Comunidades indígenas da Bahia recebem bibliotecas rurais

O Programa Arca das Letras, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), levará o acesso a livros didáticos e de literatura às comunidades indígenas da Bahia nesta sexta-feira (12). A Aldeia Pambu, no município de Abaré, e a aldeia Missão Velha, em Curaçá, receberão a biblioteca rural.

O programa conta com apoio de organizações de moradores rurais, de parceiros governamentais, organizações não governamentais e de doações de livros / Albino Oliveira/MDA
O programa conta com apoio de organizações de moradores rurais, de parceiros governamentais, organizações não governamentais e de doações de livros / Albino Oliveira/MDA

Publicado por Portal Vermelho

Cerca de 450 famílias serão atendidas com o acervo de 200 livros para leitura infantil e adulta. “Estamos difundindo a leitura em ambiente familiar. E dessa forma o nosso principal objetivo é alcançar o campo com livros e leitura”, afirma a coordenadora nacional do Programa Arca das Letras, Dione Ferreira.

Criado em 2003 pelo MDA, o Arca das Letras leva bibliotecas rurais ao interior do país. Dois voluntários de cada comunidade são capacitados como agentes de leitura, que cuidam das bibliotecas e do empréstimo dos livros. O programa conta com apoio de organizações de moradores rurais, de parceiros governamentais, organizações não governamentais e de doações de livros. As publicações ficam em móveis-estante, no formato de arca.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *