Lista déjà-vu

Posições e números mudam pouco e livro de Augusto Cury briga pelo segundo lugar na lista anual

Cassia Carrenho, no PublishNews

Tem semana que é assim, a gente olha e parece que nada mudou. As primeiras seis posições da lista geral continuam iguais a última semana. Se eu ficar (Novo Conceito) manteve a liderança, seguido de Ansiedade (Saraiva) e A culpa é das estrelas (Intrínseca).

Para ter uma ideia do déjà-vu, em todas as categorias as duas primeiras colocações tem os mesmos títulos da semana passada!

Algumas novidades ajudaram a dar um toque diferente na lista dessa semana: ficção, Recordação mortal (Bertrand); não ficção, Mudar (MG Editores) e Aparecida (Globo); autoajuda, A intrusa (Lúmen) e negócios, A moda imita a vida (Estação das Letras e Cores)

No ranking das editoras, mais repeteco. Sextante ficou com 14 títulos, e Intrínseca e Record empataram com onze cada. A novidade foi a Globo que empatou com a Companhia das Letras, em terceiro, com oito títulos cada.

Na lista anual, a briga será para conhecer o segundo livro mais vendido no ano, já que o primeiro, A culpa é das estrelas (Intrínseca) parece estar definido. Destrua este diário(Intrínseca) está com 278.005 exemplares vendidos e Ansiedade (Saraiva) 262.975. A diferença é que o livro de Augusto Cury tem vendido mais que seu concorrente nas últimas semanas.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *