Festa Literária das UPP’s tem sua primeira edição em São Paulo

Fernanda Reis, na Folha de S.Paulo

Em seu terceiro ano, a Flupp (Festa Literária das Unidades de Polícia Pacificadora) deixa pela primeira vez o Rio de Janeiro e ganha uma edição paulistana após passar por Curitiba, em abril, e Salvador, em 9 e 10 de maio.

Segundo o idealizador do evento, Julio Ludemir, a motivação para expandir a festa veio da Copa do Mundo no país —momento em que todo o Brasil se conecta com o resto do planeta.

“Existe uma periferia pulsante e criativa em cada cidade sede da Copa do Mundo, cada uma com sua peculiaridade”, diz Ludemir. Nesse contexto, o evento busca criar um diálogo entre o mundo e as diferentes cenas literárias das periferias brasileiras.

A particularidade de São Paulo, segundo Ludemir, é a forte cena dos saraus. O tema escolhido para nortear os encontros da edição paulistana, então, foi a poesia falada.

Entre os convidados internacionais estão o americano Jive e o inglês Jacob Sam La Rose, praticantes da poesia slam —competição em que poetas leem para o público um trabalho de própria autoria.

Fabio Braga/Folhapress
O poeta Sérgio Vaz, criador do Sarau da Coperifa, vai participar da Flupp em São Paulo
O poeta Sérgio Vaz, criador do Sarau da Coperifa, vai participar da Flupp em São Paulo

“Ambos atuam num campo de militância que passa pela questão negra”, diz Ludemir. “Diferente de outros eventos literários, em que o branco predomina na cabeça e na pele, temos não apenas um público, mas também autores negros.”

Representando o Brasil, participam da festa o poeta Sérgio Vaz, o escritor Alessandro Buzo, de “Profissão MC” (editora nVersos), e Binho —fundador do Sarau do Binho, encontro de artistas na zona sul de São Paulo.

Também estão na programação a documentarista Isa Ferraz, o antropólogo Marcos Alvito e o filósofo Eduardo Jardim, que discutirão Darcy Ribeiro, Gilberto Freyre e Mário de Andrade respectivamente.

Completam o time internacional a uruguaia Inés Bortagaray, autora de “Um, Dois e Já” (Cosac Naify), e o holandês Peter Demant, professor associado do departamento de história da USP e especialista no Oriente Médio.

Ludemir diz não saber se a Flupp será realizada fora do Rio de Janeiro no ano que vem. “Não estamos em um processo expansionista. Somos um evento itinerante, que se reinventa. Não sei o que vamos fazer no próximo ano”, afirma ele.

FLUPP EM SÃO PAULO
QUANDO? sexta (23), a partir das 14h30, e sábado (24), a partir das 14h
ONDE? Centro Cultural da Juventude, av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, tel. (11) 3984-2466
QUANTO? grátis

PROGRAMAÇÃO

SEXTA

14h30-15h30– Isa Ferraz
16h-17h – Marcos Alvito
17h30-18h30 – Eduardo Jardim
19h-22h – Roberta Estrela D’Alva e Jive Poetic (EUA) + ZAP! Slam (batalha de poesia falada)

SÁBADO

14h-15h30 – Alessandro Buzo e Inés Bortagaray (Uruguai)
16h-17h30 – Binho e Peter Dermant (Holanda)
17h30-18h30 – Rosa Vieira
19h-20h30 – Sérgio Vaz e Jacob Sam La Rose (Inglaterra)

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *