Garoto de 11 anos junta livros e sonha montar uma biblioteca

Menino recebe doações até dia 30 no Mercado de Arte Popular, no centro de Feira
Menino recebe doações até dia 30 no Mercado de Arte Popular, no centro de Feira

Publicado no A Tarde

Há cinco anos, o garoto Ricardo Oliveira Costa, de 11 anos, percorre as ruas de barro da pequena Santanópolis (a 146 km de Salvador), na região de Feira de Santana, com uma missão: recolher livros para montar uma biblioteca na localidade de Sítio Solão, onde mora com a família.

Ele conta que a ideia é compartilhar com a comunidade o conhecimento através da leitura. A biblioteca ainda não foi construída, mas Ricardo já tenta um jeito: “Eu vou nas casas e empresto os livros. Muitas vezes, até dou para que toda família consiga ler. Não temos biblioteca em Santanópolis, mas vou construir uma porque a leitura nos dá conhecimento. E quem mora na zona rural não pode ir todo dia na cidade só para ler um livro”.

Visibilidade

A história de Ricardo ganhou o país. Há um mês ele participou de um programa de TV e comoveu as pessoas. Agora, chamou a atenção do repórter fotográfico Antônio Magalhães, 70, que foi a Santanópolis buscar Ricardo para montar um ponto de arrecadação no Mercado de Arte Popular (MAP) de Feira de Santana. Até o final da tarde de quarta-feira, 3, haviam sido arrecadados mais de mil livros.

O ponto de coleta ficará até o dia 30 no MAP, na rua Olímpio Vital, centro, ao lado do SAC 1. “A história dele me comoveu porque se parece muito com a minha. Por isso, fui visitá-lo. Quando eu consegui ler o primeiro livro, eu era muito novo, assim como ele. E assim foi quando eu lancei o meu primeiro livro. Gosto de leitura e de descobrir histórias diferentes, como a de Ricardo”, disse Antônio Magalhães.

Os livros serão levados para a cidade de Ricardo numa carreata no dia 5 de julho. “Vamos com uns amigos proprietários de Fusca, em carreata, para entregar os livros arrecadados”, contou Antônio Magalhães.

A mãe de Ricardo, a professora Maria José Cerqueira de Oliveira, é só elogios. “Desde pequeno ele sempre mostrou esse gosto pela leitura. Diz que livro não se joga fora, se empresta ou dá de presente”, salientou. Ela contou que onde o garoto estuda, a Escola Municipal São Judas Tadeu, no município de Irará, sempre foi incentivado. “Ele já arrecadou mais de cinco mil livros e não quer parar até construir a biblioteca. E sempre contou com o apoio das professoras da escola”, disse.

Além do gosto pela leitura, Ricardo, um menino franzino, mas decidido, gosta de plantas e animais. “Vou ser biólogo”, garante. Vestido sempre de terno e com uma pasta na mão, Ricardo sai a pé pelas ruas arrecadando o que pode para realizar seu sonho de gente grande. “Vou construir a biblioteca para que fique aberta para todos lerem quantos livros puder”, almejou.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

One thought on “Garoto de 11 anos junta livros e sonha montar uma biblioteca

  • 3 de janeiro de 2016 em 16:47
    Permalink

    Esse menino e um exemplo de vida para todo brasil.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *