Concurso Cultural Literário (104)

façaamor2

LEIA UM TRECHO

Viver a plenitude do amor é o desejo senão de todas, ao menos da maioria das pessoas. Amar e ser amado incondicionalmente, contar com o apoio de alguém para as horas difíceis e para os momentos alegres, e saber que independentemente do que fazemos, alguém estará ao nosso lado simplesmente pelo que somos é o ideal de vida de muitos.

Viver esse amor na prática, no entanto, nem sempre é fácil. E é exatamente sobre felicidade, vida e amor que Ique Carvalho fala neste livro. O autor, que começou escrevendo em seu blog e já tocou o coração de milhares de pessoas que se envolveram e se emocionaram com suas palavras, descreve com perfeição o amor que muitos procuram e poucos realmente encontram. E ele fala do amor em todas as suas expressões: desde o romântico entre duas pessoas até o mais puro e verdadeiro dos laços familiares, que ele tem com seu pai e mentor.

 

Em parceria com o blog Avec Mes Louboutin, vamos sortear 2 exemplares de “Faça amor, não faça jogo“, lançamento da Gutenberg.

Para participar, basta completar a frase: “Amor é…”. <3

Se usar o Facebook, por gentileza informe seu e-mail de contato.

Aproveite a oportunidade para curtir as páginas dos envolvidos nesta edição:

Participe também no Avec Mes Louboutin. Serão sorteados 2 livros em cada blog.

O resultado será divulgado dia 13/11 neste post.

Boa sorte! :-)

 

***

Parabéns para: Giorgia LeoniaEva Miranda Gonsaga da Silva. \o/

Por gentileza enviar seus dados completos para [email protected] em até 48 horas.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

30 thoughts on “Concurso Cultural Literário (104)

  • 21 de outubro de 2014 em 16:13
    Permalink

    Provérbios 24:10 “Se te mostrares frouxo no dia da tua angústia, a tua força será pequena.”

    Resposta
  • 21 de outubro de 2014 em 17:06
    Permalink

    “Porque onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração”
    Lucas 12:34

    Resposta
  • 21 de outubro de 2014 em 17:38
    Permalink

    Amor é aquela brisa suave num dia quente de verão. O amor trás alivio para um coração agitado, a calma no desespero, o sorriso em meio as lágrimas, a esperança em tempos difíceis, é a amizade que nunca morre, mas que faz reconstruir. É tudo e um pouquinho mais. Não deve ser confundido com admiração, atração, nem tão pouco paixão, é um sentimento pleno que cresce ao poucos e deve ser valorizado como a joia mais preciosa. Enfim, Deus é amor.
    [email protected]

    Resposta
  • 21 de outubro de 2014 em 22:25
    Permalink

    O amor verdadeiro vai além do romantismo e do erotismo. O amor é uma questão de empenho, trabalho, cuidado e um imenso compromisso diário tanto com as pessoas, como nas atividades desenvolvidas no decorrer do dia de cada um. Amor é uma entrega, sem cobranças, sem medo, sem hesitação.

    Resposta
  • 22 de outubro de 2014 em 12:39
    Permalink

    O amor é o que é, não precisa de explicação.

    Resposta
  • 22 de outubro de 2014 em 13:55
    Permalink

    Amor é compartilhar com quem ama momentos bons e ruins também. É ver no companheiro não só qualidades, mais também seus defeitos e aceitá-los. Amor é apreciar cada momento, mesmo que pequeno, com quem escolhemos viver para sempre. É agradecer a Deus por ter alguém que te ame e que você o ame. Mesmo nas brigas e desventuras, é lá que ele está e vai estar sempre. Pois você sabe que ele te ama assim como você o retribui. E o agrade sempre, com um pequeno sorriso, um olhar, um abraço, uma palavra, com amor. Sempre. Amor é sublime e libertador. Resplandece a nós mesmo e faz nossa alma brilhar.
    [email protected]

    Resposta
  • 22 de outubro de 2014 em 18:00
    Permalink

    Amor é aquele negócio que explode lá no fundo do peito, meio por combustão espontânea, como uma supernova e cria um universo dentro de você. E quando ele acontece, nada mais é o mesmo, não há dias iguais, os cheiros são mais intensos, os sabores mais doces, os toques mais suaves e os olhos mais brilhantes. Pois o amor nos completa.

    Resposta
  • 23 de outubro de 2014 em 14:53
    Permalink

    O amor é uma dadiva do Céu que vem unicamente de Deus, quem o criou. Podemos ser cheios de amor se estivermos ligados à Ele, a fonte eterna do amor que um dia desceu do Céu e viveu entre nós.

    Resposta
  • 27 de outubro de 2014 em 21:54
    Permalink

    Amor é quando estamos dispostos a aceitar os erros alheios e tentar torná-los mais simples a quem amamos.

    Resposta
  • 28 de outubro de 2014 em 14:52
    Permalink

    “O Amor é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.
    O Amor não é se envolver com a pessoa perfeita,
    aquela dos nossos sonhos, pois não existem príncipes, nem princesas.
    É encarar a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.
    Se apaixonar é inevitável… e as melhores provas de amor são as mais simples…”

    Resposta
  • 29 de outubro de 2014 em 15:42
    Permalink

    Amar é viver em harmonia, se entregar aos sorrisos, a felicidade, amar é querer partilhar carinho, alegria e cuidados.
    Amar é andar lado a lado mesmo que algo que seja complicado.
    Amar é aceitar, abraçar e compartilhar.
    Amar é ler, é ouvir, é cantar.
    Amar é sentir e transbordar.
    Amar é não tirar da cabeça durante todo o jantar.
    Amar é dormir com a vontade de sempre sonhar.
    Amar é querer que o mundo seja um lugar perfeito pra se morar.
    Amar é ter paixão e simplicidade ao falar.
    Amar é chegar aqui e dizer obrigado por deixar me expressar.

    Resposta
  • 30 de outubro de 2014 em 18:52
    Permalink

    O amor é um mistério a ser desvendado.
    O amor é como uma chama delicada, é preciso cuidar com muito carinho para manter essa chama sempre acesa…

    Resposta
  • 31 de outubro de 2014 em 14:01
    Permalink

    O amor é saber aceitar as diferenças. Gostar do outro, mesmo sabendo que, às vezes, vocês vão ter gostos completamente opostos. É não tentar idealizar o outro e entender que todos nós temos nossas limitações. É amar sem segundas intenções, sem transformar o amor num comércio. É reconhecer que é gostoso viajar pelos romances dos livros, filmes e séries, mas entender que no mundo real nem sempre as coisas vão ser tão perfeitas. É compreender que o verdadeiro amor consiste em deixar as ilusões de lado.

    Resposta
  • 3 de novembro de 2014 em 11:03
    Permalink

    Amor é o que eu sinto pelos meus livros e sou incapaz de esconder.

    Resposta
  • 3 de novembro de 2014 em 12:34
    Permalink

    Amor é…pura enganação. Desculpem. 🙁

    Resposta
  • 3 de novembro de 2014 em 16:19
    Permalink

    Amor é entender o “tempo” de cada um.

    Resposta
  • 4 de novembro de 2014 em 13:58
    Permalink

    Amor é… um substantivo abstrato!

    Resposta
  • 6 de novembro de 2014 em 16:47
    Permalink

    Amor é como um banho de chuva. Mesno você sabendo que pode trazer consequências, você não se importa. Pois aquilo te faz feliz.

    Resposta
  • 10 de novembro de 2014 em 16:22
    Permalink

    Amor é.. tudo o que você faz pelo ser amado sem esperar um ressarcimento – ou seja, dar um presente pelo simples ato de fazer por amor e sem esperar também ganhar um presente em troca! Trata-se do completo oposto de jogar com os sentimentos do outro.

    Resposta
  • 10 de novembro de 2014 em 22:15
    Permalink

    O Amor é a solução para todos os problemas que existem no mundo.Amar é doar-se, é entregar-se sem reservas.

    Resposta
  • 11 de novembro de 2014 em 11:41
    Permalink

    Amor ainda é uma palavra esperando tradução,um sentimento que tem o poder de nos confortar e nos aquecer.Ao mesmo tempo em que nos sentimos seguros ele nos tira do chão e por vezes,nos sentimos chacoalhados por dentro como se nada fizesse sentido.Amor é aquilo que se emana através do olhar e do toque sem que se precise de legendas.Amor é ignorar os defeitos que os olhos enxergam para buscar apreciar aquilo que somente o “coração vê”. Como dizia O Pequeno Príncipe: “O essencial é invisível aos olhos.”

    Resposta
  • 12 de novembro de 2014 em 15:04
    Permalink

    Amor é… é…. é tão difícil descrever, que só vivendo para saber!

    Resposta
  • 12 de novembro de 2014 em 22:57
    Permalink

    O amor é vontade de ficar mesmo quando se pode escolher voar. O amor é querer cuidar de alguém, quando na verdade é você que precisa de cuidado. O amor é se entregar, é ter dias intensos, cheios de altos e baixos como se fosse uma montanha russa. O amor é você se encontrar naquele alguém. O amor é você abri mão de sua própria felicidade para ver a outra pessoa feliz. O amor é chuva nas tardes de verão e lua cheia em noites estreladas. O amor é esperança, persistência e coragem. O amor é fé. O amor é paixão, é carinho e é liberdade. Ah, e o amor também é clichê, mas um clichê necessário para se viver.

    Resposta
  • 13 de novembro de 2014 em 11:12
    Permalink

    Amor é mais que uma simples palavra, pode ser considerado até mais que um sentimento, talvez até a busca de todos que vivem, seja velho ou novo, criança ou adulto a busca é mesma…talvez seja a única “coisa” em que a quantidade de idade não mudará nada, não importa quantas vezes você amou, não importa quantas vezes o amor lhe causou dor ou satisfação, ele ainda será um ponto de interrogação quando chegar a oportunidade de pensar sobre o assunto.

    Resposta

Deixe um comentário para João Batista da Costa Junior Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *