Canal Pavablog no Youtube
Cristina Danuta

Cristina Danuta

(1 comments, 12872 posts)

This user hasn't shared any profile information

Posts by Cristina Danuta

Livro sobre nada (2)

0

“Meu irmão veio correndo mostrar um brinquedo que inventara com as palavras.Era assim:
Besouros não trepam no abstrato.

“Quem ama exerce Deus – a mãe disse.Uma açucena me ama.Uma açucena exerce Deus?”

“A voz do meu avô arfa.Estava com um livro debaixo dos olhos.Vô! o livro está de cabeça pra baixo.Estou deslendo.”

“Hoje completei dez anos.Fabriquei um brinquedo com palavras.Minha mãe gostou.É assim:
De noite o silêncio estica os lírios.

As confissões de Frei Abóbora

1

– Não há dúvida que Você fez as coisas muito bonitas…
Silêncio do lado de lá.
– Ontem foi horrível, não?
Novo silêncio. Parecia que Ele estava gozando o seu encabulamento. Tentou desculpar-se.
– Mas que foi duro, foi. Talvez eu tenha sido um pouco precipitado.
Uma rajada de vendo abateu-se sobre o rio, a canoa e o seu rosto. Parecia até que o vento perguntava:
– Um pouquinho?
– Bem. Mas no meu lugar o que é que Você faria? Diga!
Não veio resposta, mas aquele vento queria dizer que do outro lado as coisas estavam receptivas. Remou mais e olhou o encantamento da paisagem, reconhecidamente.
– Obrigado. Mas eu tinha que desabafar. Jurei na minha vida confessar tudo que fizesse, do mais triste, do mais escuso, do mais feio. Tudo não passou de um desabafo, uma confissão. Depois, se eu não brigar com Você, com quem vou brigar nesse abandono todo?
Ficou com os olhos molhados, como um bobo. Remava sem jeito e espiava para o alto.
– Juro que eu não tenho mais raiva de Você. Nem que O detesto. Sabe, Deusão, Você é um sujeito formidável! Formidável mesmo. A gente precisa ter muita paciência às vezes com Você. Mas, vá lá. Eu perdoo tudo. Não estou mais zangado. Eu perdoo Você de coração…
Aí veio uma alegria imensa. O vento desceu para afastar os mosquitos. O rio correu mais para que Hermenegilda não se tornasse tão obtusa. E tudo ficou mais lindo porque Deus, sentindo-se perdoado, estava contente da vida. E saíram rio abaixo muito amigos de novo. Frei Abóbora na sua canoa dura e Deus remando a solidão dos homens.

José Mauro de Vasconcelos, em As confissões de Frei Abóbora (Melhoramentos)

Bookcrossing (3)

1

Escolhi Fé em Deus e Pé na Tábua, de Donald Miller (Thomas Nelson Brasil), para participar do Bookcrossing da última quinta-feira. Ficou “abandonado” em uma praça de alimentação lotada numa universidade da Barra Funda (Zona Oeste de Sampa).

Quando surgiu a idéia – de se desprender de algo que um leitor compulsivo guarda quase como um troféu – este foi o primeiro livro que pensei em passar adiante, pois une várias áreas que gosto: biografia, aventura, humor, espiritualidade. É o primeiro livro de Don Miller (confira seu blog). Publicado em 2000 com o título de Prayer and the Art of Volkswagen Maintenance, conta a história de uma viagem que ele fez em uma Kombi, aos 21 anos, de Houston até Portland, onde passou a morar. Miller fundou o The Mentoring Project, visando amparar crianças que não tem a presença do pai e, em 2008, teve um certo destaque na campanha do Partido Democrata (EUA).
Se você achou meu livro abandonado, não devolva. Leia! E passe adiante.

Livro sobre nada (1)

0

O que eu gostaria de fazer é um livro sobre nada.Foi o que escreveu Flaubert a uma sua amiga em 1852.Li nas Cartas exemplares organizadas por Duda Machado.Ali se vê que o nada de Flaubert não seria o nada existencial,o nada metafísico.Ele queria o livro que não tem quase tema e se sustente só pelo estilo.Mas o nada de meu livro é nada mesmo.É coisa nenhuma por escrito:um alarme para o silêncio,um abridor de amanhecer,pessoa apropriada para pedras,o parafuso de veludo,etc etc.O que eu queria era fazer brinquedos com as palavras.Fazer coisas desúteis.O nada mesmo.Tudo que use o abandono por dentro e por fora.

Manoel Barros no Livro Sobre Nada,pag.7

Ortodoxia

1

“Se for verdade (como certamente é) que o homem pode sentir uma felicidade extraordinária em esfolar um gato, então o filósofo religioso só pode fazer uma dentre duas deduções. Ou ele deve negar a existência de Deus, como fazem todos os ateus; ou deve negar a presente união entre Deus e o homem, como fazem todos os cristãos. Os novos teólogos parecem pensar que uma solução altamente racionalista é negar o gato.”

G.K. Chesterton, em Ortodoxia.

Cristina Danuta's RSS Feed
Go to Top