Concurso Cultural Literário (60)

capa os escolhidos de gaia

LEIA UM TRECHO

Albert tem 15 anos e acaba de receber um convite que pode transformar sua vida e de sua família para sempre: a chance de pertencer a uma sociedade avançada que só é revelada a um grupo especial de pessoas escolhidas. Com a perspectiva de viver melhor, seus pais e sua irmã gêmea Ruth mergulham em um novo e empolgante mundo, em que a tecnologia extremamente desenvolvida torna tudo mais fácil e divertido, ao mesmo tempo em que o contato com a natureza preenche os dias com paz e tranquilidade. Porém, uma série de acontecimentos inusitados os faz desconfiar que há algo de estranho por trás daquele local aparentemente perfeito, de justiça e liberdade. Após receber ameaças, a família é arrastada para o centro de um escândalo, com séries acusações, tornando seu destino incerto, perigoso e obscuro. E muito longe do local que costumavam chamar de casa.

Vamos sortear 3 exemplares de “Os escolhidos de Gaia“, lançamento superlegal da Gutenberg.

Para participar basta mencionar na área de comentários algo que não poderia faltar num mundo perfeito.

Se usar o Facebook, por gentileza deixe e-mail de contato.

O resultado será divulgado dia 30/4 às 17h30 neste post.

Boa sorte! 🙂

***

Parabéns aos ganhadores: Edmea Cavalieri, Nathalia Parolin e Silvanio Santiago Gomes.

Por gentileza enviar seus dados completos para [email protected] em até 48 horas.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

44 thoughts on “Concurso Cultural Literário (60)

  • 5 de abril de 2014 em 13:10
    Permalink

    Em um mundo perfeito, não poderá faltar livros, muitos livros. Preferencialmente, de graça, para que toda a população possa ser letrada.

    Resposta
  • 7 de abril de 2014 em 18:49
    Permalink

    Não pode faltar as pessoas que amamos.

    Resposta
  • 7 de abril de 2014 em 18:51
    Permalink

    Não poderia faltar os livros! Livros fazem com que os sentimentos das pessoas fluem pelo ambiente, contagiem o dia-a-dia do nosso próximo e de nos mesmos, deixando ele mágico, natural, perfeito…

    Resposta
  • 8 de abril de 2014 em 18:34
    Permalink

    Strogonoff de frango e batata palha

    Resposta
  • 8 de abril de 2014 em 22:40
    Permalink

    Em um mundo perfeito não poderia faltar amor, pois ele possui a capacidade de mudar as pessoas e consequentemente o mundo.
    Por isso eu acho que é essencial a sua existência :3

    Resposta
  • 9 de abril de 2014 em 8:53
    Permalink

    Jardins, para q suas árvores projetem suas sombr, as flores o aroma,os pássaros a música. É meio caminho andado para uma leitura revigorante

    Resposta
  • 9 de abril de 2014 em 9:03
    Permalink

    Não poderia faltar esperança e fé em um mundo perfeito, pois o que é perfeito para uns é o caos para outros.

    Resposta
  • 9 de abril de 2014 em 10:53
    Permalink

    Não poderia faltar educação de qualidade e fé em Deus. Educação é a base de tudo: da ética, do bom relacionamento com o próximo. E a fé em Deus agrega todas as coisas boas.

    Resposta
  • 9 de abril de 2014 em 13:50
    Permalink

    Não poderia faltar o amor! O amor pelo próximo, pelo familiar, pelo amigo, o amor de todas as formas. Ele é o sentimento mais importante que nós poderiam ter, pois sem ele, a vida seria um vazio.

    Resposta
  • 10 de abril de 2014 em 21:02
    Permalink

    Pessoas educadas para respeitar o meio ambiente!!!

    Resposta
  • 11 de abril de 2014 em 10:43
    Permalink

    Não poderia faltar pessoas.

    Resposta
  • 13 de abril de 2014 em 19:57
    Permalink

    animais de estimação e livros.

    Resposta
  • 13 de abril de 2014 em 21:46
    Permalink

    O que não poderia faltar em um mundo perfeito seria FICÇÃO CIENTÍFICA! 😀 Sou fã!

    Resposta
  • 14 de abril de 2014 em 10:22
    Permalink

    No mundo perfeito não pode faltar pessoas solidárias porque ultimamente é isso que mais temos precisado de pessoas mais solidárias.

    Resposta
  • 16 de abril de 2014 em 7:41
    Permalink

    Nunca deve faltar criatividade e moral, para que todos os problemas sejam resolvidos da melhor maneira possível.

    Resposta
  • 16 de abril de 2014 em 12:18
    Permalink

    Não pode faltar caridade!

    Resposta
  • 17 de abril de 2014 em 23:25
    Permalink

    Não poderia faltar o “amor”, pois é nele que reside a própria perfeição. Tudo o mais, a gente corre atrás.

    Resposta
  • 20 de abril de 2014 em 12:29
    Permalink

    O que não poderia faltar em um mundo perfeito seriam pessoas perfeitas para ficar de acordo com o mundo. Do que adianta um mundo perfeito, cercado de pessoas imperfeitas colocando em risco a perfeição de tal mundo? Afinal de contas, é o mundo que faz a gente ou a gente que faz o mundo? A perfeição seria uma boa solução para esse mundo que não é para nós, pois para nós a perfeição não seria solução e não nos interessa.

    Resposta
  • 21 de abril de 2014 em 19:44
    Permalink

    Em um mundo perfeito não pode faltar honestidade, gentileza e amor (ao próximo, amor próprio, amor detrodas as formas). No nosso mundo isso está em falta. Em um mundo prefeito as pessoas poderiam ser mais humanas umas com as outras.

    Resposta
  • 22 de abril de 2014 em 16:00
    Permalink

    Em um mundo perfeito não pode faltar amor, fé e coragem para enfrentar os desafios.
    Honestidade e gratidão com mais práticas de perdão….

    Resposta
  • 24 de abril de 2014 em 14:57
    Permalink

    Sei que não vou ganhar mas em um mundo perfeito não poderia faltar livros de graça e só autores bons, já que querem que nós leiamos e colocam livros caros pra vender, e também marcadores! ;D

    Resposta
  • 24 de abril de 2014 em 17:49
    Permalink

    Um mundo perfeito seria aquele onde a natureza não tivesse sido atingida pela ganância do homem, onde poderíamos desfrutarmos mais dos momentos em comunhão com a família, um lugar que sempre existisse o espírito de seguir em frente e nunca olhar para trás, um local em que a sociedade desse menos valor aos bens materiais e começasse a olhar para as pessoas em sua volta, lugar onde poderíamos ter paz e sossego, talvez , um mundo que poderia até existir doenças, mas onde a medicina sempre teria a cura para essas, um espaço onde nossos líderes se importassem verdadeiramente com os seus companheiros e onde a pobreza não passasse de algo apenas de nossa imaginação.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *