Escola católica dos EUA bane livros de “Harry Potter” por “risco de conjurar espíritos malignos”

Padre disse que consultou diversos exorcistas nos Estados Unidos e em Roma allmoviephoto / divulgação

Padre da instituição alega que os feitiços das obras de J.K. Rowling “são reais”

Publicado no Gaucha Zh

Os alunos da escola St. Edward Catholic School, em Nashville, nos Estados Unidos, não terão mais acesso aos sete livros da saga Harry Potter. Em e-mail enviado aos pais dos estudantes, o padre responsável pela instituição, Dan Reehil, alega que os feitiços da obra da britânica J.K. Rowling são reais e conjuram “espíritos malignos”. As informações são do jornal local Tennessean.

“Esses livros apresentam magia como algo bom e mau, o que não é verdade, mas, de fato, um engano inteligente. Os feitiços e maldições usados nos livros são reais; ou seja, quando lidos, os humanos podem correr o risco de conjurar espíritos malignos para o leitor”, diz um trecho do comunicado.

No e-mail, Reehil disse que consultou diversos exorcistas nos Estados Unidos e em Roma, que recomendaram a retirada dos livros da biblioteca.

Rebecca Hammel, superintendente de escolas da Diocese Católica Romana de Nashville, confirmou à imprensa local que o comunicado foi realmente enviado aos pais e alunos, e que o padre tem “autoridade canônica” para tomar decisões pela escola.

— Ele está condizente com a sua autoridade para agir desta maneira. A meta é promover engajamento, qualidade literária e construção de estudante com alto grau de conhecimento — disse Rebecca ao Tennessean.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *