Mariza e Adrilles calaram a boca de quem manda fã de “BBB” ler um livro

Durante festa Luau do "BBB15", Mariza e Adrilles conversam enquanto amanda curte a pista (Foto: Paulo Belote/Divulgação/TV Globo)
Durante festa Luau do “BBB15”, Mariza e Adrilles conversam enquanto amanda curte a pista (Foto: Paulo Belote/Divulgação/TV Globo)

Mauricio Stycer, no UOL

A promessa de um “BBB” com “gente comum” ficou longe de se realizar plenamente, mas é preciso reconhecer que Mariza e Adrilles representaram uma novidade nesta edição.

Não enxergo os dois como tipos “comuns”. Ao contrário. Mariza e Adrilles chamaram a atenção justamente por serem figuras incomuns – não apenas em relação ao padrão normalmente presente no “BBB”, como também fora dele.

Inteligentes, observadores, engraçados, inconvenientes, chatos, Mariza e Adrilles foram crescendo ao longo do jogo e, contra todos os prognósticos, chegam nesta reta final com boas chances.

A edição deste domingo deixou isso bem claro. Cézar mal apareceu no programa. Fernando e Amanda ganharam imagens por causa do castigo que o produtor cultural recebeu. Já Mariza e Adrilles, como em outras edições, ocuparam boa parte da noite com conversas engraçadas e observações curiosas.

A professora de artes tem, ainda, uma característica que chama muito a atenção – suas expressões e caretas. Mariza fala com os olhos.

Já ouvi a dupla de “intelectuais” do “BBB” citando o pai da psicanálise, Sigmund Freud, o artista gráfico M.C. Escher, o poeta Fernando Pessoa, entre outros. Contra quem manda fã do reality show “ler um livro”, Adrilles e Mariza têm conversas inteligentes e provocadoras.

O paredão desta terça-feira vai opor a professora de artes contra Cézar. Se o critério para votar é o que fizeram nestes mais de dois meses, não teria dúvida em dizer quem merece continuar no “BBB”.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *