Como ensinar a seu filho que ler é um prazer

Publicado: Educar para crescer

Dicas para incentivar seu filho a ler todos os dias e, assim, ter amor pelos livros

Pesquisas mostram que quanto mais cedo se começa ler maiores são chances de se tornar um leitor assíduo

Pesquisas do mundo todo mostram que a criança que lê e tem contato com a literatura desde cedo, principalmente se for com o acompanhamento dos pais, é beneficiada em diversos sentidos: ela aprende melhor, pronuncia melhor as palavras e se comunica melhor de forma geral. “Por meio da leitura, a criança desenvolve a criatividade, a imaginação e adquire cultura, conhecimentos e valores”, diz Márcia Tim, professora de literatura do Colégio Augusto Laranja, de São Paulo (SP).

A leitura frequente ajuda a criar familiaridade com o mundo da escrita. A proximidade com o mundo da escrita, por sua vez, facilita a alfabetização e ajuda em todas as disciplinas, já que o principal suporte para o aprendizado na escola é o livro didático. Ler também é importante porque ajuda a fixar a grafia correta das palavras.

Quem é acostumado à leitura desde bebezinho se torna muito mais preparado para os estudos, para o trabalho e para a vida. Isso quer dizer que o contato com os livros pode mudar o futuro dos seus filhos. Parece exagero? Nos Estados Unidos, por exemplo, a Fundação Nacional de Leitura Infantil (National Children’s Reading Foundation) garante que, para a criança de 0 a 5 anos, cada ano ouvindo historinhas e folheando livros equivale a 50 mil dólares a mais na sua futura renda.

Então, o que está esperando? Veja nossas recomendações e estimule seu filho a embarcar na aventura que só o bom leitor conhece. Você pode encontrar boas dicas de livros em nossa biblioteca básica de leitura!

Foto: Dennis M. Ochsner / Getty Images
Dica da Cris Guimarães

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

2 thoughts on “Como ensinar a seu filho que ler é um prazer

  • 9 de janeiro de 2012 em 20:34
    Permalink

    Incentive seu filho à leitura! Livros da editora “Fundamento” e “Rocco”, com histórias infanto-juvenis são ótimas para a criançada entre 12 e 15 anos. HQ’s, Mangás, Revistas, enfim, todo o tipo de literatura é valida. Afinal, literatura é amor!

    Abraço!

    Resposta
  • 10 de janeiro de 2012 em 16:42
    Permalink

    Hoje eles nascem já mexendo em celular e computador!
    Nãooo podeee! Temos que comprar livrinhos para banho, para comer, para dormir rsrs todos os tipos!
    Incentivar por essa causa, é ótimo!!!! Até Gibi da Monica é válido rs, minha infância foi contos da Disney e Gibis =)

    beijãozão, ótimo post!*

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *