Cristina Danuta

Cristina Danuta

(1 comments, 12946 posts)

This user hasn't shared any profile information

Posts by Cristina Danuta

Os hinos do Novo Testamento

1

Em Os hinos do Novo Testamento o Padre dominicano Michel Gourgues traça um detalhado estudo dos hinos do Novo Testamento. A sua análise, não apenas teológica, mas também de estilo e estrutura, nos leva a contemplar uma nova dimensão para o culto e devoção de textos consagrados do Novo Testamento, como o Benedictus (São Lucas 1.68-79) e o Magnificat (São Lucas 1.46-55), entre outros. A análise dos quatro cânticos do Apocalipse é um dos destaques do livro.

Repintando a igreja (3)

0


“… viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Eles estavam lançando redes ao mar, pois eram pescadores.”


Por que eram pescadores?

Porque não eram discípulos. Eles não eram suficientemente bons; não tinham os requisitos.

Jesus chama os que não são suficientemente bons.”
ROB BELL, em REPINTANDO A IGREJA
QUINTO MOVIMENTO: POEIRA (p.152).
EDITORA VIDA

Poesia completa de Alberto Caeiro

2

Como falar de Fernando Pessoa? Li, digo, devorei a Poesia completa de Alberto Caeiro! Pessoa é um dos poetas que mais me fascina!

Todos os dias agora acordo com alegria e pena.
Antigamente acordava sem sensação nenhuma; acordava.
Tenho alegria e pena porque perco o que sonho
E posso estar na realidade onde está o que sonho.
Não sei o que hei-de fazer das minhas sensações,
Não sei o que hei-de ser comigo.
Quero que ela me diga qualquer coisa para eu acordar de novo.
Quem ama é diferente de quem é.
É a mesma pessoa sem ninguém.

Informações importantes para quem quer escrever e publicar um livro

1

Informações importantes para quem quer escrever e publicar um livro é um livro que apresenta, de maneira fracionada, as leis e diretrizes para quem deseja publicar um livro. Recomendo para quem não conhece muito do processo editorial e deseja aprender como publicar sua obra.

Alguém que já não fui

0
No mundo das aparências ser é menos sedutor do que estar. Estar é viver cercado de acólitos, seguidores, aplaudidores, justificadores, beneficiários, companheiros. Ser é solitário.

Eu venho do tempo dos que estão. Dos que desistiram de ser para estar. Todos com o melhor dos propósitos e as mais elevadas teorias de solidariedade humana, mas muitos estando e poucos sendo. O tempo de quem desistiu de ser para estar gerou guerras, destruições, deixando como herança, apenas e tão-somente, uma profunda vontade de Ser: porque a gente é sempre mais do que a posição em que se está.

Eu mudo sempre. Por isso sou ALGUÉM QUE JÁ NÃO FUI. Alguém que pretende estar apenas e até onde conseguir ser. Pouco. Mas todo.

Artur da Távola, em Alguém que já não fui (PLG/Salamandra)
Cristina Danuta's RSS Feed
Go to Top