Bispo ameaça roubar o brilho das estrelas

Alta nas vendas, empate na vice-liderança do ranking das editoras e promoções marcam o início de dezembro na lista

Cassia Carrenho, no PublishNews

1Black Friday, décimo terceiro, o espírito (consumista) natalino ou muitos lançamentos? Uma junção de tudo resultou numa semana com muitos números. Comparada com a lista geral da semana passada, a atual cresceu quase 55%. Na semana passada foram 133.847 exemplares vendidos, nessa semana foram 207.351. Nada a perder v.3 (Planeta), primeiro lugar isolado, e que nessa semana vendeu 115.157, ajudou muito, mas mesmo desconsiderando suas vendas nas duas semanas, ainda tivemos um aumento de mais de 25% na lista geral.

No ranking das editoras, a disputa foi lance a lance. Em primeiro lugar, com 12 títulos, ficou a Sextante. Mas, logo atrás, com dez, tivemos um empate entre quatro editoras: Companhia das Letras, Intrínseca, Novo Conceito e Record. Contabilizando os livros do grupo Companhia-Objetiva, ficaria em segundo lugar, com onze.

A Novo Conceito recebeu uma ajuda de seis livros de Nicholas Sparks na lista de ficção, que já não apareciam há algum tempo, e do O desafio de ferro, da série Magisterium, que entrou na lista pela primeira vez.

Na lista anual, a vitória que era praticamente garantida do livro A culpa é das estrelas (Intrínseca), começa a ser ameaçada. Até essa semana o livro soma 632.201 exemplares vendidos em 2014. Nada a perder v.3 (Planeta) chegou a 545.913, e se manter o padrão da última semana, pode levar o caneco de ouro. Por essa o céu na esperava.

Outra disputa na lista anual era entre Destrua este diário (Intrínseca) e Ansiedade (Saraiva). Nessa semana Ansiedade passou de vez, e deve levar o terceiro lugar na disputa anual.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *