5 livros para ler num dia chuvoso que o público deveria conhecer

publicado no Verificar

Já é possível sentir uma brisa fresca, a qual traz um prenúncio de chuva. A chuva é considerada frequentemente um obstáculo à diversão, agoirando uns tão desejados dias de descanso, e muitos preferem ficar em casa a sair e sentir a umidade desconfortável. Porém, existem muitas alternativas caso seja uma das pessoas que abomina chuva. Pode, por exemplo, optar por ir para um café ou sentar-se no seu sofá e ler um bom livro – afinal de contas, deve existir algum motivo pelo qual muitos apreciadores de literatura apreciam uma boa obra enquanto a chuva cai.

O Ver[e]Ficar apresenta algumas sugestões de livros que poderá optar por ler um dia chuvoso. E não se esqueça do acompanhamento: uma bela chávena de chá, café ou chocolate quente.

Liv01040510_f

Contigo Para Sempre, de Takuji Ichikawa
Os dias de chuva também são um pretexto para literaturas mais românticas – esta é uma das concepções mais generalizadas entre o público feminino. Contigo Para Sempre é um livro que poderá agradar a todos os que apreciam um enredo com romance e drama. Porém, esta obra distancia-se um pouco da banalidade de muitos livros cujas capas repletas de mulheres belas, flores, casais ou letras brilhantes prometem um amor ora trágico, ora apaixonante.

A história segue a vida de Takumi, um homem que perde a mulher, Mio, e que se vê diante da solitária tarefa de criar o filho. Porém, num dia chuvoso, Takumi e Yuji reencontram Mio. No entanto, a mulher não possui quaisquer memórias dos seus familiares, e Takumi mostra-lhe como era a sua vida antigamente, celebrando esta maravilhosa nova oportunidade. O livro foi recebido com entusiasmo no Oriente, tendo sido adaptado em filme.

A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón
Tendo Barcelona como pano de fundo, com as suas ruas lúgubres, repletas de neblina e de uma chuva constante, a popular história de Carlos Ruiz Zafón é uma aventura maravilhosa. A Sombra do Vento é um livro mágico, onde a intriga se adensa e segue um fio condutor inquietante.

Nesta obra, Daniel Sempere, um rapaz curioso, descobre um local chamado Cemitério dos Livros Esquecidos, uma biblioteca secreta que se assemelha a um autêntico labirinto. É aqui que Daniel encontra um livro intrigante, “A Sombra do Vento”. Movido pela curiosidade, Daniel procura mais informações sobre o autor, descobrindo, porém, que poucas pessoas o conhecem e que os seus livros são constantemente queimados por alguém. A partir daqui, inicia-se uma aventura ímpar, capaz de aliciar qualquer apreciador de histórias.

O Monte dos Vendavais, de Emily Brontë
Sendo um clássico da literatura inglesa, O Monte dos Vendavais dispensa apresentações. A história do amor intempestivo de Catherine Earnshaw e de Heathcliff é intemporal, tendo sido adaptada por diversas vezes em filme. Porém, nada ultrapassa a escrita magistral de Emily Brontë, a qual descreve com precisão os sentimentos das personagens, retratando-nos uma história repleta de paixão, amor e vingança.

Se nunca teve oportunidade de ler este livro, aproveite o dia convidativo que se afigura. O ambiente chuvoso irá proporcionar uma atmosfera rica, sendo impossível não se embrenhar e envolver nesta história.

As Brumas de Avalon, de Marion Zimmer Bradley
Constituída por quatro volumes, a série As Brumas de Avalon é uma das histórias mais famosas de Marion Zimmer Bradley. Ambientada numa época medieval, a história segue a vida das figuras que marcaram a lenda do Rei Artur.

No entanto, o enredo não traduz uma simples cópia das lendas que todos conhecemos. Ao invés disso, a autora explorou uma perspectiva diferente, centrada em Morgaine e no poder feminino.

A Mãe Que Chovia, de José Luís Peixoto
Mãe Que Chovia é um livro infantil escrito por José Luís Peixoto e ilustrado por Daniel Silvestre da Silva, no qual o protagonista é o filho da própria chuva. Sendo uma história curta e repleta de belas ilustrações, é também uma ode à figura maternal, bem como à importância do amor.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *