Universidade promove passeios com cachorros para reduzir os índices de depressão dos alunos

Bianca Alves, na Casa e Jardim

Diante dos dados crescentes de depressão entre os jovens, a Universidade East Anglia, na Inglaterra, pretende ajudar seus alunos com passeios com pets

A depressão é uma doença cada vez mais comuns entre jovens. A Associação Brasileira de Psicanálise estima que 10% dos adolescentes brasileiros sofrem com o problema e, mundialmente, esse dado cresce para 20% de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). O estado negativo permanece, muitas vezes, por várias fases da vida e, ao perceber o crescimento do fenômeno em sua região, a Universidade East Anglia, na Inglaterra, se dispôs a ajudar os alunos que sofrem com esse mal e também prevenir a enfermidade aqueles que não demonstram sintomas.


Longe de remédios e sessões terapêuticas, a instituição resolveu aproveitar a rotina dos estudantes para recomendar tarefas comuns que podem servir como tratamento. Dentre elas, passeios com cachorros são organizados pela própria universidade, nos intervalos das aulas. 


Os benefícios da prática são físicos e mentais, diminuindo a ansiedade e o risco de depressão. “Acreditamos que o contato com animais pode ser extremamente destressante para os nossos alunos e esperamos que, a longo prazo, essas caminhadas reduzam o risco de depressão”, afirmaram os iniciadores do projeto. Agora, é só esperar para ver os resultados e aplicar a medida aqui no Brasil, também.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *