“De cada cinco textos atribuídos a mim na internet, ao menos quatro não fui eu que escrevi”, diz Verissimo à revista “Playboy”

Publicado originalmente no UOL

Luis Fernando Verissimo é fotografado durante entrevista para a "Playboy" de dezembro

Luis Fernando Verissimo afirma que de cada cinco textos atribuídos a ele na internet, ao menos quatro não foi ele que escreveu. O escritor faz essa e outras declarações em entrevista à revista “Playboy” de dezembro. Aparentemente “dono” de quatro contas no Twitter, ele garante que nenhuma delas é verdadeira e que não está em nenhuma das redes sociais que ultimamente são febre entre os brasileiros.

Famoso por suas crônicas de humor, Verissimo afirma que vê as novas tecnologias como fatores que impulsionam o sucesso da nova geração de escritores e humoristas, mas diz não aprovar o vale-tudo no humor. “Mas o que não vale deve ser uma decisão pessoal. E o leitor ou espectador tem sempre a opção de não ler ou não ver aquilo que o ofende”, afirma.

Verissimo conta que escreve para três grandes jornais do país e muitas vezes discorda da postura política desses veículos. “O politicamente correto acabou com certos estereótipos, mas não podemos chegar ao ponto de chamar anão de ‘cidadão verticalmente prejudicado’”, argumenta.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

One thought on ““De cada cinco textos atribuídos a mim na internet, ao menos quatro não fui eu que escrevi”, diz Verissimo à revista “Playboy”

  • 6 de dezembro de 2011 em 17:37
    Permalink

    Eu já quis postar frases minha em nome dele só pra ver até onde ia chegar. HAHAHA

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *