Chinesas prendem cabelos ao teto para evitar cochilo durante o estudo

Técnica usada por uma estudante se espalhou pela principal rede social do país

Chinesa usa prendedor de roupa para segurar os cabelos enquanto estuda Reprodução / Internet Weibo
Chinesa usa prendedor de roupa para segurar os cabelos enquanto estuda Reprodução / Internet Weibo

Publicado em O Globo

RIO – Estudantes chinesas aderiram a uma inusitada maneira de garantir que ficarão acordadas durante os estudos: usar prendedores de roupa para segurar os cabelos. O método evitaria qualquer cochilo sobre os livros e ganhou a principal rede social do país, Weibo. Várias estudantes já postaram fotos utilizando a técnica.

O recurso começou a fazer sucesso depois que Chen Tang, de 20 anos, postou uma foto fazendo o uso da técnica. A ideia foi concebida junto a sua companheira de quarto Huang Lu, de 21 anos. As duas estudam numa universidade da província de Fujian, situada no sudeste da China.

Segundo o jornal britânico “Daily Mail”, elas já haviam apelado para o uso de cafeína e ligar o ar-condicionado para espantar o sono, mas não havia dado certo. Então, resolveram pesquisar sobre antigos estudiosos chineses que adotavam métodos extremos para não perder a atenção. Entre os exemplos encontrados estava o uso de agulhas para espetar alguém que dormisse ou amarrar o cabelo a uma viga no teto. Esta última foi adaptada com o prendedor.

Chen garantiu que a técnica traz bons resultados: “Os estudos são tão cansativos, que a prática do cabelo pendurado o torna mais interessante e eu realmente me sinto muito mais disposta desta forma”.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

3 thoughts on “Chinesas prendem cabelos ao teto para evitar cochilo durante o estudo

  • 25 de fevereiro de 2014 em 16:31
    Permalink

    Então acho que tbm deve funcionar colocar palito nos olhos! 🙂

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2014 em 14:37
    Permalink

    E PARA OS HOMENS TEM ALGUMA IDEIA ???

    Resposta
  • 1 de março de 2014 em 12:44
    Permalink

    TUDO BEM. QUANDO MEU PAI SERVIU NO EXÉRCITO NOS PLANTÕES NOTURNOS, TANTO ELE COMO OUTROS SOLDADOS, DESCANSAVAM O QUEIXO NA PONTA DA BAIONETA ENCILHADA NO FUZIL PARA NÃO COCHILAR, MAS NOSSO COMPUTADOR- O CÉREBRO, MUITO BEM EQUIPADO POR NEURÔNIOS,NÃO PERDOA EM QUALQUER SITUAÇÃO, INCLUSIVE NA DIREÇÃO DE QUALQUER VEÍCULO – SIMPLESMENTE APAGA,
    O QUE TAMBÉM DEVE OCORRER COM ESSAS MENINAS, FATO QUE ELAS NÃO CONTAM, POIS JÁ VAREI NOITES ESTUDANDO EM TODO O MEU TEMPO ESCOLAR E UNIVERSITÁRIO, BEM COMO RASGANDO ESTRADAS, ONDE NUMA DELAS, O FUSCA QUE EU DIRIGIA NA DUTRA CAPOTOU LOGO, SEI COMO É. NÃO SE PODE CRER EM TUDO QUE SE FALA, SE ESCREVE OU SE LÊ, IRON MAM É SÓ UM ESPORTE MÚLTIPLO. NÃO ABUSE DO SEU CÉREBRO.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *