6 motivos para deixar seu orgulho e seu preconceito de lado e começar a ler Jane Austen

Você está enganado se pensa que os livros da escritora são simples romances

Girrana Rodrigues, no Elástica

Há 240 anos atrás, em 16 de dezembro de 1775, nascia ao norte de Hampshire na Inglaterra, a escritora britânica Jane Austen (1775-1817). Seus livros são clássicos para todo fã de literatura e, se você ainda não conhece essa escritora, listamos 6 motivos para você ir correndo até a biblioteca ou livraria mais próxima e explorar seus livros.

giphy

1. Ela ironizava a burguesia desde o século 19
Naquela época, a burguesia não pedia intervenção militar, mas deixava bem claro o seu preconceito referente à classe social. Austen usou a ironia e o humor para descrever o comportamento da elite da época e o conflito de classes em uma sociedade conservadora.

giphy2

2. Suas personagens mulheres podem ser consideradas avançadas para sua época
Primeiro precisamos lembrar que Jane Austen nasceu no século XVII , no qual a mulher não tinha direito nem a herdar os bens de seu pai. Apesar dos livros sempre girarem em torno do casamento, as heroínas da escritora são representadas no mesmo nível que os homens.

No livro Orgulho Preconceito (1813), a protagonista Elizabeth Bennet se mostra independente e tem um comportamento considerado atrevido para uma moça daquela época. Elizabeth também deixa claro que jamais se casará somente por dinheiro e é representada no mesmo nível intelectual que Mr. Darcy. O questionamento da colocação da mulher na sociedade se repete em outros romances, mais abertamente ainda, em Emma (1815).

giphy3

3. Autores como J. K. Rowling foram inspirados por ela
Se você ama Harry Potter e J. K. Rowling, saiba que a britânica já admitiu várias vezes que sua escritora favorita é Jane Austen.

giphy4

4. Um de seus romances tem marcas da literatura gótica
Você adora o Drácula (1897) de Bram Stoker e as histórias de Edgar Alan Poe? Todo o cenário gótico, como os castelos medievais, as ruínas e as igrejas, surgiram da obra O Castelo de Otranto (1764) de Horace Walpole. Jane Austen já havia usado as referências dos cenários antes de Stoker e Poe, no romance a Abadia de Northenger (1818).

giphy6

5. Ela está na lista do The Guardian dos 100 melhores romances escritos em inglês.
Emma (1815) divide a lista com clássicos como Moby Dick (1851) e O Retrato de Dorian Gray (1890).

giphy7

6. Você provavelmente vai se identificar com algum personagem
Austen caracteriza bem os sentimentos e medos dos seus personagens. Basta abrir um livro para se reconhecer nos acertos e erros de alguns deles.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *