
    Pouco me interessa comentar sobre pessoas em especial.

    Resposta
  • 29 de dezembro de 2011 em 21:42
    Permalink

    Affs supletivo é tenso hem?! Não deve saber nem tabuada. Erro de ortografia então, nem se fala… em um texto dele deve ser mais fácil dar visto nos acertos do que os erros… Como diz o ditado:

    “Tem gente que ganha tanto, mas TANTO… que só tem dinheiro.”

    Resposta
  • 1 de fevereiro de 2012 em 0:27
    Permalink

    O que tem de invejosos nesse planeta é brincadeira. O cara tem mais que aproveitar a vida que Deus o deu, quem não queria ta no lugar dele? E quem disse que é obrigado ler livro?

    Resposta
  • 18 de março de 2012 em 23:07
    Permalink

    sou pobre e continuo nao lendo livro kk

    Resposta
  • 19 de março de 2012 em 23:11
    Permalink

    tadinho do thor…lindo,rico…ai eike…vc e a luma hein…olha o que fizeram com este rapaz…nunca leu um livro inteiro mas tem carros que custam o olho da cara de vcs…que pena…Ai ele…lindo,rico e oco, usa seus brinquedinhos de milhões de reais pra matar brasileiros que lutam pra ter seu lugar ao sol…sou a favor de as pessoas terem e terem e terem mais ainda e muito terem…eu prefiro SER do que TER…meus pêsames a família do trabalhador morto e minhas lamentações aos senhores EIKE BATISTA E LUMA DE OLIVEIRA…e a vc Thor que é fruto da ausência de seus pais…

    Resposta
  • 7 de abril de 2012 em 16:43
    Permalink

    quem precisa ir a escola se e herdeiro de bilhoes de dolares a vida ensina

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *