Concurso Cultural Literário (14)

as montanhas tambem falam 2013-04-05.indd

Dez anos depois do aclamado O caçador de pipas (que ganha agora edição comemorativa pela Globo Livros), o escritor afegão Khaled Hosseini volta à cena literária com O silêncio das montanhas. O romance, que chega às livrarias em 21 de maio, traz como protagonistas os irmãos Pari e Abdullah, que moram em uma aldeia distante de Cabul, são órfãos de mãe e têm uma forte ligação desde pequenos. Assim como a fábula que abre o livro, as crianças são separadas, marcando o destino de vários personagens.

Paralelamente à trama principal, Hosseini narra a história de diversas pessoas que, de alguma forma, se relacionam com os irmãos e sua família, sobre como cuidam uns dos outros e a forma como as escolhas que fazem ressoam através de gerações. Assim como em O caçador de pipas, o autor explora as maneiras como os membros sacrificam-se uns pelos outros, e muitas vezes são surpreendidos pelas ações de pessoas próximas nos momentos mais importantes.

Segundo o próprio Hosseini, o novo título “fala não somente sobre a minha própria experiência como alguém que viveu no exílio, mas também sobre a experiência de pessoas que eu conheci, especialmente os refugiados que voltaram ao Afeganistão e sobre cujas vidas tentei falar tanto como escritor quanto como representante da Organização das Nações Unidas. Espero que os leitores consigam amar os personagens de O silêncio das montanhas tanto quanto eu os amo”.

Seguindo os personagens, mediante suas escolhas e amores pelo mundo – de Cabul a Paris, de São Francisco à Grécia –, a história se expande, tornando-se emocionante, complexa e poderosa. É um livro sobre vidas partidas, inocências perdidas e sobre o amor em uma família que tenta se reencontrar.

“Dizem que a gente deve encontrar um propósito na vida e viver este propósito. Mas, às vezes, só depois de termos vivido reconhecemos que a vida teve um propósito, e talvez um que nunca se teve em mente” (trecho do livro)

Para participar desta nova edição do concurso cultural basta responder na área de comentários qual você considera ser o maior propósito de sua vida.

Três internautas vão enriquecer a biblioteca com um exemplar de O silêncio das montanhas, novo sucesso de Khaled Hosseini, autor do best-seller “O caçador de pipas”.

O resultado será divulgado dia 3/10 às 17h30 neste post e no perfil @livrosepessoas.

Lembrete: Se você for participar pelo Facebook, por gentileza deixe um e-mail de contato.

Boa sorte! 🙂

***
Parabéns aos ganhadores: João Paulo Brito, Paulo Gilmar Borges Guimarães e Ranniery A. Marques
Enviar seus dados completos para [email protected] em até 48hs.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

42 thoughts on “Concurso Cultural Literário (14)

  • 6 de setembro de 2013 em 1:32
    Permalink

    Quero ser feliz. Não posso ser feliz enquanto sei que existem tantas pessoas infelizes. Também não posso fazer todas as pessoas felizes. Meu maior propósito na vida é tentar desbloquear os caminhos que levam à felicidade universal.

    Resposta
  • 6 de setembro de 2013 em 8:54
    Permalink

    O maior propósito da minha vida é compartilhar com o próximo as maravilhas que tenho descoberto em minha caminhada com o Senhor Jesus Cristo, pois Ele ensinou-me que o valor vida não tem preço.

    Resposta
  • 6 de setembro de 2013 em 8:56
    Permalink

    O maior propósito da minha vida é compartilhar com o próximo as maravilhas que tenho descoberto em minha caminhada com o Senhor Jesus Cristo, pois Ele ensinou-me que o valor da vida não tem preço.

    Resposta
  • 6 de setembro de 2013 em 9:38
    Permalink

    O maior propósito da minha vida é propiciar um lar de muito amor, respeito, disciplina e muitos livros para meus filhos!

    Resposta
  • 6 de setembro de 2013 em 13:02
    Permalink

    Tenho muitos propósitos na minha vida, mas o maior propósito que tenho e tenho buscado através da oração, é que minha família se renda aos pés do Senhor Jesus Cristo, aceitando-o como Senhor e Salvador de suas vidas. O Senhor tem buscado alguns para Sua honra e glória, mas ainda falta gente. E vamos que vamos e Ele, com certeza está ouvindo as orações.

    Resposta
  • 6 de setembro de 2013 em 15:33
    Permalink

    O maior propósito da minha vida é tentar ser feliz e fazer os outros que me rodeiam serem felizes. 🙂
    Bjs
    adriana

    Resposta
  • 6 de setembro de 2013 em 16:08
    Permalink

    .. o prósito da minha vida é tentar ajudar e não julgar os outros. Tentar emanar bons fluídos para as pessoas que passam em minha vida e tentar evoluir como ser humano.

    Resposta
  • 6 de setembro de 2013 em 17:46
    Permalink

    O maior propósito da minha vida tem sido o de ser um vitral da Catedral de Deus, de forma a me deixar ser lapidado e trabalhado por Ele para levar alguma “cor” para a vida daqueles que me cercam.

    Resposta
  • 6 de setembro de 2013 em 21:09
    Permalink

    O maior propósito da minha vida é seguir a verdade e a sabedoria.

    Resposta
  • 6 de setembro de 2013 em 22:20
    Permalink

    Considero ser o maior propósito da minha vida, a determinação e entendimento em ter compaixão pelo outro ; ajudar ,amar ,querer bem. Para que se possa atingir a verdadeira sabedoria – a Verdade Única. Podemos ser usados no dia-a-dia, mais antes que eu nascesse, Deus já havia planejado este exato momento em minha vida; agradeço a Deus o privilégio de compartilhá-las com você

    Resposta
  • 6 de setembro de 2013 em 23:29
    Permalink

    O Maior propósito da minha vida, é saber que a vida não acaba amanhã e querer lutar e correr atrás do que mais quero conquistar ! Dentro desse propósito o sucesso ou fracasso dependente da minha medição de qualidade e do meu interesse e a compaixão para com os que estão ao meu redor. Revelamos o nosso coração no modo como ouvimos uma criança falar com a pessoa que entrega a correspondência ,de suportar uma ferida que nos foi infligida e de repartir nosso recursos com o indigente .

    Twitter: | @Samela_Lays *Sorte pra mim, sorte pra todos*

    Resposta
  • 7 de setembro de 2013 em 13:21
    Permalink

    Tenho vários propósitos, mas acho que o maior propósito da minha vida é ser feliz escrevendo, publicar um livro e mostrar ao mundo o poder de uma estória bem contada. Sentir bem comigo mesma. O meu maior propósito é ser escritora.

    Resposta
  • 7 de setembro de 2013 em 15:48
    Permalink

    O propósito da minha vida é conhecer o maior número de lugares e pessoas possíveis, fazer alguma diferença no mundo e fazer a vida valer a pena. Enquanto eu não posso realmente fazer tudo isso, eu me contento em fazê-lo através da leitura, que sempre nos proporciona uma “viagem” e um conhecimento a mais, o que faz a vida valer a pena, e como livros mudam as pessoas, é a minha forma de fazer do mundo um lugar melhor, a começar por mim e pelas pessoas ao meu redor.

    [email protected]

    Resposta
  • 7 de setembro de 2013 em 21:21
    Permalink

    O maior propósito da minha vida é viver o hoje, e não o ontem, nem o amanhã. Meu maior propósito é poder a cada dia aprender e apreender coisas novas.

    Resposta
  • 8 de setembro de 2013 em 8:45
    Permalink

    O maior propósito da minha vida é o amor. Em todas as suas vertentes.

    Resposta
  • 8 de setembro de 2013 em 18:30
    Permalink

    O maior propósito da minha vida é simplesmente ser feliz. Pode parecer pretensão mas considero um objetivo tão válido quanto qualquer outro e não tão simples como pode parecer. Muito embora a felicidade esteja ao alcance de todos (pelo menos eu acho que sim), é bem mais complicado chegar a ela do que pode parecer, é preciso esperança e determinação; saber fazer escolhas então é essencial, mas o mais importante é estar disposto a construir o sonho no dia-a-dia. seja ele qual for.

    Resposta
  • 9 de setembro de 2013 em 0:05
    Permalink

    Acredito que seja o de viver em função do próximo, exercitando os ensinos do Mestre!

    Resposta
  • 9 de setembro de 2013 em 9:02
    Permalink

    O maior propósito da minha vida é ser útil na obra de Deus, juntamente com minha família

    Resposta
  • 9 de setembro de 2013 em 20:32
    Permalink

    Acho que meu maior propósito é “ensinar meus filhos o caminho que leva a Deus…” nada me faz mais feliz que vê-los bem, felizes e realizados!

    Resposta
  • 10 de setembro de 2013 em 8:41
    Permalink

    Meu maior propósito de vida é o encontro comigo mesma. Compreender quem sou, por que estou aqui. Qual meu papel na sociedade, qual minha missão. E aprender a desempenhar o melhor que puder. Corrigir meus erros, vigiar minhas faltas, refazer sempre que necessário. Mudar de rota, se preciso, ajustar meu caminho com os ensinamentos cristãos que recebi. Lidar com o outro, enxergando-o como irmão, com virtudes e defeitos. Melhorar cada vez mais como pessoa, distribuir simpatia e boa dose de amor às pessoas que convivem comigo. Acreditar em mim e na força superior que mora aqui dentro, sabendo que sou capaz de ir cada vez mais longe.

    Resposta
  • 10 de setembro de 2013 em 18:45
    Permalink

    Servir. Porque acredito que servindo aos outros vou receber todas as recompensas em troca disto.

    Resposta
  • 12 de setembro de 2013 em 0:39
    Permalink

    O maior propósito de minha vida é apenas viver. E faze-lo da melhor forna possível. Nao desperdiçar momentos, amar, permitir ser amado, viajar, se divertir e principalmente ser feliz fazendo os outros felizes… o meu desejo é que no final dela, eu possa fazer uma retrospectiva e ter certeza de que meu proposito de SER FELIZ foi cumprido.

    Resposta
  • 12 de setembro de 2013 em 13:07
    Permalink

    Meu maior propósito é não desistir nunca de pelo menos tentar ter sabedoria. Sabedoria para reconhecer e fazer as escolhas certas. Para desfrutar saudavelmente de todos os bens que o viver pode me proporcionar. Sabedoria para amar certo, sempre e sem medida. Sabedoria que me permita tocar o coração das pessoas e identificar nelas os laços que podem, se eu deixar, unir o mundo.

    Resposta
  • 12 de setembro de 2013 em 13:33
    Permalink

    Meu maior propósito da vida é nunca deixar de sonhar.

    Resposta
  • 13 de setembro de 2013 em 17:37
    Permalink

    Acho que sempre penso nisso, qual será a resposta dessa pergunta, qual é o meu maior proposito da minha vida, acho que é ser uma mãe muito boa que zela o tempo inteiro por seus filhos, abandonei minha vida inteira por eles desisti de ser outras coisas, de viver meus sonhos por eles, por que eles eram meus sonhos, não me arrependo de tudo que larguei, vivo o meu melhor e vou seguindo o proposito que sempre tive, ser mãe é isso.

    Resposta
  • 16 de setembro de 2013 em 8:50
    Permalink

    O maior propósito da minha vida é a realização plena do meu ser, é poder descobrir a felicidade nos gestos mais simples da vida, encontrar a paz e o amor!!!

    Resposta
  • 20 de setembro de 2013 em 9:13
    Permalink

    O meu maior proposito é cumprir com os propósitos de Deus para a minha vida: ama-Lo, adora-Lo e servi-Lo em conformidade com a Sua Palavra.

    Resposta
  • 20 de setembro de 2013 em 22:55
    Permalink

    Afinal, para que viver? E a cada momento que passa percebo que vivemos para aprender um jeito de fazer essa vida valer a pena. No final da caminhada poder dizer: valeu cada instante!
    Sim, este é meu propósito maior.

    Resposta
  • 21 de setembro de 2013 em 12:14
    Permalink

    O silencio sempre nos ensina, principalmente o limite das palavras.

    Resposta
  • 21 de setembro de 2013 em 13:35
    Permalink

    o propósito na minha vida é ter foco, força e fé.

    Resposta
  • 25 de setembro de 2013 em 17:36
    Permalink

    Meu maior propósito de vida é incentivar bons valores e gestos de amor nas coisas triviais do dia-a-dia com minhas atitudes, até porque meu filho não aprenderá de ouvir, mas de sentir e de ver. E dessa vida só quero deixar coragem e saudades aos que lembrarem de cada decisão e detalhe que optei/vivi.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2013 em 23:31
    Permalink

    Meu maior propósito de vida é ser semelhante a Jesus. Assim, tendo coração disponível para ser aperfeiçoada nEle coopero com o Propósito Eterno de Deus:Homens e Mulheres conforme a imagem de Jesus para a glória de Deus Pai.
    [email protected]

    Resposta
  • 28 de setembro de 2013 em 0:04
    Permalink

    Meu propósito é realizar os propósitos das pessoas da minha família. Se eles estão felizes, então eu também estou, simples assim.

    Resposta
  • 30 de setembro de 2013 em 21:38
    Permalink

    O maior propósito da minha vida não é o popular clichê vim pra deixar minha marca e sim vim para construir minha história independente do enredo que eu resolva seguir, ou seja, meu maior propósito é viver minha vida do meu jeito e ser feliz dessa maneira.

    Resposta
  • 2 de outubro de 2013 em 15:19
    Permalink

    Acho que o propósito da minha vida é simplesmente vivê-la. Não acho que vivemos em busca de algum princípio ou uma razão específica, vivemos porque vivemos. E a única coisa que nos resta é aproveitar a vida o máximo possível.

    Resposta
  • 2 de outubro de 2013 em 15:34
    Permalink

    Fazer as pessoas ao meu redor sempre rirem de verdade,
    Praticar a humildade,
    Aprender a amar com intensidade,
    E ter um amor que preze a lealdade. ♥

    Resposta
  • 2 de outubro de 2013 em 23:17
    Permalink

    Elogiar algo ou alguém uma vez ao dia, nunca perder o desejo de aprender, ser mais humilde, amar profundamente, julgar menos, solidarizar mais e, literalmente, fazer o bem sem olhar a quem. Quero que nos meus últimos instantes, eu possa fechar os olhos tendo a absoluta certeza de que eu fui o melhor ser humano que eu poderia ter sido.

    Resposta
  • 3 de outubro de 2013 em 15:31
    Permalink

    Nos últimos anos tornou-se comum pra mim, ao acordar, pensar em um motivo bom o suficiente para levantar da cama. Um propósito, por que não dizer? Um convincente o suficiente para me fazer largar a minha ‘’preguiça de viver’’ e encarar mais um dia.
    Dito isso, posso dizer que vivi muitos dias pela simples obrigação de viver. Alguns foram vividos com o contentamento da ignorância. Afinal, a vida é o bem mais precioso que tenho, e sendo assim, por que desperdiça-la pensando em propósitos que estão além do meu controle?! Mas não há um dia em que, após convencer a mim mesma a levantar da cama e encarar o que quer que me espere lá fora, eu não deseje fazer a diferença. Por mais piegas que pareça, no fim das contas acho que é apenas isso: fazer a diferença. Dispenso aquele flashback que dizem passar por nossos olhos ao nos depararmos com a morte. Prefiro, ao dar meu último suspiro, poder pensar em todas as pessoas que eu tive a oportunidade de ajudar ao longo da vida. E quero pensar que fiz tudo ao meu alcance para cumprir ao menos esse propósito. Afinal, eu tenho muitos, e escolher apenas um que me guia por uma vida inteira já se tornou impossível pra mim.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *