Livros didáticos são encontrados ainda embalados em lixão em MT

Material seria usado em escolas públicas do município de Nova Xavantina.
Responsável deve responder por dano contra o patrimônio público.

livrosnolixao1700.jpg

Publicado em G1

Centenas de livros didáticos foram encontrados nesta terça-feira (8) descartados em um lixão no município de Nova Xavantina, a 651 km de Cuiabá. Os materiais, de várias disciplinas, eram destinados ao ensino público estadual e muitos ainda estavam embalados. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, os livros estavam fora da validade, mas que ainda não csabe quem fez o descarte. A Polícia Civil investiga o caso.

O material didático foi achado após uma denúncia anônima feita à Polícia Militar, que enviou o caso para a Polícia Civil. Por volta de 10h da manhã desta terça-feira, uma equipe se deslocou até o lixão, que fica a cerca de 4 km da cidade, e encontrou os materiais.

De acordo com o delegado Sidarta Vidigal de Almeida, o número de livros é incontável. “Enchemos quatro porta-malas de viaturas com os livros. Me assustou a quantidade, que chega a ser difícil de contar”, relata.

O delegado comentou que, apesar da validade ultrapassada, jogar o material naquele local configura crime. “Com certeza, a pessoa responderá por crime de dano conta o patrimônio público. O lixão da cidade nem realiza reciclagem, ou seja, não é mesmo o lugar correto para se jogar fora esse material didático”, afirma.

Ele explica que os motivos pelos quais os livros não foram entregues, de onde vieram e quem autorizou e realizou o descarte devem ser investigados.

Segundo o assessor pedagógico de Nova Xavantina, Cleibemar Ramo dos Santos, o órgão não tinha conhecimento do caso e deve auxiliar as investigações. “Fizemos o boletim de ocorrência na polícia porque também queremos saber quem fez isso. Apesar de serem livros fora da data de validade, pois encontramos livros de 2008 a 2012 lá, a pessoa não sabe que não deve descartar o material. Nós temos a recomendação de incinerar ou reciclar livros antigos”, aponta.

As escolas recebem o material diretamente do governo federal, com etiqueta contendo os nomes das escolas. Nesse caso, foram achados alguns materiais de unidades educacionais do município de Água Boa, cidade a 736 km de Cuiabá.

“Nem os diretores das escolas estavam sabendo do caso. Por isso, acredito que, possivelmente, alguma empresa que realiza reciclagem tenha adquirido esses livros e por algum motivo jogado fora dessa forma irregular”.

Todo o material está armazenado em uma biblioteca da Secretaria Municipal até a conclusão da investigação.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *