Concurso Cultural Literário (52)

capa 1 freud

LEIA UM TRECHO

Talvez seja uma novidade para muitos que este primeiro livro escrito e publicado por Freud permanecia inédito até hoje no Brasil. A frequente justificativa para a sua exclusão das obras ditas completas de Freud seria o seu alegado teor mais neurológico do que psicanalítico.

Entretanto, mesmo tendo sido escrito antes da cunhagem do termo Psicanálise, sabemos hoje que Sobre a concepção das afasias: Um estudo crítico é uma obra fundamental para a compreensão dos escritos posteriores. Sobretudo se pensarmos o quanto a fundamental relação entre o psiquismo e a linguagem pauta o pensamento freudiano, vemos aqui o itinerário de alguém que abandona as concepções hegemônicas do localizacionismo defendidas por seus mestres, tornando-se o cofundador de uma concepção dinâmica tanto do psiquismo quanto da linguagem em suas funções e disfunções.

Um psicanalista, que lida cotidianamente com a fala dos pacientes, que pratica o método que foi apelidado por uma paciente como talking cure, não pode ser indiferente ao fato de que o primeiro texto importante do criador da psicanálise, datado de 1891, anterior, portanto, à sua teoria do aparelho psíquico, proponha literalmente um aparelho de linguagem.

A obra integra a coleção Obras Incompletas de Sigmund Freud, que pretende não apenas oferecer uma nova tradução, direta do alemão e atenta ao uso dos conceitos pela comunidade psicanalítica brasileira, mas oferecer uma nova maneira de organizar e de tratar os textos. Um convite para que o leitor desconfie do caráter apaziguador que o adjetivo “completas” comporta.

capa 2 freud

LEIA UM TRECHO

Integrante da coleção Obras Incompletas de Sigmund Freud, este livro é um clássico. Quando Freud redigiu e publicou As pulsões e seus destinos, não era possível prever que esse breve ensaio se tornaria um clássico. Não é exagero dizer que a teoria das pulsões, bem como a teoria do inconsciente, está para a Psicanálise assim como a anatomia e a fisiologia estão para a Medicina. No texto que o leitor tem em mãos, Freud apresenta o conceito de pulsão, que está na base dos processos que determinam os modos como nós amamos, desejamos, sofremos. Nele assistimos a um esforço obstinado de sistematização deste “conceito-fundamental”. Tão ou mais fundamental do que o próprio inconsciente, a pulsão é um “conceito-fronteiriço”, situado entre o corpo e o aparelho psíquico.

Contudo, assim como os destinos das pulsões são múltiplos e envolvem complexos processos de transformação, também os destinos do próprio conceito de pulsão não foram menos dramáticos. É amplamente conhecida a celeuma em torno da tradução de Trieb por instinto. Todos nós nos acostumamos a esse estranho exercício de leitura que exige do leitor a substituição mental de “instinto” por “pulsão”. Como se uma escolha terminológica fosse anódina ou indiferente. No presente volume, apresentamos ao leitor brasileiro, pela primeira vez, uma edição bilíngue deste importante texto, acrescida de notas de tradução e de três ensaios complementares.

A coleção Obras Incompletas de Sigmund Freud não pretende apenas oferecer uma nova tradução, direta do alemão e atenta ao uso dos conceitos pela comunidade psicanalítica brasileira. Ela pretende ainda oferecer uma nova maneira de organizar e de tratar os textos. Um convite para que o leitor desconfie do caráter apaziguador que o adjetivo “completas” comporta.

Vamos sortear 2 exemplares de “Sobre a concepção das afasias – Um estudo crítico” e 2 exemplares de “As pulsões e seus destinos“, novos volumes da coleção “Obras incompletas de Sigmund Freud”.

Para participar, basta responder: “É comum ouvirmos a sentença “Freud explica” quando alguém deseja explanar sobre algo fora do padrão. Qual a importância de estudar a obra do Pai da Psicanálise no século 21?” Use no máximo 5 linhas.

Por gentileza informe seu e-mail de contato se usar o Facebook.

O resultado será divulgado dia 18/3 às 17h30 neste post.

Boa sorte! 🙂

***

Parabéns aos ganhadores: 

Guilherme VicenteSabrina Barros Ximenes (Sobre a concepção das afasias – Um estudo crítico)

Tiago DareBianca Ferreira (As pulsões e seus destinos)

Por gentileza enviar seus dados completos para [email protected] em até 48 horas.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

19 thoughts on “Concurso Cultural Literário (52)

  • 25 de fevereiro de 2014 em 22:47
    Permalink

    Estudar e entender mentes perturbadas entendo assim o comportamento dos seres humanos.

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2014 em 11:40
    Permalink

    Como entender nossa espécie em tempos que é feita ‘justiça’ com as próprias mãos, soltam-se os perversos e prendem-se os justos, perdemos tempo bisbilhotando a desgraça alheia e vangloriamos mesquinharias, menosprezando o amor e enaltecendo a dor? Só mesmo com uma dose de psicanálise bebida da fonte ou até mesmo aquela apregoada na soleira do botequim para podermos tentar entender este ser tão complexo chamado humano.

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2014 em 11:53
    Permalink

    Estudar Freud é importante mas não apenas para desvendarmos o inconsciente, ou decifrarmos sonhos estranhos, ou entendermos o que está por trás dos atos falhos. Sua obra serve também para aceitarmos que a forma como sentimos ou agimos nem sempre são algo obscuro, misterioso ou ininteligível, mas muitas vezes o resultado de nossas próprias escolhas. Ou como ele formulou tão bem: “Ás vezes um charuto é só um charuto.” 😉

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2014 em 17:37
    Permalink

    Estudar Freud hoje é entender a própria complexidade dos fatos atuais. Diante de uma sociedade que busca satisfações recorrer aos estudos comportamentais e suas perturbações é procurar entender as necessidades de cada indivíduo.

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2014 em 19:28
    Permalink

    Freud não só desvelou as camadas mais obscuras do homem, como foi se inseriu com sua obra no seleto grupo de inventores da humanidade. Por isso, lê-lo sempre é uma leitura de si.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2014 em 9:35
    Permalink

    A obra de Freud, é importantíssima para compreendermos a psicologia humana, nosso atos, comportamentos. O “pai” da psicanálise, nos mostrou que nem tudo tem um explicação transparente. Nossas emoções, lugar social, sexo, cultura, religião, explicam bastante nossos comportamentos. [email protected]

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2014 em 10:46
    Permalink

    O trabalho desenvolvido pelo Pai da Psicanálise, no final do século XIX, ainda possui relevante importância. Grande parte de seus escritos é muito pertinentes e ajuda – ou pelo menos colabora para – o entendimento da mente humana. A obra freudiana, apesar do seu século de existência, ainda nos fornecer indicações importantes para compreender o atual quadro contemporâneo. Freud nos ajuda a entender as “varias faces“ da mente humana e também a entender o subconsciente, como por exemplo, os sonhos.

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2014 em 16:29
    Permalink

    Pra mim é importante estudar o Pai da Psicanálise em pleno seculo 21 pois nos ajuda a compreender a nós mesmos, e os outros. Nos auxilia no nosso cotidiano, na esfera pessoal e profissional. Freud nos faz entender a mente humana, os segredos da mente, as discordancias, enfim, como diz a célebre frase: “Só Freud explica”!

    Resposta
  • 2 de março de 2014 em 13:54
    Permalink

    Em um século que ainda cultua a racionalidade como fator de progresso e ideal a ser alcançado, tanto individualmente como em sociedade, a obra de Freud nos ajuda a perceber que partes de nossas ações não podem ser assim tão controladas. A descoberta do inconsciente amedronta, mas ao mesmo tempo tira um pouco do peso que colocamos sobre nossas costas.

    Resposta
  • 3 de março de 2014 em 20:39
    Permalink

    Freud nos dá a base e a estrutura do que é ou não do ser humano e sua personalidade, o que vem a ser uma alteração ou diferença nesse mundo em que todos somos apenas mais um número muito pouco somamos aos demais, em que o homem não é mais comunidade e sim unidade, com todos os seus com tantos e poréns. Entender o que chamamos de corpo e mente é tão básico e necessário quanto respirar.
    Somos todos cheios de altos e baixos, revelações e segredos, alguns só revelados a partir do que Freud pode nos revelar em suas anotações.

    Resposta
  • 6 de março de 2014 em 19:42
    Permalink

    É importante pois Freud não só nos ajuda a nos entender como entender os outros próximos a nós. Freud contribui em diversas areas da psicologia, nos ajuda a recenhecermos nossas neuroses e compreender nossos sonhos, creio que seja importante conhecer sua importancia e passar adiante para que todos sejam agraciados com esse conhecimento

    Resposta
  • 7 de março de 2014 em 21:46
    Permalink

    É importante pois Freud desenvolveu um estudo complexo e único sobre a mente humana em meio a sua vida extremamente conturbada. Foi através dele que se estruturou a mente, os sonhos, a auto-observação e a formação das ideias. Ele foi inovador e incomparável mas só poderei dizer se ganhar esses livros e abstrair conhecimento deles.

    Resposta
  • 11 de março de 2014 em 8:35
    Permalink

    A mente humana é um vasto território com muitos recantos a serem explorados. Freud foi um dos pioneiros na análise do poder mental humano que molda suas ações e por consequência cria seu destino. Deixou para a posteridade lampejos de razão e uma certeza que muito ainda há por ser pesquisado, analisado e utilizado a favor da evolução do pensamento da raça humana.

    Resposta
  • 12 de março de 2014 em 16:01
    Permalink

    Sem estudar a obra de Freud, jamais ficará sabendo por que o noivo trocou o nome da noiva na hora do pedido de casamento; porque mesmo com antidepressivo o sonho angustiante continua a acordar você fora de hora; jamais entenderá filmes como “Um Corpo que cai” ou “Psicose”; e porque apesar de toda sua racionalidade,não consegue evitar pensamentos desagradáveis.E muito mais!

    Resposta
  • 13 de março de 2014 em 2:52
    Permalink

    A importância de estudarmos sobre a psicanalise é que ela é um método terapêutico utilizado para tratar os distúrbios psíquicos a partir da investigação do inconciente. Assim podemos conhecer os processos mentais, desequilíbrio mental e o funcionamento da mente.

    Resposta
  • 16 de março de 2014 em 8:55
    Permalink

    Freud foi um psicanalista q via além de sua época, ele enxergava os dias de hj, muito importante estudá-lo pois as atrocidades do mundo de hj são além do comum e real do q conhecemos.

    Resposta
  • 18 de março de 2014 em 9:13
    Permalink

    Freud foi um homem de grande fibra e inteligência, através de auto análise ele conseguiu elaborar suas mais importântes teorias. Em um mundo onde não ha tempo de olhar pra si mesmo Freud obtém uma importância maior ainda que de outrora.

    Resposta
  • 18 de março de 2014 em 9:20
    Permalink

    Freud foi um homem de fibra e inteligência, atraves de auto análise elaborou suas mais brilhantes teorias. Hoje em dia nos falta tempo e coragem para olhar pra si mesmos o que torna Freud heróico e atual.

    Resposta
  • 18 de março de 2014 em 10:36
    Permalink

    Freud foi um grande pensador desse complexo que é a mente humana e hoje serve como base para entender diversas causas de distúrbios psicológicos inerentes aos problemas sociais da sociedade.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *