Discurso de John Waters em universidade vai se tornar livro

O diretor durante discurso - Reprodução/Facebook
O diretor durante discurso – Reprodução/Facebook

Fala na Rhode Island School of Design no início do ano foi marcada pela brincadeira

Publicado em O Globo

RIO — Era um discurso acadêmico, mas bem ao estilo John Waters de ser. Afinal, o rei do cinema trash, cujo nome virou cult por filmes transgressores, como “Pink flamingos” (1972), dificilmente faria uma fala normal. No púlpito da Rhode Island School of Design, falando para uma turma que se especializava em artes, John Waters causou gargalhadas no início do ano dando conselhos fora do comum e se definindo, entre outras coisas, como “uma pessoa criativa e maluca que finalmente tem poder”. Agora, a fala de pouco mais de 12 minutos vai se tornar um livro, conforme anunciou a Algonquin Books.

“Desde que entrei em sérios apuros em todas as escolas que já frequentei, a chance de dar a graduados de uma faculdade conselhos profissionais parece o fim perfeito (ou seria o começo?) da minha carreira acadêmica danificada”, afirmou Waters em um comunicado ao saber da notícia, “Eu espero que esse pequeno livro possa se tornar o presente perfeito de graduação de pais para seus filhos problemáticos, que os enlouqueceram por anos”.

No vídeo que ganhou a internet em maio, o diretor incentiva os estudantes a abraçarem o caos e o estranho e serem insiders como ele. “O humor é sempre a melhor defesa e a melhor arma”, afirma em um trecho, pouco depois de fazer o público soltar gargalhadas: “A sociedade muda. Quem pensou que uma universidade importante como a Rhode Island iria convidar um velho sujo como eu para dar exemplo a seus estudantes?”.

Perto do fim, ele deu um conselho: “Agora é a hora de vocês estarem ocupados. É a vez de causarem problemas. Mas no mundo real. E, desta vez, a partir do interior”. Pegando carona nessas palavras, o livro já tem um título definido: “Make Trouble”. A obra contará ainda com ilustrações.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *