13 livros para ler da noite para o dia!

publicado no Literatortura

Muitas pessoas reclamam que não têm tempo para se dedicar à leitura. A verdade é que a correria do dia-a-dia e o excesso de cansaço e de obrigações muitas vezes podem ser um complicador.

Pensando nisso, elaboramos esta lista com dicas de livros agradáveis e com poucas páginas, que poderão ser lidos nos finais de semana ou com poucas horas.

a-revolucao-dos-bichos

Vejam:

Sinopse de A metamorfose: A metamorfose é a mais célebre novela de Franz Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura. O texto coloca o leitor diante do caixeiro-viajante Gregor Samsa, transformado em inseto monstruoso. A história é narrada com um realismo inesperado, que associa o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana.

Sinopse de A Revolução dos bichos: Nesta excelente fábula de crítica ao totalitarismo escrita pelo escritor britânico George Orwell em 1945, os animais tomam o poder em uma fazenda e estabelecem seus propósitos. “A Revolução dos Bichos” denuncia os caminhos distorcidos do poder ilimitado.

Sinopse: A obra de Bradbury descreve um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TV instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. O livro conta a história de Guy Montag, que no início tem prazer com sua profissão de bombeiro, cuja função nessa sociedade imune a incêndios é queimar livros e tudo que diga respeito à leitura. Quando Montag conhece Clarisse McClellan, uma menina de dezesseis anos que reflete sobre o mundo à sua volta e que o instiga a fazer o mesmo, ele percebe o quanto tem sido infeliz no seu relacionamento com a esposa, Mildred. Ele passa a se sentir incomodado com sua profissão e descontente com a autoridade e com os cidadãos. A partir daí, o protagonista tenta mudar a sociedade e encontrar sua felicidade.

Sinopse: Romance de estreia, escrito quando Jorge Amado tinha dezoito anos, O país do Carnaval (1931) é, apesar do título irônico, mais sombrio e introspectivo que a maioria dos livros que fizeram dele o ficcionista mais popular da literatura brasileira. A narrativa começa no navio que traz de volta ao Brasil o jovem filho de fazendeiro Paulo Rigger, depois de sete anos em Paris, onde cursara direito e absorvera comportamentos e ideias modernas. Nos primeiros dias que passa no Rio de Janeiro, Rigger tenta compreender um país onde já não se sente em casa, um país que tenta timidamente superar seu atraso oligárquico e ingressar na era industrial e urbana. De volta a Salvador, ele participa de um grupo de poetas fracassados e jornalistas corruptos que giram em torno do cético Pedro Ticiano, cronista veterano. Todos se sentem insatisfeitos e buscam um sentido para a existência: no amor, no dinheiro, na política, na vida burguesa ou na religião. Nesse romance de geração, as dúvidas e angústias dos personagens espelham a situação do país, que naquele momento passava pela Revolução de 30 e procurava redefinir seus rumos.

Sinopse de A hora da estrela: Entre a realidade e o delírio, “A Hora da Estrela” é um romance sobre o desamparo a que todos estamos entregues. A história começa quando uma moça do interior vem para a cidade grande em busca de seus sonhos, que acabam se misturando com a realidade.

Sinopse: Cada um de nós teve na juventude uma figura especial que, com paciência, afeto e sabedoria, nos ajudou a escolher caminhos e olhar o mundo por uma perspectiva diferente. Talvez tenha sido um avô, um professor ou um amigo da família – uma pessoa mais velha que nos compreendeu quando éramos jovens, inquietos e inseguros.

Para Mitch Albom, essa pessoa foi Morrie Schwartz, seu professor na universidade. Vinte anos depois, eles se reencontraram quando o velho mestre estava à beira da morte. Com o contato e a afeição restabelecidos, Mitch passou a visitar Morrie todas as terças-feiras, tentando sorver seus últimos ensinamentos.

Durante 14 encontros, eles trataram de temas fundamentais para a felicidade e a realização humana. Através das ágeis mãos de Mitch e do bondoso coração de Morrie nasceu esse livro, que nos transmite maravilhosas reflexões sobre amor, amizade, medo, perdão e morte.

Sinopse: Um dos maiores intelectuais da antiguidade clássica, Sófocles produziu cerca de 120 peças, mas somente algumas foram conservadas. Aqui, Édipo é atormentado pela profecia de Delfos, que previu que Édipo mataria o pai e desposaria a mãe. Só resta a ele tentar fugir de seu destino.

Sinopse de Ana Terra: Paixão, tragédia e luta marcam a vida de “Ana Terra”, grande criação de Erico Veríssimo e um dos personagens inesquecíveis da literatura brasileira do século XX.

Sinopse de Um Certo Capitão Rodrigo: Ficção e história numa prosa clara e vibrante, na qual Rodrigo Cambará, o personagem multifacetado, ora simpático, ora cruel, revela o poder de Erico Veríssimo de criar figuras cativantes.

Os dois livros são capítulos da coleção O TEMPO E O VENTO, o maior sucesso do renomado escritor.

Sinopse de Trocando Olhares: Florbela Espanca (1894-1930) foi uma poetisa portuguesa que ultrapassou as convenções literárias de seu tempo e transformou em poesia sua vida tumultuada e sofrida. Em seu poema À Memória de Florbela Espanca, escreve Fernando Pessoa: “Alma sonhadora, irmã gêmea da minha”. Florbela tinha exatamente a consciência de quais temáticas se adequavam aos livros que queria publicar.

Trocando Olhares (1985) foi essencial para que ela repensasse até o seu fazer poético, e é extremamente importante conhecermos esse manuscrito que serve como as colunas sobre as quais se ergueram suas obras.

Sinopse de O Nariz: Luís Fernando Veríssimo flagra cenas cotidianas e as retrata com humor e descontração. Uma mulher, de repente, começa a recitar trechos de propagandas de produtos no meio da sala. Um pai briga com a professora do filho por causa de uma palavra. Passeando por lugares-comuns, como a escola, o ônibus e mesmo a casa de uma família, o autor revela que é possível viver com bom humor, mesmo quando as situações são as mais estranhas e adversas possíveis.

Sinopse de José Matias e outros contos: A presente edição de José Matias e Outros Contos de Eça de Queiroz é o décimo sexto volume da Coleção Textos Básicos da Literatura Caminhos da Universidade. Este conto apresenta-nos uma insólita intriga amorosa, argumento que serve de pretexto para a crítica ao ultrarromantismo exacerbado e para a exaltação da estética realista. Esta história é contada pelo narrador que, ao estabelecer diálogo com um amigo seu acerca do funeral de José Matias (amigo comum), aproveita a oportunidade para contar a história amorosa do falecido. Todo o relato é feito essencialmente por meio da cena dialogada.

Sinopse de O oceano no fim do caminho: Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos. Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino.

Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano.

Apesar dessas indicações, é preciso mencionar que a melhor dica se você quer encontrar tempo para ler sem ter que necessariamente mudar sua rotina é começar com um livro que adora. Quando lemos algo assim, nos esforçamos para conseguir ler alguma página a mais. Queremos saber o próximo passo dos personagens e como aquela cena espetacular irá terminar, então não medimos esforços para ler.

Também é essencial perceber em que horários ou em quais oportunidades você consegue ler. Durante o horário de almoço, no caminho de ida e volta para casa, antes de dormir, nos intervalos das aulas, etc. Se fizer essa análise, irá perceber que tem sim tempo para ler, apenas não aproveita como deveria.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *