Professora recebe declaração de aluno para não dar nota baixa

profff

Publicado em UOL

Um aluno do segundo ano do ensino médio teve uma ideia original para tentar conseguir melhorar a nota mesmo sem saber a resposta a uma questão em uma avaliação de geografia: declarar seu amor pela professora. O fato ocorreu em uma escola estadual de Sorocaba.

“Professora linda, meu amor, você é a rosa mais linda (…) Aquela pessoa que ilumina minhas segundas-feiras, minha fonte de ar, minha vida. Eu te amo”, escreveu o aluno, que ainda desenhou um coração transpassado por uma flecha.

Na questão, Liz Proença, a professora, pediu que os seus alunos citassem três medidas de apoio à industrialização implementadas durante do Estado Novo, período no qual o País foi governado por Getúlio Vargas (1937-1945). “Ao invés disso, meu aluno preferiu dizer que me ama”, disse a professora, sem esconder as risadas.

A originalidade da declaração fez com que a professora publicasse a imagem em sua página do Facebook. Ela conta ainda que os colegas de sala do jovem apaixonado também encararam a declaração com bom humor. “Todo mundo achou engraçado”, conta.

Embora a professora não tenha divulgado o autor da declaração, o UOL conseguiu identificá-lo. O jovem, que tem 16 anos, admitiu que resolveu se declarar após perceber que não sabia a resposta correta para a pergunta. “Eu e a professora nos conhecemos há um bom tempo. A única pergunta que eu não sabia responder era aquela, então resolvi escrever algumas coisinhas pra fazer ela dar risada”, admitiu. “Até porque ela não é minha fonte de ar, né? Mas eu realmente gosto muito dela!”, disse.

Sem chance

A professora é mãe de quatro filhos, já tem um neto e atualmente está solteira. Lecionando há 15 anos e acostumada com os gracejos dos jovens, ela afirmou que achou a iniciativa muito engraçada, mas que o ímpeto romântico não ajudou a melhorar a nota do jovem. Ele tirou 2,5 em um máximo de 4.

Para Liz, entretanto, a brincadeira demonstra a boa relação que tem com seus pupilos. “Sou uma professora aberta, tenho uma relação ótima com os alunos. Não duvido que eles realmente me amem, mas acho que ele quis mais é garantir uma boa nota”, disse, ressaltando que a iniciativa não deu certo. “Ele ficou com a nota que mereceu pelas respostas certas, não pela declaração, que foi fofa”, disse.

Ela também fez questão de ressaltar que o aluno apaixonado, embora não tenha ido tão bem na prova, é um bom aluno. “Falta pra ele mais esforço, porque inteligente ele é, e muito. Mas é um bom aluno no geral”, informa.

 

Dica do Rogério Moreira

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *