‘Pratos fictícios’: Designer recria cardápios de 50 clássicos da literatura

Publicado por UOL

A designer Dinah Fried recriou e fotografou refeições de 50 clássicos literários. Nesta imagem, o chá de “Alice no País das Maravilhas”, do inglês Lewis Carroll. O projeto “Pratos fictícios” (Fictitious Dishes) virou livro, publicado nos Estados Unidos pela Harper Collins neste mês.

Reprodução/dinahfried.com
Reprodução/dinahfried.com

A designer Dinah Fried recriou e fotografou refeições de 50 clássicos literários. Na imagem, o sanduíche de queijo e o milk-shake de chocolate de “O Apanhador no Campo de Centeio”, de J. D. Salinger. O projeto “Pratos fictícios” (Fictitious Dishes) virou livro e foi publicado nos Estados Unidos pela Harper Collins neste mês.

Reprodução/dinahfried.com
Reprodução/dinahfried.com

A designer Dinah Fried recriou e fotografou refeições de 50 clássicos literários. As famosas madalenas (bolinhos típicos) descritas pelo francês Marcel Proust no livro “Em Busca do Tempo Perdido” foram retratadas no projeto “Pratos fictícios” (Fictitious Dishes).

Reprodução/dinahfried.com
Reprodução/dinahfried.com

A torta de maçã com sorvete de creme do livro “On the road”, de Jack Kerouac, foi fotografada pela designer Dinah Fried. Em seu projeto “Pratos fictícios” (Fictitious Dishes), ela recriou refeições de 50 clássicos literários. O ‘cardápio’ virou livro e foi publicado em abril nos Estados Unidos.

Reprodução/dinahfried.com
Reprodução/dinahfried.com

Em “Oliver Twist”, de Charles Dickens, mingau de aveia é servido para os garotos do orfanato inglês. A refeição foi recriada pela designer Dinah Fried em seu projeto “Pratos Fictícios” (Fictitious Dishes). O ‘cardápio’ de 50 clássicos literários foi reunido em um livro publicado em abril nos Estados Unidos.

Reprodução/dinahfried.com
Reprodução/dinahfried.com

A designer Dinah Fried recriou em fotografias refeições de 50 clássicos literários. Herman Melville descreve uma refeição com frutos do mar e pão em seu clássico “Moby Dick”. O projeto “Pratos fictícios” (Fictitious Dishes) virou livro e foi publicado nos Estados Unidos pela Harper Collins neste mês.

Reprodução/dinahfried.com
Reprodução/dinahfried.com

Do livro “A Redoma de Vidro”, de Sylvia Plath, a designer Dinah Fried destacou um prato de abacate com salada de carne de siri. O ‘cardápio’ de 50 clássicos literários foi reunido no livro “Pratos Fictícios” (Fictitious Dishes), publicado em abril nos Estados Unidos.

Reprodução/dinahfried.com
Reprodução/dinahfried.com

As fatias de pão com queijo gratinado saíram das páginas de “Heidi”, da suíça Johanna Spyri. Essa é uma das 50 refeições retratadas pela designer Dinah Fried no livro “Fictitious Dishes”, publicado neste mês nos Estados Unidos.

Reprodução/dinahfried.com
Reprodução/dinahfried.com

O café da manhã com sanduíches abertos com queijo e ovos, porção de pepino e xícara de café foram tirados do livro “Os Homens que não Amavam as Mulheres”, do sueco Stieg Larsson. Essa é uma das 50 refeições retratadas pela designer Dinah Fried no livro “Fictitious Dishes”, publicado neste mês nos Estados Unidos.

Reprodução/dinahfried.com
Reprodução/dinahfried.com

Do livro “O Sol é para Todos”, de Harper Lee, saiu o prato com frango, vagem e tomate. A imagem é parte do projeto “Pratos fictícios” (Fictitious Dishes), da designer Dinah Fried. Ela recriou em fotografias refeições de 50 clássicos literários.

Reprodução/dinahfried.com
Reprodução/dinahfried.com

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *