Fuvest altera lista de leituras obrigatórias para o vestibular 2018

Lista sofreu uma mudança em relação às obras do vestibular 2017. A novidade é o livro “Minha vida de menina”, de Helena Morley.

Publicado no G1

A Fuvest anunciou nesta segunda-feira (15) uma mudança na lista de leituras obrigatórias para o vestibular 2018 da Universidade de São Paulo (USP). Apesar de a lista definida no ano passado ter validade até o vestibular 2019, a fundação afirmou que, em março, a Pró‐Reitoria de Graduação decidiu fazer uma alteração.

Neste ano, o número de livros continua sendo dez. Porém, o romance “Capitães de areia”, de Jorge Amado, foi retirado da lista. Em seu lugar, a Fuvest escolheu a obra “Minha vida de menina”, de Helena Morley, pseudônimo de Alice Dayrell Caldeira Brant.

'Minha vida de menina' é um relato confessional publicado em 1942 por Helena Morley, pseudônimo de Alice Dayrell Caldeira Brant (Foto: Divulgação)
‘Minha vida de menina’ é um relato confessional publicado em 1942 por Helena Morley, pseudônimo de Alice Dayrell Caldeira Brant (Foto: Divulgação)

 

Veja abaixo a lista completa:

“Iracema” ‐ José de Alencar
“Memórias póstumas de Brás Cubas” ‐ Machado de Assis
“O cortiço” ‐ Aluísio Azevedo
“A cidade e as serras” ‐ Eça de Queirós
“Vidas secas” ‐ Graciliano Ramos
“Minha vida de menina” ‐ Helena Morley
“Claro enigma” ‐ Carlos Drummond de Andrade
“Sagarana” ‐ João Guimarães Rosa
“Mayombe” ‐ Pepetela

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *