“O Pequeno príncipe” é o livro infantil mais vendido do Brasil

o-pequeno-principe-1-20152207

Jonatan Silva, no Contracapa

Enquanto se consolida com o livro infantil mais vendido do Brasil há meio século, O Pequeno príncipe ganha cinco novas edições. A primeira, lançada pela Zahar, está programada para chegar às livrarias em agosto. A Companhia das Letras também anunciou a sua edição do livro de Antoine de Saint-Exupéry. Os gaúchos da L&PM programam uma tradução ainda para este ano. A tradutora Denise Bottmann é responsável pela edição nacional da Novo Século e a Geração também terá o seu quinhão do mercado recém aberto. Até cair em domínio público, em 2015, somente a Agir tinha os direitos de publicação.

Somente no ano passado, de acordo com a Nielsen, foram mais de 140 mil exemplares comercializados, o que deixo o livro no 8° lugar geral de vendas – e primeiro lugar entre os livros infanto-juvenis. Os dados do site Publisnews afirmam que, até meados de julho de 2015, O Pequeno príncipe vendeu82.008 livros – somente pela editora Agir.

Apesar de a concorrência ficar mais acirrada, as casas editoriais terão um impulso a mais: no dia 20 de agosto estreia nos cinemas uma animação inspirada no livro de Saint-Exupéry.

Ao redor do mundo

No total, o livro já foi traduzido para mais de 250 idiomas e vendeu mais de 150 milhões de cópias em todo o globo. Entre as edições mais interessantes já lançadas estão uma adaptação feita pela Agir com as aquarelas em pop-up.Em Portugal a edição lançada pela Porto Editora possuiu prefácio do escritor Valter Hugo Mãe.

James Dean

O ator norte-americano James Dean era um leitor fervoroso de O Pequeno príncipe e o considerava como seu livro predileto. Em homenagem ao astro do cinema, o cantor inglês Morrissey aparece lendo o livro no clipe de “Suedehead”. (O vídeo é inspirado na vida do ator).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *