Alunos de Ciências Humanas são os menos confiantes, diz pesquisa

Publicado em O Globo.

Estudantes de Ciências Políticas, Economia e Direito superestimam seu desempenho

Alunos responderam a perguntas de História - Free Images Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/alunos-de-ciencias-humanas-sao-os-menos-confiantes-diz-pesquisa-18572177#ixzz3yiqpZCA7 © 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Alunos responderam a perguntas de História – Free Images
Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/alunos-de-ciencias-humanas-sao-os-menos-confiantes-diz-pesquisa-18572177#ixzz3yiqpZCA7
© 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

RIO — Estudantes de Ciências Políticas, Administração, Direito e Economia são mais confiantes do que seus colegas de outras áreas. A conclusão é de um estudo conduzido pelas universidades de Yake (EUA) e Lausanne (Suíça). O objetivo era determinar se haveria uma relação entre excesso de confiança e a escolha de uma carreira.

Os pesquisadores Jonathan Schulz e Christian Thöni aplicaram testes com 711 estudantes suíços. Os alunos deveriam responder a perguntas de História, como o ano em que ocorreram o acidente nuclear de Chernobyl (1986) e o primeiro voo do avião Concorde (1976). Foi analisado, então, o quanto chegaram perto das respostas corretas.

Em seguida, os alunos deveriam dizer o quão bem eles acharam que foram nos testes, em comparação aos colegas. A diferença entre a avaliação pessoal e a nota real equivalia ao nível de autoconfiança.

Os estudantes de Ciências Políticas foram os mais confiantes em seu próprio desempenho. Eles tiveram, em média, notas 1,4 ponto menores do que imaginavam. Em seguida vieram os estudantes de Direito, Administração e Economia.

Os alunos de Engenharia tiveram a avaliação pessoal mais próxima da realidade. Já os estudantes de Medicina e Ciências Naturais subestimaram seu desempenho.

Os estudantes de Ciências Humanas foram os menos confiantes em seus resultados. Suas notas foram 0,8 ponto maiores do que haviam calculado.

Os autores do estudo recomendaram cautela na interpretação dos resultados — todos os alunos que participaram do questionário ainda estão cursando o primeiro ano na universidade, então é difícil avaliar se o seu grau de confiança veio dos primeiros resultados no ensino superior ou de outras experiências. O levantamento foi publicado esta semana na revista “PLOS One”.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *