Resenha: Minotauro

Mariana Dal Chico, no PsychoBooks

Olá, pessoal!

Hoje vou comentar sobre a leitura do livro Minotauro do autor Benjamin Tammuz, lançado no Brasil pela Editora Rádio Londres.

minotauro_capa

Minotauro

Benjamin Tammuz

Tradutor: Nancy Rozenchan
Editora: Rádio Londres

Páginas: 208
ISBN: 8567861004
Publicação: 2015

Sinopse:

No dia do seu quadragésimo primeiro aniversário Alexander Abramov, um agente secreto desconectado da família e em plena crise existencial, encontra em um ônibus de Londres uma linda e jovem inglesa que tem metade da sua idade e logo a reconhece como a mulher que ele tem procurado durante toda a sua vida. Apesar de eles nunca terem se encontrado, Alexander está certo de que a garota é uma parte vital do destino dele. É o começo de uma obsessão que leva o homem a usar todas as técnicas da sua profissão e sua rede de contatos para tomar controle da existência da jovem, sem jamais revelar a própria identidade. A única forma de comunicação entre os dois é por troca de correspondência.
Quatros vidas se encontram e se entrelaçam neste grande romance, híbrido originalíssimo de spy novel e reflexão existencial, formando um enredo intrincado e cheio de suspense que cativa o leitor desde a primeira linha e o conduz lentamente até o trágico, culminante final.

Comentários

E lá vou eu sair da minha zona de conforto, bastante animada com o primeiro livro da mais recente parceria que fizemos com a Editora Rádio Londres.

Minotauro-lendo

Enredo

Alexander Abramov está em Londres cumprindo uma missão quando encontra no ônibus uma mulher vários anos mais jovem que ele e tem certeza que foi ela quem ele buscou por todos esses anos. Nesse dia, Alexander completa 41 anos e está em meio a uma crise existencial. Disposto a não perder contato com essa mulher, ele usa todos os artifícios e se aproxima dela por meio de cartas sem revelar sua verdadeira identidade.

Sem remetente, Téa escreve algumas respostas e as deixa em uma caixa, até que surge a oportunidade de algumas serem entregues à Alexander.

Os anos passam, a vida segue, mais dois homens aparecem na vida de Téa e as histórias deles se entrelaçam por ela ser o centro do enredo.

Minotauro-primeira

Narrativa e Desenvolvimento do Enredo

O livro é dividido em quatro partes, narradas em terceira pessoa sob o ponto de vista de Alexander, G.R., Nikos e alguns vislumbres de Téa. Cada parte termina de forma a instigar o leitor continuar a leitura para encontrar a conexão desses três personagens masculinos que passam pela vida de Téa.

O ritmo de leitura é rápido e os leitores mais curiosos não conseguirão deixar o livro de lado enquanto não conseguirem sair do labirinto brilhantemente criado por Tammuz.

Há um clima de tensão que o autor consegue sustentar por todo o livro, paira no ar a sensação de que algo trágico acontecerá na próxima página.

O final é muito bem arquitetado e todas as pontas são amarradas sem que fique qualquer furo no enredo. Todas as perguntas são respondidas. Eu só queria que tivesse um pouco mais da voz de Téa durante a narrativa, já que ela é o centro dos encontros e desencontros desses quatro personagens. Mais um motivo para eu não ter dado ‘nota máxima’ é que a história de Nikos não me agradou muito, a achei um tanto arrastada.

Minotauro-lombada

Concluindo

Fiquei surpresa com o ritmo de leitura que encontrei em ‘Minotauro’, o autor conduz o leitor engenhosamente por um labirinto que vai ficando cada vez mais intrincado até o leitor encontrar a saída final um tanto trágica, mas sensacional.

‘Minotauro’ é uma leitura prazerosa, rápida, onde o leitor reflete sobre o que é o amor, amar e ser amado, obsessão e felicidade.

Leitura mais que indicada!

Minotaurocapa

(…) Liguei a minha vida a um trabalho duro e cruel, porque eu precisava amar. Assim, amo o país a que sirvo, suas montanhas, seus vales, o pó, o desespero, suas estradas e seus caminhos. (…)
Página 16

4 Estrelas

Playlist

  • Imagine Dragons – Polaroid
  • Engenheiros do Hawaii – Simples de Coração
  • Cássia Eller – E.C.T.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *