Saiba como Bruna Vieira transformou o blog ‘Depois dos Quinze’ em livros de sucesso

Bruna Vieira
Foto: Divulgação / Divulgação

Blogueira, hit entre os adolescentes, falou com o Kzuka sobre suas publicações

Marilia Dolce, no Zero Hora

Foi querendo dividir seus sentimento e opiniões (e também o bullying que sofria na escola) que Bruna Vieira, 20 anos, descobriu a internet:

– Sempre gostei de criar coisas. Antes de minha mãe comprar um computador, eu customizava caixinhas, pintava e fazia colagens. Depois, passei a usar a criatividade nos textos.

Assim nasceu, em 2008, o blog Depois dos Quinze. Lá, Bruna se sentia segura dividindo sentimentos. A timidez e a vergonha que a acompanhavam no dia a dia desapareciam atrás do computador. A internet era seu porto seguro. Desde então, coleciona textos e crônicas sobre comportamento, moda, viagem e, claro, meninos.

Bruna Vieira

Hoje, 130 milhões de acessos depois, o espaço virou negócio e ela, celebridade no mundo jovem. Tem mais de 500 mil fãs no Facebook e, no Instagram, cada foto postada soma pelo menos 30 mil likes. Com isso, Bruna acumula não só leitores, mas colaboradores que a ajudam a manter o conteúdo do blog sempre atualizado. E não é apenas do blog que vive esta jovem escritora. Desde 2012, um novo desafio
conquistou a mineira:

– Uma professora do colégio me indicou numa editora. O pessoal viu os textos no blog e me convidou para publicar o primeiro livro, o Depois dos Quinze, um compilado de crônicas que escrevi quando tinha entre 15 e 16 anos.

Confira agora nossa entrevista com essa jovem escritora que já é sucesso no mundo on-line.

Como é um dia “normal” pra você?
Eu trabalho em casa, então acordo tarde e ligo o computador. De manhã, resolvo a parte burocrática do blog. À tarde, fico nas redes sociais e, à noite, produzo os textos. Quando tem evento ou algum compromisso comercial, fico fora. Mas sempre deixo tudo agendado quando não estou.

Qual sua relação com seus pais?
Eu não tinha vontade de sair da casa deles. Sofri muito na adaptação, passei um monte de aperto e fui percebendo o valor da minha família. Agora, eles vêm morar comigo. Acho que só seria feliz perto das pessoas que eu amo.

O que você lia quando tinha 15 anos?
Eu não tive uma base de leitura. Quando comecei a ficar mais na internet, comecei a pesquisar mais. Gostava muito da Tati Bernardi, mas na época ela escrevia sobre amor. Gostava também da Martha Medeiros, que achava um pouco motivacional. Eu queria compartilhar aquilo que ela falava.

Você tem vergonha de alguma coisa?
Perdi muito a timidez. Os vídeos me ajudaram a superar muitas coisas. Passei boa parte da minha vida me privando porque achava que as pessoas não me aceitariam. Hoje, sei que posso ser quem eu realmente sou e tem um monte de gente que me acompanha e me admira. Já postei foto mostrando como sou estrábica e acabei motivando as leitoras a falar sobre o assunto, e a postar fotos também.

De onde vêm as ideias para os livros?
Sou muito instrospectiva e sentia necessidade de conversar com alguém sobre o que eu passava no colégio. Não aceitava meu cabelo crespo, por exemplo, e sofria um pouco com os comentários. Então, resolvi conversar pelos textos.

A ideia é escrever cada vez mais?
Gosto muito do blog, que é minha principal fonte de renda. Com ele, tenho um contato mais direto com as leitoras. Mas tenho plena consciência de que preciso estudar mais e fazer faculdade, se quiser continuar nessa área. Agora, estou conciliando tudo, agarrando tudo o que aparece porque tem oportunidades que eu não sei se aparecerão outras vezes. Já tenho mais uns quatro projetos editoriais contratados, e é tão gostoso fazer! Estou me ocupando com o meu sonho.

Já dá pra se sentir famosa?
Procuro manter a minha vida parecida com o que era antes. O legal de ser blogger é que a gente tem que continuar com a simplicidade, porque as pessoas gostam do que eu estou fazendo. Quero mostrar que a minha vida é real. Nunca tentei glamorizar. Falo a verdade sobre o meu dia a dia e quero que a leitora se identifique comigo. Procuro passar isso no blog. Não fico impondo nada. Quero que elas façam o que quiserem e usem o que quiserem.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

One thought on “Saiba como Bruna Vieira transformou o blog ‘Depois dos Quinze’ em livros de sucesso

  • 19 de setembro de 2014 em 15:15
    Permalink

    Com certeza ela deve uma sorte tremenda em todo esse processo de divulgação dos livros, m identifico muito com a motivação que a levou a escrever, princialmente a parte do bullyng.

    Resposta

Deixe um comentário para Tatielle Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *