Iniciativa estimula a leitura em táxis na Tunísia

Adesivo diz que o táxi tem livro (Foto: Yalla Read)
Adesivo diz que o táxi tem livro (Foto: Yalla Read)

 

Uma plataforma de empréstimo de livros, chamada Yalla Read, está em parceria com um aplicativo de táxi, chamado E-Taxi

Publicado no Opinião e Notícia

Uma iniciativa na Tunísia está estimulando as pessoas a ler. Uma plataforma de empréstimo de livros, chamada Yalla Read, está em parceria com um aplicativo de táxi, chamado E-Taxi. Os táxis selecionados têm um adesivo na porta do carro, dizendo: este táxi tem um livro. Ou seja, o passageiro pode aproveitar o tempo perdido no trânsito para ler alguns parágrafos do livro.

Antes de desembarcar, os passageiros são incentivados por anúncios ou até pelo próprio motorista a visitar o site da Yalla Read, onde é possível encontrar o livro que estava lendo e continuar a história.

Apesar de um histórico literário rico, o hábito da leitura na Tunísia é baixo, segundo a Emrhod Consulting, um instituto de pesquisa sobre leitura. Mais de 80% dos adultos são alfabetizados e muitos tunisianos são fluentes em árabe e francês. No entanto, 75% dos domicílios não têm material de leitura além de jornais e do livro sagrado. Apenas 18% dos tunisianos compraram um livro no último ano.

Para o cofundador da Yalla Read, Ahmed Hadhri, os tunisianos estão trocando os livros pela internet, porque é uma opção mais barata. Os livros na Tunísia são bem caros. Além disso, é difícil encontrar muitos livros em livrarias do país.

A Yalla Read disponibiliza livros em árabe, francês e inglês. A única regra é que não haja livro religioso. A plataforma está procurando patrocínio e doações de livros para disponibilizar livros em todos os táxis.

Pela plataforma, você adiciona os livros que têm em casa, procura o que quer ler, fala com o dono do livro indicando o período que quer emprestado, troca o livro e depois devolve.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *