Deficiente visual fã de audiolivros fará Enem para cursar história

Florindo, de 55 anos, é o campeão de acesso a audiolivros na biblioteca.
Como não domina o braile, contará com ajuda de três pessoas no Enem.

defic

Publicado em G1

Sérgio Florindo, de 55 anos, nasceu totalmente cego, e há cinco anos frequenta a Biblioteca de São Paulo. Ele já prestou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para conseguir a certificação do ensino médio, e neste ano fará a prova novamente de olho em uma vaga no curso de história.

A trajetória de Florindo foi contada na edição deste sábado (17) no programa “Como Será?”, que dedicou o quadro “Hoje é dia de Estudar” ao Enem.

Florindo não domina a literatura em braile, por isso contará com a ajuda de três pessoas para fazer o Enem: uma para ler as perguntas e respostas, outra para responder e uma terceira para escrever a redação.

“Para mim, o grau de dificuldade é maior porque não leio o braile e não uso um computador adaptado. Dependo dos olhos das outras pessoas e de audiolivro”, diz.

Florindo é o campeão de acessos a audiolivros da biblioteca de São Paulo. Já ouviu três num dia só. O seu preferido é Dom Quixote. “Gosto pela mensagem que passa, de que enquanto o homem sonha, se mantém vivo.”

Os audiolivros o fazem conhecer novos lugares. “Enxergo lugares, roupas, fisionomias. O autor dá toda essa minúcia na maneira de escrever. Então para nós que não temos a visão, a gente consegue ser um pouquinho igual a vocês que enxergam neste momento.”

Com o diploma no curso de história, Florindo quer trabalhar em um museu.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *