Candidato estuda para prova do Enem e dá aulas particulares, no CE

Márcio Camurça tenta há seis anos passar no curso de medicina.
Estudante dá aulas de reforço escolas para alunos do ensino médio.

marcio_camurca

Publicado no G1

O estudante Márcio Camurça, 24 anos, acredita estar “afiado” para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nos dias 8 e 9 de novembro. O cearense fez todas as edições do atual modelo do exame e, há seis anos, tenta a aprovação no curso de medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC). Para a prova deste ano, Márcio contou com uma ajuda maior na preparação. O estudante resolveu dar aulas particulares de reforço escolar para alunos do 1° e 2° ano do ensino médio.

Márcio ensina as disciplinas de matemática, química e biologia para cinco alunos por dia. De segunda a sexta, ele fica das 7h às 17h no cursinho e, depois, dá aulas particulares que duram 1h30. Em casa, à noite, ele continua a preparação para o Enem “até a hora que dá o sono”. Para o estudante, o novo compromisso não atrapalhou a rotina de estudos. “Dar aulas me ajuda para o Enem. São matérias que a gente estuda para o vestibular. Me ajuda a entender as questões de vários ângulos. Me dá mais agilidade de pensamento. Coisa que no Enem é essencial”, conta o estudante.

marcio_camurca_em_aula

Mesmo na reta final de preparação para o Enem, Márcio não cancelou as aulas particulares e deve, inclusive, esbarrar com alguns dos seus alunos nas provas. O estudante conta que resolveu ensinar para poder custear as viagens e inscrições de vestibulares em outros estados. Este ano, o professor particular também se prepara para as provas da Universidade de São Paulo (USP).

Foco e experiência

Com o tempo de experiência e preparação, o estudante diz que ganhou mais tranquilidade. “Com uns anos de experiência, fui ganhando mais calma para me preparar e na hora de fazer a prova”. Márcio também aprendeu a focar nos pontos fracos das provas anteriores.

“Este ano, eu procurei estudar o que tinha dificuldade. Onde sou bom, basta resolver muitas questões. Foquei muito em matemática porque é a matéria que vale mais ponto. Ela e a redação são os diferenciais”, afirma o estudante que faz aniversário no domingo (9), segundo dia de prova. Exatamente, o das disciplinas de matemática e redação.

Para os alunos e outros candidatos, Márcio deixa o conselho para a realização da prova. “Eu diria que para eles irem tranquilos. Não criarem expectativas porque isso gera nervosismo. Aprendi isso com as provas que eu fiz. Ter confiança que estudou e fazer muitos exercícios”, conclui o professor.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *