Rogue One: Uma História Star Wars | Como o novo livro ajuda a explicar o universo do filme

Rogue-One-Ben-Mendelsohn-as-Orson-Krennic_fmkqrQJ

Catalyst, de James Luceno, se aprofunda nos eventos que levam à tentativa de roubo dos planos da Estrela da Morte

Caio Soares, no Omelete

Quando a Disney comprou a Lucasfilm em 2012, uma das primeiras decisões da nova diretoria foi estabelecer o Grupo de Estudos Star Wars, que tinha como principal objetivo alinhar todo o conteúdo do universo – filmes, livros, desenhos animados e jogos – em uma franquia coesa e conectada. Este movimento pode ser visto mais uma vez com o lançamento de Catalyst, livro que será lançado um mês antes de Rogue One: Uma História Star Wars, novo filme da franquia.

O livro, que ganha edição brasileira pela Aleph e deve ser lançado no segundo semestre de 2017, joga luz na relação entre personagens-chave de Rogue One e mostra uma forte conexão entre Orson Krennic (Ben Mendelsohn) e Galen Erso (Mads Mikklesen), pai de Jyn (Felicity Jones). A sinopse de Catalyst revela pontos importantes que podem ser explorados no filme de Gareth Edwards. A primeira informação interessante é de que o livro é situado durante as Guerras Clônicas, com a República ainda batalhando com os separatistas. Algumas teorias falavam que o livro se passaria pouco antes dos eventos de Rogue One, mas descobrimos que o enredo remete a um período anterior ao imaginado.

Outra grande revelação da sinopse é de que Krennin e Galen são velhos amigos, e é por isso que o patriarca da família Erso vai trabalhar no projeto da Estrela da Morte. Toda a questão da crise de consciência de Galen em mentorar um projeto que eventualmente acaba sendo usado parece ser um dos pontos fortes de Catalyst, e certamente será explorada em Rogue One.

Presidente da Lucasfilm e com produções como E.T, Jurassic Park e Goonies em seu currículo, Kathleen Kennedy entende que a audiência de Star Wars no cinema é muito maior do que de produtos complementares como livros e quadrinhos. Dito isto, a leitura de Catalyst não será essencial para a apreciação completa de Rogue One. Porém, os fãs que acompanham as novidades em todas as frentes deste novo cânone podem esperar um grande trabalho de James Luceno, considerado um dos maiores escritores de Star Wars e que já realizou um ótimo trabalho em Tarkin.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *