Estudo indica que canções em inglês são as mais tristes, português é língua ‘feliz’

naom_550aecf8338d9

O português foi listado como a segunda língua escrita com mais palavras positivas do mundo, atrás do castelhano, informou o Daily Mail. A mesma investigação concluiu que as letras das músicas em inglês são mais deprimentes do que a literatura russa.

Publicado no Notícias ao Minuto

Um estudo levado a cabo por um grupo de matemáticos da Universidade de Vermont, nos EUA, que se propôs a analisar a ‘felicidade’ das palavras, concluiu que a língua mais triste alguma vez ‘cantada’ é o inglês, reporta o Daily Mail.

A investigação concluiu que as canções em inglês são menos positivas que a literatura russa. Só os romances chineses e as legendas dos filmes coreanos aparecem abaixo das letras de músicas em inglês, como formas mais tristes de escrita.

Na base do estudo estão análises a milhares de milhões de palavras recolhidas através de várias fontes (livros, jornais, redes sociais, páginas de internet, letras de músicas, legendas de filmes e de programas de televisão, etc.).

O mesmo estudo fez também um inquérito junto dos falantes nativos das línguas para que estes classificassem as palavras mais usadas do seu vernáculo (se mais positivas ou mais negativas). Aqui concluiu-se que, para além das pessoas preferirem escrever mais palavras positivas que negativas, o português é a segunda língua mais ‘feliz’ do mundo.

Neste ranking de palavras positivas, o espanhol é quem vence, sendo apontada a língua escrita mais ‘feliz’ do mundo, isto é, a língua em que se escrevem mais palavras classificadas como positivas. A língua de Camões surge em segundo lugar, seguida do inglês.

Indonésio, francês, alemão, árabe, russo, coreano e chinês compõe o resto do ranking de 10 línguas.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *