No Japão, doador misterioso se revela após 41 anos ajudando escola na compra de livros

ImageResizer.net-e73oguvfrosexn9-700x357
Crédito: Divulgação

Publicado no IPC Digital

YAMAGATA (IPC Digital) – Por 41 anos, Shoji Konno preferiu o anonimato ao fazer doações mensais em dinheiro para uma escola primária, para que pudessem comprar livros para as crianças.

Então, após tantos anos, Konno se revelou ser o benfeitor secreto da Escola Primária Haguro Daiyon, na cidade de Tsuruoka. Ao longo dos anos, a escola acumulou mais de 1.400 livros devido a sua generosidade.

As crianças tinham apelidado Konno de “Tsuruoka no Ojisan” (Tio de Tsuruoka) e a escola realizava um festival anual para expressarem gratidão.

A escola, com apenas 24 alunos, encerrará as atividades em março e vai se fundir com uma escola vizinha. Após saber por um amigo, Konno resolveu enviar uma carta ao diretor identificando-se. E no dia 4 de dezembro, foi realizado o último “Ojisan Matsuri” (Festival do tio), Konno participou para que as crianças pudessem conhecê-lo.

Konno cresceu em Tsuruoka, na província de Yamagata e agora reside em Sendai, na província vizinha Miyagi. “Quando eu era jovem, não fui abençoado com um bom ambiente. Mesmo assim, a comunidade local foi gentil comigo. Eu queria retribuir essa bondade, enviando dinheiro continuamente”, disse ele.

As crianças lhe presentearam com cartas que descreviam gratidão por sua dedicação ao longo dos 41 anos. Um deles, Naoki Togashi, da quarta série, disse: “Manteremos nossas memórias sobre o tio em nossos corações”. Outra aluna, Suzuka Sato, da quinta série, disse: “Graças ao tio, eu comecei a gostar de livros”.

ImageResizer.net-v71zfsti2yukggj

A primeira doação de Konno chegou a escola em 12 de abril de 1974. Não havia nome ou endereço do remetente, apenas “Tsuruoka-shi” (Cidade de Tsuruoka). O envelope continha ¥2.000 em dinheiro e uma nota que dizia: “Quero retribuir a bondade calorosa que recebi da sociedade. Por favor, usem esse dinheiro para comprar livros”.

Ao longo dos anos, o montante mensal aumentou para ¥5.000 e o carimbo postal no envelope mudou para cidade de Sendai. E não se passou um mês sem uma doação

ImageResizer.net-yaipmz86hg2ftzy

Em 1973, quando estava na casa dos 20 anos, visitou a escola para um evento e ficou surpreso ao ver a quantidade de livros da biblioteca, devido ao baixo orçamento, a escola tinha poucos.

Konno se formou no colegial por causa de uma bolsa de estudos fornecida pelas autoridades municipais de Haguro, que hoje em dia faz parte de Tsuruoka. “Doar dinheiro para comprar livros para o ensino fundamental é o que posso fazer para retribuir a bondade que tive da sociedade”, disse Konno para si mesmo.

Fonte: The Asahi Shimbun

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *