Confira 3 hábitos de estudo para conseguir notas altas em 2015

Foto: Shutterstock      Para fixar corretamente o conteúdo é preciso se envolver com os estudos, não basta apenas prestar atenção nas aulas e ler os livros didáticos
Foto: Shutterstock
Para fixar corretamente o conteúdo é preciso se envolver com os estudos, não basta apenas prestar atenção nas aulas e ler os livros didáticos

Saiba o que fazer para ter um ótimo desempenho

Publicado no Universia Brasil

 

Todo começo de ano letivo é uma oportunidade para obter mais conhecimento, e não seria diferente com 2015. No entanto, esse processo pode ser dificultado caso o estudante não conheça as táticas certas para potencializar seus estudos e conseguir os melhores resultados.

Pensando nisso, a Universia Brasil reuniu em uma lista diversas dicas de estudo eficazes, que prometem fazer com que seu próximo semestre seja produtivo como nunca. Não deixe de conferir:

1 – Utilize vários recursos

Para fixar corretamente o conteúdo é preciso se envolver com os estudos, não basta apenas prestar atenção nas aulas e ler os livros didáticos. Fazer resumos, diagramas e refazer exercícios é fundamental para a consolidação do aprendizado. Estudar através de imagens, como fotografias, pinturas e esquemas também é bastante útil, pois conferem mais informações sobre o tema estudado, além de explorarem outras habilidades do estudante, como a análise de símbolos.

2 – Estude continuamente

O cérebro tende a reter mais as informações que foram continuamente repetidas, ou seja, seus hábitos de estudo devem ser frequentes, não apenas às vésperas da prova, para aumentar as chances de aprendizado.

3 – Prepare-se antes das aulas

Se você já estiver familiarizado com um assunto, será mais fácil compreendê-lo na aula. Dessa forma, se informar sobre o assunto antes da aula é uma boa maneira de garantir que você irá assimilar a matéria mais facilmente. Uma boa dica é ler o capítulo do livro didático que contém o próximo assunto a ser estudado, bem como procurar vídeos sobre o tema no YouTube.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *